Diadema Acontece

Reforma do Hospital Municipal de Diadema avança

Gestão já investiu cerca de R$ 897 mil no HMD; valor contempla revitalizações e reparos estruturais, pintura interna, troca de portas e aquisição de equipamentos

  • Data: 14/09/2023 23:09
  • Alterado: 14/09/2023 23:09
  • Autor: Tatiana Ferreira
  • Fonte: PMD
reforma-hmd-destaque

Reforma e manutenção no HMD

Crédito:Divulgação/PMD

O Hospital Municipal de Diadema (HMD) passa por um grande processo de reforma e as melhorias já estão sendo notadas por usuários e funcionários. Cerca de 90% da pintura interna da unidade estão concluídos nos 1°, 2°, 3°, 4°, 5° e 8° andares. Esses pavimentos ainda receberam outras intervenções, como reparos em paredes e portas, além de manutenção hidráulica e elétrica. A reforma era necessária desde o início da gestão, em 2021, quando a Administração assumiu o equipamento deteriorado e em plena pandemia. Com a emergência sanitária controlada, os esforços passaram a ser na recuperação estrutural do serviço até a construção de um novo prédio para o Hospital Municipal, com previsão de início em 2024.

Nos seis andares pintados, a cor escolhida para as paredes foi o azul claro, que transmite paz, calma e confiabilidade para aqueles que ali estão. O mesmo padrão de cor foi adotado no 7° andar, onde está a UTI, unidade mais recente e reformada para anteder os pacientes no período da pandemia da covid-19. No subsolo, a pintura já foi feita nos corredores e nos almoxarifados, Central de Material e Esterilização (CME), rouparia, faltando apenas concluir o Serviço de Nutrição de Dietética (SND).

Já o 6º andar, onde está localizado a Neonatologia e a Sala de Aleitamento Materno, foi
contemplado com a cor salmão que está associada à harmonia e felicidade, deixando o
ambiente claro e ao mesmo tempo acolhedor para as mamães que frequentam esses ambientes com seus bebês.

O térreo, onde funciona o Pronto-Socorro, as salas de medicação, emergência, observações, serviço de raio-x e tomografia também foi finalizado. As paredes e portas
foram pintadas deixando o local mais receptivo e acolhedor. Houve readequação da sala de medicação e foi criada uma sala de espera, para proporcionar mais conforto e acolhimento aos pacientes e acompanhantes que aguardam o atendimento da enfermagem. Nos pisos
foram inseridas sinalizações para facilitar a localização dos setores evitando a circulação desnecessária nos corredores e melhorando o acesso/circulação dos usuários.

“Sabemos que ainda precisamos fazer mais melhorias no HMD e podemos afirmar que muitas novidades estão por vir, como a reorganização total da recepção com criação de duas salas de classificação de risco individualizadas, além de toda a reforma da parte externa do prédio (pintura e alvenaria da fachada) e reforma geral dos telhados”, afirmou o médico Evandro José Gonçalves, responsável pela área de Urgência e Emergência da SMS Diadema.

Como é o único hospital da cidade de porta aberta, as obras estão sendo feitas por fases para evitar desassistência da população. Segundo o secretário municipal da saúde, José Antônio da Silva, a expectativa é finalizar as melhorias na unidade até o final do segundo semestre. “Desde que assumi a gestão da Secretaria da Saúde tenho seguido o compromisso assumido com o prefeito Filippi, conselheiros e população de priorizar as intervenções no interior do nosso HMD. Mesmo com o desafio de recuperar as instalações sem suspender por nenhum dia sequer o atendimento, seguimos avançamos com nosso cronograma, que está dentro do previsto e, até dezembro, devemos finalizar a transformação do serviço”. 

A gestão municipal já investiu mais de R$ 897 mil nas melhorias. Essa é a primeira grande revitalização feita na unidade hospitalar nos últimos 12 anos. O projeto tem como objetivo garantir condições mais adequadas de trabalho para os profissionais e, consequentemente, melhorar a hotelaria da unidade e o acolhimento ofertado aos usuários e acompanhantes de pacientes em observação e/ou internados nos leitos do hospital.

Outras melhorias

A qualificação da estrutura é peça importante na prestação de serviços mais humanizado, mas não é a única área que demandou esforços da SMS. Nos últimos dois anos, o hospital tem recebido diversos investimentos para melhorar o atendimento, como implantação de um novo aparelho de tomografia, instalação de tele-ECG, compras de novas macas, longarinas e cadeiras de rodas, além de ter sido selecionado para o Projeto Lean nas Emergências, do Ministério da Saúde, para reduzir a superlotação na área de urgência/emergência. Saiba mais em: https://portal.diadema.sp.gov.br/hospital-municipal-de-diadema-implanta-iniciativa-para-dar-fluxo-na-urgencia-e-emergencia.

A gestão também investiu na contratação de novos profissionais para aumentar a agilidade no atendimento. Foram convocados médicos e profissionais da enfermagem do 40º concurso público vigente. Além disto, o HMD também tem uma empresa especializada em segurança 24 horas, para fazer controle de acesso. O controlador de acesso gerencia o controle de visitas e altas, faz a gestão da entrada e saída de pacientes que passam em consulta e monitora o controle de troca de acompanhantes nas enfermarias. Também foi instalado o sistema de videomonitoramento, com câmeras fixadas em locais estratégicos, para proteger o patrimônio público e oferecer mais comodidade e, sobretudo, segurança e tranquilidade àqueles que circulam no local. 

Outro olhar foi investir na formação desses trabalhadores. Segundo Nancy Yasuda, do Núcleo de Educação Permanente da SMS, os profissionais estão sendo chamados desde o início de agosto para esse processo continuado e, na próxima semana, mais um grupo de novos trabalhadores iniciará esse processo no auditório do Quarteirão da Saúde.

A humanização do atendimento também recebeu atenção especial. Além da retomada do trabalho de humanização com os palhaços voluntários da ‘A Esperada Companhia’ para trazer uma dose de leveza e humor aos pacientes internados (saiba mais em: https://portal.diadema.sp.gov.br/palhacos-levam-alegria-a-pacientes-do-hospital-municipal-de-diadema/), foram instaladas televisões nos halls do 4º, 5º, 6º e 8º andar.  

Importância histórica do HMD

O edifício onde hoje funciona o HMD foi concluído em 1971 e pertencia a um grupo privado. Em 1989, o então Centro Hospitalar passou a pertencer ao Ministério da Previdência. A partir dessa data, foram repassados recursos financeiros que possibilitaram uma grande reforma, com a reabertura em 08 de dezembro de 1991, como hospital administrado pelo município e em meio a uma grande pressão da Comissão de Saúde da época, movimento popular, principalmente de mulheres, que precedeu a criação do Conselho de Saúde.

Hoje, mais de 30 anos depois do município assumir o controle do complexo hospitalar, a unidade segue sendo o único hospital público porta aberta, já que o Hospital Estadual do Serraria (HED), só atende casos referenciados.

Atualmente, o HMD atende as seguintes especialidades: na urgência e emergência da clínica médica, clínica cirúrgica, ortopedia e traumatologia, ginecologia e obstetrícia e psiquiatria, além de contar com UTI neonatal e adulto e a maternidade. Ainda recebe pacientes de demanda espontânea, socorridos pelo SAMU, Corpo de Bombeiros e Ecovias, além dos pacientes transferidos das unidades de menor complexidade no município.

Localizado em área estratégica da cidade, o prédio conta com 10 pavimentos e o subsolo. Diariamente, passam pelo HMD, em média, 760 pessoas para atendimento. Já as internações estão em torno de 22 por dia. Diariamente o plantão diurno do Pronto Socorro é iniciado com cerca de 60 pacientes internados e/ou em leitos de observação, onde a equipe médica e multiprofissional avalia, faz as prescrições em prontuários ou solicita exames para dar continuidade ao tratamento com possibilidade de internação ou alta hospitalar. A mesma equipe é responsável ainda por atender a demanda espontânea do dia.

Para dar sequência a reformulação da rede de Urgência, Emergência e Hospitalar em Diadema, a SMS vai implantar três Unidades de Pronto Atendimento (UPA) na cidade. Elas vão compor o planejamento de reorganização estrutural da rede de Saúde, que conta com o Programa UBS Nota 10, reformas do Hospital Municipal e avanço do projeto do novo hospital público, no Centro. Saiba mais em:https://portal.diadema.sp.gov.br/diadema-vai-ganhar-tres-upas/.

Compartilhar:

  • Data: 14/09/2023 11:09
  • Alterado: 14/09/2023 11:09
  • Tatiana Ferreira
  • PMD









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados