São Caetano e São Bernardo renovam convênio para o acolhimento de mulheres vítimas de violência

No espaço, as mulheres vítimas de violência têm suporte social e psicológico, além de alimentação

  • Data: 03/07/2024 14:07
  • Alterado: 03/07/2024 14:07
  • Autor: Redação
  • Fonte: PMSCS
casa-abrigo

Crédito:Letícia Teixeira / PMSCS

Você está em:

Os prefeitos de São Caetano do Sul, José Auricchio Júnior, e de São Bernardo do Campo, Orlando Morando, renovaram convênio entre as cidades para o acolhimento de mulheres vítimas de violência na Casa da Mulher. O documento foi assinado na manhã desta quarta-feira (3/7), em São Bernardo.

“Este é o segundo ano do convênio, que se mostra eficiente no combate à violência doméstica contra mulheres e seus filhos e, também, na qualificação da gestão pública, com a economicidade do processo neste modelo de compartilhamento dos serviços entre as duas cidades”, frisou Auricchio.

A Prefeitura de São Caetano realizará repasse mensal de R$ 25,8 mil para o Fundo Municipal de Assistência Social de São Bernardo. O valor representa 1/3 do custeio com a Casa da Mulher – o restante fica a cargo da Prefeitura de São Bernardo. No espaço, as mulheres vítimas de violência têm suporte social e psicológico, além de alimentação. Podem, inclusive, ficar com os filhos no local, desde que menores de idade.

“Infelizmente, a violência doméstica contra mulheres e seus filhos ainda é uma questão recorrente na sociedade brasileira. E cabe ao poder público dar dignidade para que essas vítimas possam voltar a suas casas evitando a continuidade das agressões sofridas por elas e seus filhos”, complementou Orlando Morando.

A moradora de São Caetano que necessita buscar auxílio deve entrar em contato com o Creas (Centro de Referência Especializado em Assistência Social), que fará todo o acompanhamento do caso e, havendo necessidade, encaminhará ao serviço de acolhimento.

O secretário de Assistência e Inclusão Social de São Caetano, Thiago Mata, também compareceu ao encontro ao lado do secretário de Assistência Social de São Bernardo, André Sicco de Souza e falou sobre a renovação do convênio. “É com muita alegria que renovamos o convênio da Casa da Mulher, um equipamento que contribui muito com as mulheres vítimas de violência atendidas no Cream. Através desse convênio, unimos forças entre dois municípios importantes na região metropolitana, para um assunto tão importante e delicado”, finalizou Mata.

Compartilhar:

  • Data: 03/07/2024 02:07
  • Alterado: 03/07/2024 02:07
  • Autor: Redação
  • Fonte: PMSCS









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados