São Bernardo distribui cestas básicas para merendeiras e profissionais de limpeza

1.048 profissionais que prestavam serviço nas escolas municipais foram beneficiadas pela iniciativa

  • Data: 16/04/2020 16:04
  • Alterado: 16/04/2020 16:04
  • Autor: Kati Dias
  • Fonte: PMSBC
São Bernardo distribui cestas básicas para merendeiras e profissionais de limpeza

1.048 profissionais que prestavam serviço nas escolas municipais foram beneficiadas pela iniciativa

Crédito:Omar Matsumoto/PMSBC

Você está em:

A Prefeitura de São Bernardo, por meio do Fundo Social de Solidariedade, com apoio da Secretaria de Educação e Serviços Urbanos, realizará, até sexta-feira (17/04) a distribuição de cestas básicas para merendeiras e auxiliares de limpeza que prestavam serviços nas escolas municipais, fechadas desde o início da pandemia da Covid-19, em março. Serão beneficiados 1.048 profissionais (764 merendeiras e 284 auxiliares de limpeza. A entrega começou nesta quinta-feira (16/04), nas sedes das Secretarias de Educação e de Serviços Urbanos.

“Estamos vivendo um dos momentos mais difíceis de nossas vidas. Não sabemos quanto tempo esta quarentena irá durar. Mas ninguém vai passar fome em São Bernardo. A Prefeitura fará o possível para alimentar quem precisa. E, para isso, estamos contando com a solidariedade da iniciativa que tem contribuído com o Fundo Social de Solidariedade, por meio do Banco de Alimentos. Até o momento, recebemos 2.500 cestas básicas”, afirmou o prefeito de São Bernardo, Orlando Morando.

O kit chegou em boa hora para a merendeira Lucimar dos Santos Matos, de 43 anos, moradora do D.E.R. Ela, que tem dois filhos, um adolescente de 17 anos e um bebê de dois anos, estava receosa de como iria alimentá-los. “Fazia apenas 1 mês e meio que havia sido contratada. Fiquei muito tempo desempregada e, como tinha pouco tempo de carteira assinada, não terei direito ao Seguro Desemprego. Essa cesta básica será uma ajuda muito importante para este momento tão difícil”, disse.

Gildenise Pereira da Silva, 31 anos, moradora do Areião, que há quatro anos trabalhava como merendeira, agradeceu a Prefeitura por beneficiá-las. “A cesta básica irá manter a alimentação em casa enquanto espero pelo meu Seguro Desemprego. Dessa forma, a comida na mesa estará garantida. Torço para que essa situação passe e retornemos ao trabalho”, complementou.

A cesta básica é composta por alimentos não perecíveis, materiais de limpeza e de higiene: 5 kg de arroz, 1 kg de macarrão, 1 kg de café, 500 g de fubá, 1 pacote de bolacha de chocolate, 2 pacotes de molho de tomate, 2 litros de óleo, 400 g de componente lácteo, 1 lata de atum, 3 latas de sardinha, 30 g de tempero, 2 kg de açúcar, 1 kg de farinha de trigo, 2 kg de feijão, oito rolos de papel higiênico, 1 kg de sabão em barra, 1 litro de água sanitária, 2 pastas de dente e 2 sabonetes.

Além das merendeiras e das auxiliares de limpeza, a Administração Municipal promoveu a distribuição de cestas básicas para 944 ambulantes e permissionários, devidamente licenciados na cidade, que não estejam trabalhando nesta quarentena. A entrega dos kits ocorreu na Secretaria de Serviços Urbanos.

Para participar, é possível doar alimentos não perecíveis, materiais de limpeza e de higiene no Drive-Thru da Solidariedade, no Paço Municipal (Praça Samuel Sabatini, 50, Centro), com funcionamento de segunda a sexta, das 8h às 17h. Também é possível doar alimentos não perecíveis no Banco de Alimentos (Avenida Redenção, 271, Centro), Produtos de higiene e limpeza devem ser levados para a Secretaria da Educação (Avenida Wallace Simonsen, 222, Nova Petrópolis). Ambos os locais funcionam de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 16h30.

Para quem deseja doar qualquer quantia em dinheiro, basta fazer o depósito na seguinte conta: Banco do Brasil, agência 0427-8 / Conta Corrente: 65.734-4 / CNPJ: 46.523.239/0001-47. Mais informações pelo telefone 2630-4046 ou pelo email: [email protected].

OUTRAS AÇÕES – A Prefeitura de São Bernardo também está distribuindo kits de alimentos para os alunos da rede municipal em alta vulnerabilidade social, inseridas em famílias beneficiárias do Bolsa Família, bem como para idosos acamados com mais de 60 anos, inscritos nas Unidades Básicas de Saúde da cidade. Cerca de 30 mil pessoas estão sendo beneficiadas.

Compartilhar:
1
Crédito:Omar Matsumoto/PMSBC
1
Crédito:Omar Matsumoto/PMSBC
1
Crédito:Omar Matsumoto/PMSBC 1.048 profissionais que prestavam serviço nas escolas municipais foram beneficiadas pela iniciativa










Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados