Atuação da Braskem no Polo Petroquímico do Grande ABC

No Dia da Indústria, petroquímica ressalta relevância estratégica da região

  • Data: 26/05/2017 13:05
  • Alterado: 15/08/2023 23:08
  • Autor: Redação
  • Fonte: CDN Comunicação
Atuação da Braskem no Polo Petroquímico do Grande ABC

Atuação da Braskem no Polo Petroquímico do Grande ABC reforça sua liderança nas Américas

Crédito:divulgação

Você está em:

Em maio celebra-se o Dia da Indústria, setor que abrange diversos tipos de produção. Fundamental para o crescimento da economia e o desenvolvimento da sociedade, o segmento petroquímico é responsável pela transformação de subprodutos do petróleo, como a nafta e o gás natural, em materiais de uso industrial ou em produtos finais destinados ao consumidor.

O Grande ABC é reconhecido por sua tradição industrial, a região abriga o primeiro Complexo Petroquímico idealizado no Brasil, projetado ainda nos anos 1960. Uma das empresas pioneiras é a Braskem, maior petroquímica das Américas, ocupa a quinta posição no mundo em capacidade produtiva de resinas termoplásticas e petroquímicos básicos, com produção anual superior a 20 milhões de toneladas. É, também, a fabricante mundial de biopolímeros, com capacidade anual de 200 mil toneladas de produção do Plástico Verde I’m green™, polietileno produzido a partir da cana-de-açúcar, de origem 100% renovável.

O Complexo Petroquímico do Grande ABC é fundamental para a estratégia de mercado da Braskem, que está presente na região desde 2010 e onde possui três unidades petroquímicas: PP 4 (polipropileno), PE 7 (polietileno) e UNIB 3 (Unidade de Petroquímicos Básicos). As unidades possuem capacidade fabril superior a 1,5 milhão de toneladas de petroquímicos básicos (eteno, propeno, cumeno, gasolina e butadieno) e 1,25 milhão de toneladas de resinas termoplásticas.

Apesar de ser o polo mais antigo do Brasil, diversos fatores estratégicos contribuem para reforçar sua importância para as empresas sediadas na região, como: localização, entre os municípios de Santos André e Mauá; proximidade ao maior centro de consumo de produtos químicos do Brasil; disponibilidade de mão de obra qualificada; oferta de matéria-prima por meio da utilização da malha de dutos; entre outros. Além disso, a região abriga importante parceiros e clientes da companhia.

Empenhada em contribuir para o desenvolvimento local, a atuação da Braskem tem forte impacto econômico para a região. A empresa registrou no primeiro trimestre de 2017, um novo recorde de EBITDA na ordem de R$ 3,6 bilhões. Os resultados comprovam a consistente implementação da estratégia de negócios da Braskem. Como destaque, a taxa de ocupação das plantas industriais ficou, em média, acima de 95% em todas as regiões onde a Companhia atua, confirmando a excelência operacional na gestão dos ativos.

Em 2016, a companhia destinou R$ 780 mil para projetos sócioesportivos no Grande ABC por meio da Lei Paulista de Incentivo ao Esporte, que possibilita às empresas do estado de São Paulo colaborarem com iniciativas desenvolvidas para a sociedade civil. “A Braskem tem como propósito melhorar a vida das pessoas por meio da química e do plástico, a busca constante por uma atuação sustentável e que contribua para o desenvolvimento das regiões em que atua é parte fundamental disso”, reforça Flávio Chantre, gerente de Relações Institucionais da Braskem.

Compartilhar:

  • Data: 26/05/2017 01:05
  • Alterado: 15/08/2023 11:08
  • Autor: Redação
  • Fonte: CDN Comunicação









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados