ABC Cursos

Cursos profissionalizantes no sistema dual alemão abrem portas para mercado de trabalho

A Formação Dual Profissional é a modalidade de ensino técnico que o Colégio Humboldt oferece desde 1982, que associa aulas teóricas a um período de prática nas empresas parceiras

  • Data: 07/04/2022 11:04
  • Alterado: 17/08/2023 06:08
  • Autor: Redação
  • Fonte: Colégio Humboldt
Cursos profissionalizantes no sistema dual alemão abrem portas para mercado de trabalho

Imagem Ilustrativa

Crédito:Arquivo/Agência Brasil

Neste ano, o Colégio Humboldt, instituição bilíngue e multicultural (português/alemão) localizada em Interlagos, São Paulo, comemora 40 anos de um dos maiores institutos de ensino profissionalizante no sistema dual existente fora da Alemanha, a Formação Profissional Dual, que já formou quase 2.000 alunos em seus cursos, que incluem Técnico em Administração, em Logística e em Tecnologia da Informação. Aliando o aprendizado teórico ao prático, o método do curso prevê um treinamento acadêmico combinado com um estágio rotativo em empresas parceiras, proporcionando aos jovens conhecerem o mercado de uma forma mais ampla, pois passam por vários departamentos de uma empresa, têm tarefas diferentes e sabem como os processos funcionam. A língua alemã é um dos pré-requisitos obrigatórios para os candidatos, que devem ter concluído o Ensino Médio. Além disso, eles também terão aulas em português, inglês e espanhol.

Apesar de já estarmos dentro do Colégio Humboldt há 40 anos oferecendo esse tipo de ensino, ainda somos uma obra em construção, porque o sistema dual de aprendizagem ainda não é tão conhecido no Brasil, nem pelo sistema de educação brasileiro”, avalia Jan Detmering, Diretor da Formação Profissional Dual no Colégio Humboldt. 

Apesar da distância do ensino técnico alemão do país, a modalidade é considerada porta de entrada para o mercado de trabalho, um trampolim para cursos universitários ou uma opção para quem deseja se qualificar em uma área. A educação técnica também pode ser a saída para o desemprego, índice que atinge 13,9 milhões de brasileiros. No modelo alemão, em média 75% dos alunos finalizam o curso com uma ou mais propostas de efetivação. “Durante dois anos o aluno faz o estágio, passando por diversas áreas da companhia e consegue colocar em prática tudo o que aprenderam. A maior parte dos estudantes acaba sendo efetivada assim que se forma”, afirma Beatriz Santos, analista da Humboldt Formação Profissional Dual.

Os formandos recebem o diploma de técnico, validado pelo MEC, e o diploma alemão, reconhecido na Alemanha, onde também têm a possibilidade de continuar os estudos ou iniciar uma carreira profissional internacional, eles também podem fazer o exame “Fachhochschulreife”, equivalente a um vestibular da Alemanha para ingressar em uma faculdade de Ciências Aplicadas.

Boa empregabilidade

O estímulo e oferta desse tipo de ensino é uma articulação entre o currículo técnico e o acadêmico e a conexão com as empresas parceiras, que os responsáveis da Formação Profissional Dual do Colégio fazem por meio de reuniões, visitas e apresentações. Para 2022, 15 empresas já fecharam contrato, oferecendo 23 vagas de estágio no total. As empresas são: Baggio, Deugro, Leschaco, Stihl, C.H. Robinson, Mercosul-lines / CMA CGM, Goethe Institut, Rimac, Figwal, Lanxess, Geodis, Bayer, DB Schenker, Kloeckner e Colégio Humboldt. Ainda, há outras empresas realizando o processo seletivo. Cada companhia oferece no mínimo uma vaga para os alunos da formação técnica. 

“No ano retrasado, 26 alunos se formaram na Formação Dual; ano passado, 19 e neste ano, temos 23, mas queremos chegar a 30 alunos”, diz Beatriz, que também é ex-aluna do sistema (2018 e 2019). Ela é natural de Sorocaba e estudava no CEL (Centro de Estudos de Línguas), uma das instituições que o Colégio apresenta a Formação Dual, além de escolas públicas e particulares que são alemãs ou ensinam o idioma alemão e instituições como Sal da Terra, entidade que a escola mantém parceria desde 2017, em que os jovens recebem aulas de alemão nas dependências do Colégio uma vez por semana. Desde o início do projeto, o Dual já formou duas turmas da ONG Sal da Terra.

O processo seletivo nas empresas inicia-se em dezembro e no mês de junho, o Humboldt libera o edital da Formação Dual, onde constam todos os detalhes da seleção e as datas da prova escrita. A próxima etapa é uma entrevista com o diretor do Dual no idioma alemão; assim, os currículos dos alunos que passaram na prova escrita e oral são enviados no dia 1º de dezembro para as empresas que têm interesse, e essas fazem seu próprio processo seletivo no setor de Recursos Humanos.

100% presencial

Neste ano, a Formação Dual volta ao seu formato original, com aulas e estágio presenciais, já que ano passado, devido à pandemia, o curso profissionalizante se adaptou ao ensino remoto e estágio home office. Essa nova abordagem propôs uma experiência desafiadora para estudantes, que participaram das aulas e do período de prática nas empresas parceiras desde casa. Por conta dos desafios no ano escolar de 2020 causados pela crise da Covid-19, houve também a mudança para o ensino híbrido, uma vivência completamente nova para todos, de acordo com a diretoria do Dual.

Compartilhar:

  • Data: 07/04/2022 11:04
  • Alterado: 17/08/2023 06:08
  • Redação
  • Colégio Humboldt









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados