Santo André Cidade

Santo André levará ações de sustentabilidade e resiliência climática para a COP28

Prefeito Paulo Serra participa nesta semana da 28ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas para apresentar iniciativas inovadoras da cidade

  • Data: 03/12/2023 18:12
  • Alterado: 03/12/2023 18:12
  • Autor: Tiago Oliveira
  • Fonte: PSA
usina-fotovoltaicaa

Crédito:Alex Cavanha/PSA

As ações realizadas pela Prefeitura de Santo André voltadas ao desenvolvimento sustentável e à resiliência sobre as alterações do clima serão tema de palestra do prefeito Paulo Serra nesta semana na COP28, a 28ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas.

O encontro teve início na última quinta-feira (30) em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, e seguirá até 12 de dezembro. A palestra do prefeito Paulo Serra será realizada na quarta-feira (6), dentro do painel “Adaptação à Mudança: Percepção sobre a Resiliência Hídrica nas Cidades Brasileiras”.

“Santo André tem atuado em várias frentes para se tornar uma cidade cada vez mais inteligente e resiliente em relação às mudanças climáticas. A participação na COP28 será uma oportunidade de divulgar as diversas iniciativas exitosas da cidade na área de sustentabilidade e prevenção de desastres”, afirma o prefeito Paulo Serra.

Além de falar sobre os avanços no saneamento básico da cidade nos últimos anos, o prefeito vai apresentar iniciativas do município implementadas com o objetivo de tornar a cidade mais preparada para os eventos climáticos extremos que estão se tornado cada vez mais frequentes.

Uma destas ações é a instalação de bueiros inteligentes, que têm contribuído na prevenção de enchentes. O equipamento possui um cesto com sensor que emite um sinal de alerta quando os dispositivos estão cheios de resíduos. Desta forma, o sistema evita que as bocas de lobo fiquem cheias e obstruam o escoamento da água.

Outra iniciativa da cidade que será apresentada na COP28 é a construção, em andamento, de um complexo de usinas fotovoltaicas para geração de energia limpa, em uma área total de 56 mil metros quadrados. Quando as usinas estiverem em funcionamento, o município receberá créditos que serão utilizados na redução valor da conta de luz de prédios públicos.

Também como parte dos esforços do município para se adaptar às mudanças climáticas está a inauguração do Centro de Resiliência às Emergências da Defesa Civil, realizada no ano passado.

O prefeito também vai falar no encontro sobre o programa Moeda Verde, iniciativa lançada há seis anos que une preservação do meio ambiente e segurança alimentar. A cada cinco quilos de recicláveis entregues, o morador recebe um quilo de frutas, legumes e verduras.

Esta será a primeira participação de Santo André na Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas. O painel em que a cidade vai participar é organizado pela Sabesp.

As iniciativas de desenvolvimento sustentável promovidas pela Prefeitura de Santo André têm sido reconhecidas por diversas premiações nos últimos anos. A mais recente foi entregue no mês passado – a cidade foi vencedora da etapa estadual do prêmio Cidades Excelentes, promovido pelo Grupo Bandeirantes de Comunicação, na categoria “sustentabilidade”. A cidade recebeu a maior nota entre os municípios paulistas com mais de 100 mil habitantes nesta categoria.

Compartilhar:

  • Data: 03/12/2023 06:12
  • Alterado: 03/12/2023 06:12
  • Tiago Oliveira
  • PSA









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados