ViaQuatro e ViaMobilidade apoiam a Operação Corta-Fogo

Mensagens estarão nos vídeos dos monitores de trens e estações e em cartazes fixados nas linhas 4-Amarela, 5-Lilás, 8-Diamante e 9-Esmeralda

  • Data: 01/07/2022 16:07
  • Alterado: 17/08/2023 01:08
  • Autor: Redação
  • Fonte: ViaQuatro e ViaMobilidade
ViaQuatro e ViaMobilidade apoiam a Operação Corta-Fogo

Cartaz de alerta sobre riscos de soltar balões

Crédito:Divulgação

Você está em:

Para alertar os passageiros sobre os riscos de acender fogueiras e soltar balões, prática que é crime, a ViaQuatro e a ViaMobilidade, concessionárias responsáveis pela operação e manutenção das linhas 4-Amarela e 5-Lilás de metrô e 8-Diamante e 9-Esmeralda de trens metropolitanos, aderiram à iniciativa da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado de São Paulo, e passam a divulgar a campanha “Operação Corta-Fogo”. 

Dividida em fases de acordo com as necessidades e priorizações que cada período exige, a Operação Corta-Fogo alia intensificação nas ações de combate ao fogo e de fiscalização repressiva ao reforço na conscientização da população sobre os impactos dos incêndios. Assim, até 31 de outubro, cartazes permanecerão fixados nos painéis de informação e vídeos serão exibidos nos monitores de trens e estações das quatro linhas operadas pelas concessionárias. 

Além do alerta sobre a questão de balões e fogueiras, as peças da campanha pretendem estimular as boas práticas de prevenção e informar os impactos negativos que outras ações têm em toda sociedade, como por exemplo realizar queimadas irregulares. Para ampliar o alcance das mensagens, os conteúdos também estarão presentes em postagem nas redes sociais das concessionárias. 

O principal objetivo da Operação Corta-Fogo é combater incêndios florestais em todo o Estado de São Paulo, situações que destroem a flora e a fauna, além de degradar solos, causar prejuízos econômicos e oferecer riscos de acidentes e problemas de saúde à população. 

“Promover campanhas como a Operação Corta-Fogo é fundamental para reforçar os cuidados necessários com a saúde e segurança de toda população, além contribuir com a conservação do meio ambiente”, afirma Juliana Alcides, Gerente Executiva de Comunicação e Sustentabilidade da ViaQuatro e ViaMobilidade. 

Balanço 

Em 2021 foram registrados, em todo o estado, 239 focos de incêndios em áreas protegidas, que culminaram com a queima de mais de 12 mil hectares de mata, sendo 9.986 dentro das Unidades de Conservação- UCs e 2.893 nas zonas de amortecimento. 

Neste período, mais de 75% dos 234 focos tiveram como causa ações humanas que poderiam ter sido evitadas, que culminaram com a queima de mais de 23 mil hectares de mata, sendo 14.993 dentro das Unidades de Conservação- UCs e 8.864 nas zonas de amortecimento. Em 2022, das 60 ocorrências registradas até agora, maior parte também está relacionada ao uso irregular do fogo. 

Somente nos sete primeiros meses deste ano, segundo dados da Polícia Militar Ambiental, foram apreendidos 88 balões por meio dos patrulhamentos e atividades de inteligência e fiscalização. O número equivale a quase 53% do total de balões recolhidos no ano de 2021.  

Ao todo, 187 pessoas foram autuadas e quatro fábricas clandestinas de balões foram fechadas. Importante destacar que fabricar, vender, transportar ou soltar balões que possam provocar incêndios tanto florestais quanto urbanos é crime ambiental com pena de um a três anos de prisão ou multa. 

O incêndio florestal prejudica a vegetação e causa a morte de animais silvestres, além de aumentar a poluição do ar, diminuir a fertilidade do solo, oferecer risco de queimaduras, acidentes com vítimas e causarem problemas de saúde na população. 

Fases da Corta-Fogo 

Fase verde (janeiro a março, novembro e dezembro): essa fase é dividida em duas etapas. A primeira delas, de janeiro a março, é dedicada a atividades de planejamento e início das medidas de prevenção e preparação. No final do ano, é realizada uma avaliação da temporada de incêndios e são iniciados os preparativos para o ano seguinte. 

Fase amarela (abril e maio): a fase amarela requer foco nas ações preventivas e de preparação para enfrentar os incêndios florestais. Nessa fase, as atividades de treinamento, capacitação, elaboração e revisão de planos preventivos e de contingência ganham prioridade. 

Fase vermelha (de junho a outubro): nessa fase, as ações de combate ao fogo e de fiscalização repressiva são priorizadas e as estratégias de comunicação e campanhas preventivas ganham reforço. 

Serviço – Campanha “Operação Corta-Fogo”

Até 31 de outubro de 2022

Cartazes fixados nos painéis de informação e vídeos informativos nos monitores de trens e estações e nas redes sociais das linhas 4-Amarela, 5-Lilás, 8-Diamante e 9-Esmeralda.

Compartilhar:
1
Crédito:Divulgação
1
Crédito:Divulgação Cartaz de alerta sobre riscos de soltar balões

  • Data: 01/07/2022 04:07
  • Alterado: 17/08/2023 01:08
  • Autor: Redação
  • Fonte: ViaQuatro e ViaMobilidade









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados