ABC São Paulo

Ações da Operação Baixas Temperaturas acolhem 188 pessoas entre a noite de sexta e sábado

No total, foram realizados 229 atendimentos entre as 20h30 do dia 6 e as primeiras horas deste 7 de maio. Foram distribuídos 220 cobertores

  • Data: 08/05/2022 15:05
  • Alterado: 17/08/2023 04:08
  • Autor: Redação
  • Fonte: Prefeitura de São Paulo
Ações da Operação Baixas Temperaturas acolhem 188 pessoas entre a noite de sexta e sábado

Operação Baixas Temperaturas

Crédito:Arquivo - Agência Brasil

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS), informa que, em razão das baixas temperaturas da última noite, as equipes da Coordenação de Pronto Atendimento Social (CPAS) da SMADS realizaram 229 atendimentos no período entre 20h30 de sexta-feira (6) e 7h deste sábado (7). Durante esse intervalo, 188 pessoas foram encaminhadas para os serviços de acolhimento da rede socioassistencial e 18 pessoas não aceitaram o serviço de acolhida. Foram distribuídos 220 cobertores.

Nas últimas três madrugadas a Prefeitura de São Paulo realizou, ao todo, 783 atendimentos com 645 pessoas acolhidas e outras 83 que não aceitaram acolhimento.

Abordagens

Com cinco meses de duração, a operação passou a vigorar no último sábado (30/4) e segue até 30 de setembro. Neste período, os orientadores socioeducativos do Serviço Especializado de Abordagem Social (Seas), que atuam durante o dia, intensificam as abordagens às pessoas em situação de rua para acolhimento quando as temperaturas atingem 13° ou menos. No período da noite, as ações são realizadas pela Coordenação de Pronto Atendimento Social (CPAS).

A aceitação do encaminhamento é facultativa e as pessoas podem rejeitar a oferta de acolhimento. Neste caso, a equipe de orientadores oferece um cobertor e outros auxílios de acordo com a demanda de cada um.

Como ajudar?

Grande parte das pessoas em situação de rua procuram os serviços de acolhimento espontaneamente, mas a população em geral também pode ajudar solicitando uma abordagem social por meio da Central 156 (ligação gratuita).

O serviço funciona 24 horas por dia e a solicitação pode ser anônima. Entretanto, é importante informar o endereço da via em que a pessoa em situação de rua está com número aproximado, citar pontos de referência, além de características físicas e detalhes de como a pessoa a ser abordada está vestida.

Compartilhar:










Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados