ABC Mobilidade

Centro Cultural Movimento mantém em exposição relíquia da Kawasaki

Raridade no país, o modelo Serie W de 1971 da Kawasaki está em exposição no Centro Cultural Movimento, em Socorro (SP).

  • Data: 15/08/2022 11:08
  • Alterado: 16/08/2023 22:08
  • Autor: Redação
  • Fonte: Centro Cultural Movimento
Centro Cultural Movimento mantém em exposição relíquia da Kawasaki

Centro Cultural Movimento mantém em exposição relíquia da Kawasaki

Crédito:VGCOM - CCM - Duas Rodas e uma Nação

No próximo dia 21 de agosto (domingo), acontece o ROTA K FEST – evento que vai reunir os proprietários de motocicletas Kawasaki  e clientes das concessionárias autorizadas Kawasaki – Rota K – de Jundiai e Campinas, no interior de São Paulo, estarão reunidos para um moto-passeio para o Centro Cultural Movimento – CCM, museu que retrata a história da motocicleta e da bicicleta desde o início do século XX.

Os aficionados por motos clássicas e principalmente por modelos retrô Kawasaki têm um compromisso obrigatório no Centro Cultural Movimento (CCM), um dos principais museus dedicados a recontar a história das motos e bicicletas no país. Localizado em Socorro (SP), o local abriga em sua exposição uma relíquia da fabricante japonesa datada de 1971: a Kawasaki Serie W. O modelo marcou época por se inspirar claramente na motorização britânica. Equipada com dois cilindros em linha, o propulsor carburado de 624 cm³ de quatro tempos foi construído no estilo pós-guerra com design muito semelhante ao da inglesa BSA A10.

Uma verdadeira raridade por aqui, a Serie W foi fabricada exclusivamente no Japão, entre 1965 e 1974, e exportada para o mundo, principalmente para a Europa e Estados Unidos – pouca coisa chegou ao Brasil. Entre suas características, uma chama atenção em especial. Nas primeiras versões, o pedal de câmbio foi posicionado ao lado direto da moto, enquanto o pedal do freio traseiro era acionado com o pé esquerdo. Já nas versões a partir de 1968 – como pode ser visto no modelo em exposição –, os pedais foram invertidos: câmbio na esquerda e freio na direita, formato tradicional utilizado na maioria das motos até hoje.

Cedida ao Centro Cultural Movimento pelo Moto Classic Museum, museu localizado em Sumaré (SP), a Kawasaki Serie W 1971 em exposição mantém grande parte de suas características originais, como, por exemplo, suas rodas raiadas, freios a tambor e câmbio de quatro marchas. Entre outras particularidades da ficha técnica, o modelo pesa 181 kg (peso seco), vem equipado com suspensão telescópica na dianteira e braço oscilante na traseira e pode alcançar a velocidade máxima de 180km/h.

A história deste modelo também ganhou destaque no livro: Duas Rodas e uma Nação.

Para mais informações, acesse o site oficial do museu: www.centroculturalmovimento.com.br 

Kawasaki Serie W 1971 no CCM em exposição

Onde:  Centro Cultural Movimento (CCM);

Endereço:  Praça Rachid José Maluf, 83, Socorro (SP);

Horário de Funcionamento:  quartas, quintas e sextas, 12h às 20h, sábados, das 10h às 20h e domingos e feriados, das 9h às 17h;

Ingressos: R$20,00 (vinte reais/inteira) e R$10,00 (dez reais/meia entrada).

1º ROTA K FEST – 2022

Quando: domingo, 21 de agosto;

Horário: das 8h às 16h;

Pontos de partida e informações adicionais: Rota K Campinas (19) 2514-8400  e Rota K Jundiaí – (11) 4522-1500

Destino: Centro Cultural Movimento – antiga Estação Ferroviária –  Socorro (SP);

Ingressos: R$ 109,90 – por pessoa.

Vendas exclusivas pela plataforma Sympla – Vem com a gente para o Rota K Fest. Click e garanta sua participação.

Compartilhar:
1
Crédito:VGCOM - CCM - Duas Rodas e uma Nação
1
Crédito:VGCOM - CCM - Duas Rodas e uma Nação
1
Crédito:VGCOM - CCM - Duas Rodas e uma Nação
1
Crédito:VGCOM - CCM - Duas Rodas e uma Nação Centro Cultural Movimento mantém em exposição relíquia da Kawasaki

  • Data: 15/08/2022 11:08
  • Alterado: 16/08/2023 10:08
  • Redação
  • Centro Cultural Movimento









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados