São Bernardo Educação

Projeto de aprendizagem criativa ArteLab chega à rede pública de São Bernardo

Iniciativa da Evoluir com o patrocínio da BASF propõe metodologia mão na massa para desenvolver habilidades e competências de estudantes, com capacitação de educadores

  • Data: 22/08/2022 09:08
  • Alterado: 16/08/2023 00:08
  • Autor: Redação
  • Fonte: BASF
Projeto de aprendizagem criativa ArteLab chega à rede pública de São Bernardo

Projeto Artelab - Evoluir

Crédito:Divulgação

Potencializar a curiosidade natural de crianças e jovens, é a proposta do projeto ArteLab, que estimula de maneira lúdica o desenvolvimento de habilidades que serão fundamentais para o futuro, como pensamento crítico, protagonismo e criatividade. A iniciativa começa a ser implementada este mês em quatro escolas da rede pública de São Bernardo do Campo (SP).

Viabilizada pela Lei de Incentivo à Cultura, da Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, com patrocínio da BASF, e implementação da Evoluir em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, a iniciativa utiliza a Metodologia Ativa de Aprendizagem, moderno recurso de ensino que coloca o aluno como agente ativo de sua própria evolução pedagógica, com apoio de materiais originais e divertidos para a montagem de objetos experimentais. Até dezembro de 2022 cerca de 40 educadores do município serão capacitados para aplicar as atividades do programa em sala de aula.

“O ArteLab agrega novas tecnologias de aprendizagem que apoiam o desenvolvimento integral do aluno, com atividades em que as crianças de fato colocam a mão na massa. Além disso elas são estimuladas a descobrir e aprender enquanto constroem seus projetos experimentais com a ajuda das T-Box, que são os kits distribuídos às escolas com itens como baterias, motor e chave philips, e dos kits de programação”, explica Thaís Buratto, coordenadora do projeto na Evoluir. “Esse processo promove habilidades, competências e a formação de mentalidades curiosas, criativas e propositivas”.

Thaís destaca que o engajamento dos professores é um ponto fundamental para o sucesso da iniciativa. “Todos participarão de uma jornada formativa com carga horária de 26 horas, encontros presenciais e online e acompanhamento técnico dos profissionais da Evoluir ao longo de toda a realização do ArteLab, com suporte para a implementação das atividades e desafios aos estudantes”, aponta a coordenadora.

“A ideia é que se sintam seguros para aplicar todos os conceitos na prática e livres para criar outras oportunidades de fomentar essa cultura da experimentação, da tentativa e erro, da busca pelas alternativas, contribuindo para o surgimento de novas mentes brilhantes e curiosas”, conclui.

É fato que o uso da tecnologia como instrumento de ensino carrega grandes possibilidades. Além de transformar o ambiente educacional mais atrativo, torna-se mais assertivo, facilitando e potencializando o aprendizado das crianças e jovens. “Por isso, apoiar a implementação deste projeto de aprendizagem criativa da Evoluir em São Bernardo do Campo é significativo para nós. Ele mostra que estamos avançando gradativamente com nossa estratégia de engajamento social, ampliando o impacto positivo da companhia ao conectar a resolução de desafios sociais à estratégia de negócios”, comenta Ivânia Palmeira, Consultora de Sustentabilidade e Engajamento Social da BASF.

A estratégia de engajamento social da BASF na América do Sul prioriza contribuir para a educação científica, empregabilidade e educação ambiental e proteção dos recursos naturais e da biodiversidade, atuando em duas frentes: valor compartilhado, que possibilita a realização de iniciativas que impactam no desenvolvimento socioambiental e ao mesmo tempo viabilizam negócios rentáveis; e, cidadania corporativa, que apoiam o desenvolvimento social das comunidades em que a BASF está presente. Somente em 2021 a companhia patrocinou 38 projetos por meio de leis de incentivo fiscal (33 no Brasil, 4 no Chile e 1 na Argentina), que somaram investimentos de aproximadamente R$ 6,5 milhões.

Participam desta edição do ArteLab em São Bernardo do Campo as escolas:

Aldino Pinotti, PREF – EMEB

Alfredo Scarpelli – EMEB

Ari Lacerda Rodrigues – EMEB

Bruno Massone – EMEB

Cassiano Faria – EMEB

Claudemir Gomes do Vale, Profº – EMEB

Ermínia Paggi, Profa. – EMEB

Fiorente Elena, Padre – EMEB

Flamínio Araújo de Castro Rangel, Estudante – EMEB

Isidoro Battistin – EMEB

Ítalo Damiani – EMEB

Janete Mally Betti Simões, Profa. – EMEB

José Luiz Jucá – EMEB

Júlio Atlas, Escritor – EMEB

Kazue Fuzinaka, Profa. – EMEB

Lopes Trovão – EMEB

Luiza Maria de Farias – EMEB

Maria Adelaide – EMEB

Maria Therezinha Besana – EMEB

Marineida Meneguelli de Lucca, Profa. – EMEB

Marly Buissa Chiedde – EMEB

Nádia Aparecida Issa Pina, Profa. – EMEB

Natalina Cuzziol Ferro – EMEB

Neusa Bassetto – EMEB

Neusa Macellaro Callado Moraes, Professora – EMEB

Nilo Campos Gomes – EMEB

Odemir Furlan, Deputado – EMEB

Olegário José de Godoy Sorocabinha – EMEB

Otílio de Oliveira, Prof. – EMEB

Paulo Teixeira de Camargo, Prof. – EMEB

Pedra de Carvalho – EMEB

Pedro Augusto Gomes Cardim, Prof. – EMEB

Regina Rocco Casa II – EMEB

Salvador Gori, Prof. – EMEB

Suzete Aparecida de Campos, Profa. – EMEB

Sylvia Marilena Fantacini Zanetti – EMEB

Vicente Zammite Mammana – EMEB

Viriato Correia – EMEB

Waldemar Canciani, Prof. – EMEB

Compartilhar:

  • Data: 22/08/2022 09:08
  • Alterado: 16/08/2023 12:08
  • Redação
  • BASF









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados