ABC Bem-Estar

Indicação de Carla Morando, psicólogos nas escolas passam a integrar rede estadual de SP

Além dos atendimentos individuais, os psicólogos contratados também trabalharão junto aos corpos docentes elaborando estratégias para prevenir conflitos

  • Data: 30/08/2023 07:08
  • Alterado: 30/08/2023 07:08
  • Autor: Redação
  • Fonte: Assessoria
Indicação de Carla Morando

Carla Morando

Crédito:Divulgação

O Governo do Estado anunciou, dia 28/08, que 368 psicólogos passam a integrar o quadro das unidades de ensino da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, no programa Psicólogos nas Escolas. A medida foi solicitada pela deputada estadual Carla Morando por meio da indicação nº 625 /2023 e está atrelada ao Programa de Melhoria da Convivência e Proteção Escolar (Conviva).

Nesta primeira semana de atuação, os 368 psicólogos farão uma imersão na rede estadual, em encontros nas diretorias regionais de ensino. A partir de 4 de setembro, após as formações iniciais, eles passam a lidar diretamente com as comunidades escolares. No total, 550 psicólogos serão contratados pela empresa vencedora de licitação da pasta. A previsão é que os outros 182 profissionais comecem a trabalhar no próximo mês.

Além dos atendimentos individuais, os psicólogos contratados também trabalharão junto aos corpos docentes elaborando estratégias para prevenir conflitos. Cada um desses psicólogos atuará por 30 horas semanais, no horário de funcionamento das unidades escolares em que estarão vinculados. “Esta iniciativa vai beneficiar todas as regiões do Estado e melhorar a qualidade do processo de ensino-aprendizagem, contribuindo para ambientes escolares mais harmônicos e saudáveis”, citou a deputada. “O papel do psicólogo, nas escolas da rede pública, em auxílio ao trabalho da orientação e supervisão escolar, visa melhorar o convívio social para solucionar questões como: bullying, adaptação escolar, situações de risco ou estresse, além de outros temas, e contribuir para o desenvolvimento educacional de nossos alunos”, explicou Morando.

O programa Psicólogos nas Escolas prevê que esses profissionais atuem principalmente em conjunto com os professores orientadores de convivência (POCs) e diretores escolares e, em nível regional, com os professores especialistas em currículo (PECs) do Conviva, a fim de apoiar o desenvolvimento de ações do plano de melhoria da convivência escolar.

Compartilhar:

  • Data: 30/08/2023 07:08
  • Alterado: 30/08/2023 07:08
  • Autor: Redação
  • Fonte: Assessoria









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados