ABC São Paulo

CRA-SP mantém fiscalização sobre concursos públicos

Últimas ações analisaram quatro editais com cargos que podem ser exercidos, exclusivamente ou não, por administradores devidamente registrados no Conselho

  • Data: 17/05/2023 10:05
  • Alterado: 17/05/2023 10:05
  • Autor: Redação
  • Fonte: CRA-SP
CRA-SP mantém fiscalização sobre concursos públicos

Crédito:Divulgação

No mês de abril, dando andamento às denúncias recebidas sobre concursos públicos, a fiscalização do Conselho Regional de Administração de São Paulo -CRA-SP analisou mais quatro editais nas prefeituras de São Lourenço da Serra, Andradina e Ferraz de Vasconcelos e, também, na Câmara Municipal de Jarinu, que mantinham vagas na área da Administração . 

Nos dois primeiros casos, as denúncias foram recebidas quando as inscrições já haviam sido encerradas e as ações do Conselho tiveram como objetivo orientar os municípios sobre os cursos compatíveis com os cargos para futuros provimentos, ressaltando a obrigatoriedade do registro dos profissionais em seus respectivos conselhos profissionais.

Já na prefeitura de Ferraz de Vasconcelos, assessorada pela empresa Organizadora Instituto Mais de Gestão e Desenvolvimento Social – IMAIS, o pedido foi pela retificação do edital em relação ao cargo de Analista Administrativo, pedindo que as inscrições fossem exclusivas para os profissionais graduados em Administração ou Administração Pública, com o devido registro no CRA-SP, uma vez que as atividades do cargo são restritas aos profissionais destas áreas. .

Por fim, na Câmara Municipal de Jarinu, assessorada pela empresa organizadora Instituto de Gestão de Cidades – IGECS, a solicitação foi referente ao cargo de Controlador Interno. Neste caso, a fiscalização pediu que fosse incluída a formação em Administração para o referido cargo, bem como o registro destes profissionais no CRA-SP, uma vez que eles também são legalmente habilitados para as atividades descritas na função. 

A coordenadora da área de Fiscalização do Conselho, Admª Ana Paula de Souza Lima Martins, lembra que as ações que têm como foco os editais públicos estão previstas no calendário de projetos do Planejamento Estratégico do CRA-SP para o biênio 2023/2024 e reforça a importância de os órgãos e empresas organizadoras se atentarem à legislação vigente. 

Para denúncias como essas, o Conselho mantém o seu Canal Ético, que recebe relatos dos mais diferentes tipos, como acusações de corrupção, exercício ilegal da profissão, assédio moral, entre outros. O canal pode ser acessado pelo endereço www.canaletico.com.br/cra-sp/ ou telefone 0800 591 4196 (atendimento em horário comercial). 

Compartilhar:

  • Data: 17/05/2023 10:05
  • Alterado: 17/05/2023 10:05
  • Autor: Redação
  • Fonte: CRA-SP









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados