Cosap comemora cinco anos com meio milhão de castrações, 1.900 adoções e novos hospitais

Nesse período a coordenadoria, que já recebeu dois prêmios Cidade Amiga dos Animais, criou serviços como e-RGA e cartão Cuida Bem Idoso

  • Data: 05/09/2022 12:09
  • Alterado: 15/08/2023 23:08
  • Autor: Redação
  • Fonte: Prefeitura de São Paulo
Cosap comemora cinco anos com meio milhão de castrações

Cães

Crédito:Fabio Rodrigues Pozzebom - Agência Brasil

Você está em:

A Coordenadoria de Saúde e Proteção ao Animal Doméstico (Cosap), da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), comemora neste dia 5 de setembro cinco anos de existência. Durante esse período, já realizou 511.031 castrações de cães e gatos, por meio de 42 estabelecimentos veterinários, entre clínicas e organizações não governamentais (ONGs), além de unidades móveis que atuam na capital pelo programa permanente de controle reprodutivo,,nas quais os animais também são vacinados contra a raiva e identificados com microchip e Registro Geral do Animal (RGA). Além disso, desde 2018, 1.809 pets e 98 animais de fazenda acolhidos e cuidados pela coordenadoria foram adotados pela população. 

Dois novos hospitais veterinários foram entregues durante esse período. Em agosto de 2020, a unidade de Santo Amaro, na Zona Sul, foi inaugurada com capacidade para 3.600 atendimentos mensais e em julho deste ano foi a vez do Butantã, na Zona Oeste, receber o quarto hospital da capital, pronto para atender 3.500 pets por mês. Entre 2019 e junho de 2022, as quatro unidades atenderam 353.485 animais, entre cães e gatos. Diariamente, são atendidos todos os casos de urgência e emergência, sem necessidade de senha. Também são realizados atendimentos de baixa e média complexidade, conforme a ordem de chegada. Há ainda as consultas de retorno, cirurgias (inclusive as programadas), tratamentos ambulatoriais, exames e internações, além de consultas em sete especialidades: oftalmologia, cardiologia, endocrinologia, neurologia, oncologia, ortopedia e odontologia.

Outros novos serviços também foram implementados pela coordenadoria para facilitar a vida dos tutores, além de melhorar o cuidado e assistência dos animais. O Registro Geral do Animal (RGA), criado em 2001, ganhou versão on-line durante a pandemia da Covid-19, e pode ser feito por meio do Portal SP156. Com a carteirinha repaginada e digital, mais de 100 mil novos registros foram emitidos em apenas nove meses. Os animais idosos, que não costumam ser procurados no Centro Municipal de Adoção, ganharam o cartão Cuida Bem Idoso, criado em agosto de 2020, que visa incentivar a adoção deles. Além de um novo lar, o cartão dá direito a atendimento prioritário e vitalício em qualquer um dos quatro hospitais veterinários públicos de São Paulo.

 Por causa das estratégias e práticas desenvolvidas pela Prefeitura, a capital, por meio da Cosap, ganhou o prêmio de Cidade Amiga dos Animais dois anos consecutivos (2019 e 2020), organizado pela World Animal Protection (WAP), em parceria com a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas). 

“Nós temos promovido na Cosap iniciativas, projetos e ações que agregam e complementam de maneira integral e exitosa a saúde e bem-estar animal”, comenta a secretária-executiva de Atenção Básica, Especialidades e Vigilância em Saúde da SMS, Sandra Sabino.

Pensando tanto na conscientização da população quanto no cuidado dos pets, a Cosap criou em 2019 o Programa Escola Amiga dos Animais, que já atendeu 692 alunos entre 6 e 12 anos de idade. O objetivo é ensinar as crianças sobre como cuidar adequadamente de um animal por meio de atividades com os animais, dinâmicas de grupo, leitura para os cães e gatos que aguardam por adoção, socialização e interação inclusive com animais de fazenda, como cavalos, porcos e coelhos a fim de que elas se tornem multiplicadoras da guarda responsável.

Em meio ao período mais restritivo da pandemia de Covid-19, a coordenadoria disponibilizou, por meio do site, diversos jogos interativos para que as crianças pudessem aprender brincando. Ainda pensando no público mirim, foram criados a cartilha de guarda responsável e o Cartão do Superguardião(ã), uma espécie de credencial para os novos “especialistas” no assunto.

“Todas as iniciativas do município nesses cinco anos da coordenadoria têm mostrado o quanto a capital está empenhada também no avanço das políticas públicas voltadas aos animais. Podem se preparar porque muitas novidades estão por vir”, afirma a coordenadora da Cosap, Analy Xavier.

A Cosap também faz parte do Plano de Contingência para Situações de Baixa Temperatura, que atende os pets de moradores em situação de rua, quando a temperatura atinge patamar igual ou inferior a 13ºC, ou sensação térmica equivalente, auxiliando as equipes do Consultório na Rua e do Redenção na Rua, que trabalham de forma conjunta com profissionais do Serviço Especializado de Abordagem Social (Seas) da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (Smads). 

Serviço
 
Hospitais veterinários públicos

– Unidade Norte
Rua Atílio Piffer, 687, Casa Verde

– Unidade Leste
Av. Salim Farah Maluf, esquina com R. Ulisses Cruz, lado par, Tatuapé
– Unidade Sul
Rua Agostino Togneri, 153, Jurubatuba

– Unidade Oeste
Av. Professor Orlando Marques de Paiva, 87, Butantã (USP)
 
Documentos necessários:

1. Documento de identificação oficial com foto e CPF do responsável pelo animal, que deverá estar presente no dia do atendimento;
2. Comprovante de residência atualizado em nome do responsável pelo animal;
3. Registro Geral do Animal (RGA);
4. Cartão/comprovante de programa social, se houver.
 
Os hospitais funcionam diariamente com atendimentos de urgência e emergência, sem necessidade de senha, além dos atendimentos de baixa e média complexidade, conforme a ordem de chegada.

Castração gratuita

É possível solicitar o serviço de forma online, pelo Portal SP156. Basta acessar o link https://sp156.prefeitura.sp.gov.br/portal/servicos/informacao?servico=3726 ou ainda, de forma presencial em uma das praças de atendimento.

Documentos necessários:
– Foto do animal que deseja castrar (que constará na carteirinha de RGA)
– Documento de identificação oficial do tutor com foto, RG e CPF;
– Comprovante de endereço atualizado (emitido em até 90 dias) e no próprio nome do tutor (responsável) pelo(s) animal(is);
É requisito que o solicitante tenha idade igual ou superior a 18 anos e resida na cidade de São Paulo.
 
Adoção

Para a adoção dos animais é necessário apresentar a documentação do tutor (RG e CPF), além de comprovante de residência recente (dos últimos três meses) e o pagamento de taxa pública de R$ 29,30. É preciso ainda levar coleira e guia no caso dos cães ou caixa de transporte no caso de gatos.

Para adoção de gatos, é obrigatório que haja telas nas janelas e varandas (apartamentos e sobrados) e outros meios que impeçam o acesso do animal à rua (casas térreas). O processo de adoção prevê entrevista para avaliação do perfil do interessado e pode incluir vistoria prévia no imóvel. Também está previsto o acompanhamento posterior à adoção.

O Centro Municipal de Adoção de Cães e Gatos está localizado na Rua Santa Eulália, 86, Santana. O horário de atendimento para adoções é das 9h às 17h, de segunda a sexta-feira, e das 9h às 15h, aos sábados. Informações adicionais podem ser obtidas pelo número 2974-7892
 
RGA

É possível solicitar o registro de forma online, pelo Portal SP156. Basta acessar este link ,  preencher o formulário e encaminhar pelo próprio sistema os documentos necessários, que serão solicitados. A carteirinha será automaticamente enviada por e-mail e o arquivo poderá ser baixado, caso o tutor tenha interesse em imprimir o documento.

O munícipe também consegue solicitar o serviço de forma presencial, após agendamento pelo Portal SP156 (no link acima) ou pela central telefônica ligando para o 156. O próximo passo é ir até uma das praças de atendimento portando os documentos obrigatórios que são:

– Foto do animal (que constará na carteirinha);
– Documento de identificação oficial do tutor (responsável) com foto e número de RG e CPF;
– Atestado de vacinação contra raiva do animal com assinatura de médico veterinário particular ou comprovante de vacinação emitido pela prefeitura;
– Comprovante de endereço atualizado (emitido em até 90 dias) em nome do responsável pelo(s) animal(is).
 
Escola Amiga dos Animais

Para participar basta que a escola interessada entre em contato com a Cosap pelo e-mail cosapeducacao@prefeitura.sp.gov.br para fazer o agendamento e receber todas as informações necessárias.

Compartilhar:

  • Data: 05/09/2022 12:09
  • Alterado: 15/08/2023 11:08
  • Autor: Redação
  • Fonte: Prefeitura de São Paulo









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados