São Bernardo Emprego

Evento do Sebrae-SP Grande ABC explica benefícios do MEI

Antes de se tornar um MEI, entretanto, é preciso saber se a atividade é permitida e se tem restrição de baixo ou alto risco

  • Data: 20/04/2017 13:04
  • Alterado: 16/08/2023 01:08
  • Autor: Redação
  • Fonte: ATUAL IMAGEM COMUNICAÇÃO
Evento do Sebrae-SP Grande ABC explica benefícios do MEI

Maiara Cristina Adorni explica linha de crédito com juros zero

Crédito:divulgação

Como se tornar um pequeno empresário, ter a atividade legalizada e acesso à linha de crédito com juros zero foram as principais informações divulgadas durante o Seminário Microempreendedor Individual – MEI, na noite de quarta-feira (19), na Câmara de São Bernardo do Campo. O evento foi realizado pela Prefeitura Municipal, Sebrae-SP Grande ABC com apoio da ACISBEC (Associação Comercial e Industrial de São Bernardo do Campo) e reuniu cerca de 150 participantes.

O palestrante e consultor do Sebrae-SP Grande ABC, Marcio Bertolini, explicou que pequenas atividades comerciais e de serviços que são informais podem se transformar em negócios legalmente constituídos. “Deixar de trabalhar por conta própria para ser um pequeno empresário traz vantagens jurídicas como obter o registro do CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) e emitir nota fiscal”, afirmou.

Antes de se tornar um MEI, entretanto, é preciso saber se a atividade é permitida e se tem restrição de baixo ou alto risco. Os esclarecimentos podem ser obtidos na Prefeitura. Após esta etapa, para ser legalizado é necessário ter faturamento anual de até R$ 60 mil, neste ano. A partir de 2018 este limite subirá para R$ 80 mil. O microempreendedor também não pode ter participação em outra empresa como sócio ou titular.

Segundo Bertolini, o MEI tem um custo mensal máximo de R$ 52,85 com pagamento de imposto e previdência social. “Com essas contribuições, o empresário tem acesso a benefícios como auxílio maternidade, auxílio doença e aposentadoria. É um valor baixo se for considerar essas vantagens e ainda a facilidade em abrir uma conta bancária e obter um empréstimo”, explicou.

Ainda como novidade o Sebrae-SP anunciou a oferta de uma linha de crédito, lançada no início deste ano, para empresas legalizadas. A consultora Maiara Cristina Adorni explicou que estão disponíveis financiamentos com juros zero, a partir de R$ 1.000,00 até R$ 20.000,00. “São recursos que podem ser utilizados para investir em novos equipamentos ou como capital de giro, de acordo com a necessidade do empreendedor para alavancar o seu negócio”, afirmou.

Após se tornar o MEI, o pequeno empresário poderá participar do SUPER MEI, um programa de capacitação com soluções técnicas e de gestão, oferecidos pelo Sebrae-SP e parceiros. São cursos gratuitos com até 50 horas de duração.

Compartilhar:

  • Data: 20/04/2017 01:04
  • Alterado: 16/08/2023 01:08
  • Redação
  • ATUAL IMAGEM COMUNICAÇÃO









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados