Santo André Acontece

Santo André recebe o Projeto Cãodeirante

Evento para adoção de cães com algum tipo de deficiência acontece neste sábado (9)

  • Data: 04/12/2023 19:12
  • Alterado: 04/12/2023 19:12
  • Autor: Redação
  • Fonte: Assessoria
Cachorródromo promove grande encontro de cães especiais

Cachorródromo promove grande encontro de cães especiais

Crédito:Divulgação

O Projeto Cãodeirante vai realizar mais um evento de adoção de cães com algum tipo de deficiência no dia 9 de dezembro, em Santo André (Grande ABC). Será na unidade da PetLove (Av. Portugal, 751), no bairro Vila Bastos, das 11h às 16h. De acordo a organização, cerca de 10 animais estarão à espera de um novo lar.

“Estamos muito felizes em contar com a parceria da PetLov. É uma oportunidade incrível de oferecer visibilidade aos animais com deficiência e destacar a missão do Cãodeirante. Nossos eventos de adoção não são apenas sobre encontrar lares amorosos, mas também sobre quebrar estigmas e mostrar que todos os animais merecem uma chance”, diz Giovanna Perdomo, uma das fundadoras do projeto.

Haverá cães de diferentes raças, portes e tipos de deficiência, mas todos têm boa saúde. E a adoção definitiva só acontece depois de todo um processo de análise e avaliação, para verificar se o candidato a tutor realmente está apto a adotar o pet.

“Os animais com deficiência, na maioria das vezes, não são considerados na hora da adoção. Quem busca adotar um pet geralmente atém o seu olhar a um ideal específico de cão ou gato, olhar este que geralmente desconsidera o animal com deficiência. O Projeto Cãodeirante busca ser ponte entre os pets com deficiência que estão invisibilizados em abrigos e as pessoas que tenham interesse em adotar um cão ou gato. Para sermos ponte, trabalhamos com conscientização e informação”, conclui Sophia Porto, também fundadora do projeto.

A ação em Santo André contará com o apoio das marcas de rações para cães e gatos Fórmula Natural e Adimax.

Sobre o projeto – Surgiu em 2020 quando, em um trabalho como voluntária, uma das fundadoras teve contato com o cachorro Marrom, que havia sido atropelado em uma rodovia, resgatado e levado a um abrigo. Seu entendimento de que a falta de informação sobre quais são os reais cuidados que os pets deficientes precisam ter e como são eles vítimas de preconceito, foi o ponto de partida para a criação do projeto Cãodirante.

Compartilhar:

  • Data: 04/12/2023 07:12
  • Alterado: 04/12/2023 07:12
  • Redação
  • Assessoria









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados