“UPA Infantil” de Ribeirão Pires completa um ano com mais de 18 mil atendimentos

Em março de 2022 foi registrado o recorde, com 2,8 mil crianças consultadas

  • Data: 14/04/2022 14:04
  • Alterado: 17/08/2023 05:08
  • Autor: Redação
  • Fonte: PMETRP
“UPA Infantil” de Ribeirão Pires completa um ano com mais de 18 mil atendimentos

No primeiro ano de atendimento

Crédito:PMETRP

Você está em:

Há um ano, em abril de 2021, a Secretaria de Saúde de Ribeirão Pires inaugurava a ala pediátrica da UPA Santa Luzia. Popularmente conhecida como “UPA Infantil”, o espaço já recebeu 18.900 crianças e registrou o recorde de atendimento no mês passado, quando 2.917 crianças foram atendidas. 

O crescimento, no entanto, se deu de forma exponencial. No segundo trimestre do ano passado, entre abril e junho – os primeiros meses de atendimento no espaço – 1.528 crianças foram consultadas. Já entre julho e setembro, foram registrados 2.864 atendimentos, um aumento de 87,5%. No quarto trimestre, entre outubro e dezembro de 2021, foram 6.314 consultas, um aumento de 120% comparado aos três meses anteriores e, se comparado com os primeiros meses de atendimento, o número é ainda maior: crescimento de 313%.

Neste ano, foram 8.194 consultas. 2.098 em janeiro, 1.710 em fevereiro, 2.917 março e, até ontem, 1.469. Os números de abril já representam 50% do total de atendimentos do mês passado, o que indica uma tendência estável, porém, considerada alta no número de consultas.  

Antes de destacar a importância do espaço, o Secretário Municipal de Saúde, Audrei Rocha, falou sobre os atendimentos. “Em um ano, realizar mais de 18.900 atendimentos e ser elogiado pela população mostra que a UPA infantil foi uma medida assertiva da gestão do prefeito Clovis Volpi”, e completou: “Nós tínhamos uma preocupação muito grande com relação ao risco de contaminação das crianças pela covid-19. Decidimos então abrir esta ala pediátrica para separar as crianças e adultos e destinar um atendimento qualificado, num espaço agradável também para os pequenos”, salientou.  

População aprova o novo espaço: Bruna da Silva Santos, que estava com seu filho, falou sobre a ala infantil. “Foi o melhor investimento que a Prefeitura realizou. Neste espaço em que ficam só as crianças conseguimos ter um controle maior, sem contar que o atendimento é mais rápido do que antigamente”, relatou.  Leidiana Araújo, que estava com sua filha Sofia, é outra que compartilha do mesmo sentimento de Bruna. “O espaço é confortável, oferece um bom suporte às crianças e a decoração traz um clima agradável também”, disse. 

Especialista destaca melhora na qualidade de atendimento:  O pediatra Manoel La Cruz, um dos profissionais que prestam atendimento na ala pediátrica, apontou para  evolução de qualidade no atendimento. “Esse espaço trouxe não só a melhora na qualidade do atendimento, mas também na organização e no fluxo”, destacou.  

Espaço amplo e decorado: A ala pediátrica conta com nove leitos, sendo seis de enfermaria e três de emergência. Caso haja necessidade, o espaço pode ser ampliado para até 12 leitos no total. Além disso, há também um consultório médico, uma sala de triagem, sala de medicação, posto de enfermaria, banheiros e depósito para material de limpeza. Desenhos animados fazem parte da decoração para deixar o ambiente mais leve. 

Humanização – Célia Regina, diretora da UPA, destaca a humanização do espaço infantil. “ Criamos um espaço lúdico para crianças, um lugar leve, onde os profissionais têm a tranquilidade para fazer o tratamento, isso sem contar  no treinamento e capacitação que realizamos junto à equipe de pediatria, na intenção de trazer mais conforto para a mãe e a criança no momento do atendimento”, finalizou. 

Compartilhar:
1
Crédito:PMETRP
1
Crédito:PMETRP
1
Crédito:PMETRP No primeiro ano de atendimento

  • Data: 14/04/2022 02:04
  • Alterado: 17/08/2023 05:08
  • Autor: Redação
  • Fonte: PMETRP









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados