Projeto Pescar, do Makro Atacadista, forma jovens para trabalhar no comércio

Focada na formação e aumento da empregabilidade, Fundação Projeto Pescar é reconhecida como uma das 100 Melhores ONGs de 2020 pelo Instituto Doar

  • Data: 17/02/2021 17:02
  • Alterado: 17/02/2021 17:02
  • Autor: Redação
  • Fonte: Makro
Projeto Pescar

Concept of teamwork: Close-Up of hands business team showing unity with putting their hands together.

Crédito:

Você está em:

O Projeto Pescar, implementado no Makro em 2018, beneficia anualmente dezenas de jovens de baixa renda com formação profissionalizante focada no comércio varejista. O projeto é desenvolvido pela Fundação Projeto Pescar, que acaba de ser reconhecida como uma das 100 melhores ONGs de 2020 pelo Instituto Doar, responsável por ampliar a cultura de doação no Brasil e no mundo. A ONG foi distinguida por seus padrões de gestão e transparência. 

“O Makro se comprometeu com a geração de prosperidade e promoção de impacto social positivo nas comunidades em que está presente. Com o Projeto Pescar, ofereceremos oportunidade de desenvolvimento pessoal, cidadania e iniciação profissional a jovens das comunidades do entorno de nossas lojas”, afirma Danielle Rainha, diretora de recursos humanos e membro do conselho do Makro Group.

As aulas são focadas no negócio do Makro, ou seja, o comércio, e ministradas por uma educadora 100% dedicada ao programa, além de contar com a participação de colaboradores voluntários. O desempenho de cada jovem é medido por indicadores da Fundação Pescar. Os estudantes recebem apoio para as aulas teóricas – como material didático, infraestrutura de salas de aula e internet, vale transporte e alimentação -, e participam de vivências no escritório Makro. A próxima turma de alunos também abrangerá experiências nas lojas do atacadista dos bairros Vila Maria, Butantã e Lapa, todos na capital paulista, e no município de Osasco. Neste ano, devido aos desafios impostos pela pandemia de Covid-19, parte das horas da etapa de vivências teve de ser reconfigurada para o ambiente online e esse formato híbrido permanecerá em 2021.

Como orientação da Fundação Projeto Pescar, 60% da carga horária das aulas abrangem conteúdos de cidadania, desenvolvimento pessoal, saúde e sustentabilidade. Os outros 40% são focadas no desenvolvimento de conhecimento técnico ligado à área de atuação da empresa. Segundo a Fundação Projeto Pescar, além do Makro, fazem parte do grupo de parceiros da iniciativa outras 99 empresas e organizações. 

Compartilhar:










Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados