ABC Esporte

Em busca do bicampeonato: família Varela tenta repetir 2022 no Rally dos Sertões

Com seus UTVs listados entre os favoritos, time luta por bom resultado na principal prova da temporada 2023

  • Data: 10/08/2023 16:08
  • Alterado: 31/08/2023 21:08
  • Autor: Redação
  • Fonte: BestPR Comunicação
Em busca do bicampeonato: família Varela tenta repetir 2022 no Rally dos Sertões

Rodrigo Varela

Crédito:Victor Eleutério/Fotop

A equipe Varela Can-Am Monster Energy está em Petrolina, interior do estado de Pernambuco, a 714 km da capital Recife, para a disputa do 31º Rally dos Sertões BRB. O time, que no último ano venceu o evento com o piloto Rodrigo Varela e o navegador Matheus Mazzei, tenta repetir a façanha. Para tanto, inscreveu quatro UTVs, todos tripulados por duplas experientes e competitivas.
Além de Rodrigo e Mazzei, o time conta com o bicampeão do Sertões (2000 e 2015) nos carros, Reinaldo Varela com o navegador Aristóteles Fiuza; o vencedor da categoria UTVs em 2017, Bruno Varela, ao lado de Gustavo Bortolanza; e Gabriel Varela com seu novo navegador, Ênio Bozzano.
Atual campeão do Sertões, Rodrigo Varela atentou para o fato de que, apesar da prova ser mais curta neste ano, a navegação permanece como a principal questão. “A navegação vai ser bem difícil. Pelo menos essa é a orientação que temos, já que o roteiro só é revelado a cada dia de prova”, explicou o atual campeão entre os UTVs. “E vamos ter que tomar muito cuidado nos trechos de serra, durante toda a prova, pois haverá muitas pedras, de todos os tamanhos, inclusive grandes rochas”, alertou.
Já o tricampeão mundial Reinaldo Varela prevê que um dos grandes trunfos do time será o lado técnico, após melhorias feitas nos modelos Can-Am Maverick X3. “Depois de uma grande preparação, finalmente chegamos ao Sertões e sentimos que nosso UTV está tinindo para os desafios que vamos enfrentar, principalmente pelas evoluções que aferimos nos últimos eventos que participamos”, avaliou. “Mas, é claro, é uma prova sempre muito complicada. Ter calma para não danificar o equipamento vai ser essencial”, ponderou.

Entusiasmo – Vencedor em 2017, Bruno Varela vê o entusiasmo da equipe no principal desafio do rally brasileiro como “motivação para acelerar mais”. “É sempre legal chegar no Sertões, eu ajudei a montar nossa estrutura e agora realmente bate aquela ansiedade”, confessou. “Estamos com um time muito forte e nossa expectativa é brigar por bons resultados. Chegamos como a equipe atual campeã, mas vai ser difícil, começando já da primeira especial que tem 370 km. Vai ser bem puxada. Depois temos a terceira e quarta que formam, juntas, a maratona. Mas todas as etapas merecem atenção. Vencer o Sertões requer muito empenho.”
Gabriel Varela aposta na constância para sair do Sertões com um bom resultado. “É sempre importante estarmos com tudo em 100% para essa prova, que é a mais esperada e mais desejada do ano. Mas a atenção aos detalhes e o foco em manter um ritmo constante são o que pode fazer a diferença no Sertões. Por mais curioso que possa parecer para quem não disputa rallies de alto rendimento, nossa meta é tentar não bater em nada, andando o mais veloz possível. Essa eu diria que é nossa lição de casa aqui para a nossa equipe”, disse Gabriel Varela.
O Rally dos Sertões 2023 tem início marcado para esta sexta-feira, dia 11 de agosto, com o prólogo e a Super Prime. O evento terá oito etapas, sem dia de descanso e percorrendo três estados. A etapa maratona deste ano, na qual os competidores não podem utilizar apoio mecânico e precisam fazer os reparos em seus próprios veículos, será de ida e volta entre Petrolina e Xique-Xique, na Bahia. Confira a programação do Rally dos Sertões 2023 (km cronometrado/km total):
Prólogo (11/8) – Petrolina (PE)
1ª etapa (12/8) – Petrolina (PE) > Petrolina (PE): 372 km/671 km
2ª etapa (13/8) – Petrolina (PE) > Petrolina (PE): 174 km/246 km
3ª etapa (14/8) – Petrolina (PE) > Xique-Xique (BA): 404 km/509 km (maratona)
4ª etapa (15/8) – Xique-Xique (BA) > Petrolina (PE): 324 km/613 km (maratona)
5ª etapa (16/8) – Petrolina (PE) > Crato (CE): 213 km/494 km
6ª etapa (17/8) – Crato (CE) > Sobral (CE): 207 km/673 km
7ª etapa (18/8) – Sobral (CE) > Cruz (CE): 226 km/357 km
8ª etapa (19/8) – Cruz (CE) > Cruz (CE): 160 km/357 km
Total de trechos cronometrados: 2.080 km
Total do percurso: 3.800 km

Compartilhar:
1
Crédito:Victor Eleutério/Fotop Rodrigo Varela

  • Data: 10/08/2023 04:08
  • Alterado: 31/08/2023 09:08
  • Autor: Redação
  • Fonte: BestPR Comunicação









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados