Santo André Bem-Estar

Profissionais da saúde de Santo André participam de oficina sobre alimentação complementar

Objetivo da atividade é qualificar atendimentos nas unidades de saúde, grupos de alimentação saudável e visitas domiciliares

  • Data: 10/06/2023 14:06
  • Alterado: 31/08/2023 21:08
  • Autor: Anderson Fattori
  • Fonte: Secom/PSA
Profissionais da saúde de Santo André participam de oficina sobre alimentação complementar

Crédito:Eduardo Merlino/PSA

Identificar problemas alimentares e orientar as famílias quanto à produção de refeições saudáveis são algumas das atribuições das equipes multidisciplinares do Nasf (Núcleo de Apoio à Saúde da Família) e dos ACSs (Agentes Comunitários de Saúde) que atuam em Santo André. Com intuito de embasar esses profissionais, a equipe da Atenção Primária à Saúde tem promovido capacitações em grupo como a que ocorreu na cozinha da FMABC (Faculdade de Medicina do ABC), na qual os trabalhadores aprenderam receitas na prática.

A capacitação funcionou nos moldes dos famosos programas de televisão, como o MasterChef. Os profissionais foram separados em pequenos grupos e tiveram um tempo para preparar o alimento de acordo com a faixa etária do público-alvo, ou seja, as refeições foram de mamadeiras até pratos mais elaborados. Os ingredientes foram sorteados, assim os grupos tiveram de usar a criatividade nas receitas. Todos os pratos foram analisados pelo nutricionista Vinicius Fenero, do Nasf, que trocou experiências com os participantes e deu dicas para enriquecer as receitas.

“Nossa meta é dar condições para que os profissionais da equipe multidisciplinar, enfermeiros, médicos, dentistas e os ACSs tenham embasamento no momento de orientar as famílias quanto à produção de alimentação saudável quando estiverem na ponta, fazendo a orientação da alimentação complementar durante os atendimentos e visitas domiciliares. Ensinamos a preparar e higienizar as mamadeiras corretamente, aprontar as papinhas nas consistências e quantidades adequadas porque são demandas que chegam até nós”, explicou Vinícius Fenero.    

A capacitação envolveu profissionais de todos os territórios da cidade e a expectativa é que novas turmas sejam criadas para que todos os trabalhadores da Atenção Primária tenham acesso às oficinas. “Estamos constantemente em busca de capacitações para fornecer aos nossos profissionais da Atenção Primária conhecimento, já que são eles que atuam na ponta, diretamente com os munícipes. Esse trabalho amplia a capacidade de atuação dos profissionais e isso, por consequência, traz para as famílias um serviço cada vez mais qualificado”, pontuou o secretário de Saúde, Gilvan Junior.  

Os profissionais que participaram da capacitação aprovaram a atividade. “Foi a primeira oficina que participei sobre alimentação saudável, aprendi muita coisa e para crianças de diferentes idades. Na minha rotina converso com muitas mães e tenho certeza que será importante ter esse conhecimento para compartilhar”, comentou Michele de Oliveira Santos, 40 anos, que atua como ACS na USF Jardim Ana Maria há 12 anos. “Foi uma experiência bem interessante. Só sabia cozinhar o básico e aprendi muita coisa na oficina, que vai me ajudar no dia a dia a dar um suporte para a nutricionista que nos acompanha”, acrescentou Lucas Nascimento dos Santos, 28, que é educador físico do Nasf.

Compartilhar:
1
Crédito:Eduardo Merlino/PSA
1
Crédito:Eduardo Merlino/PSA
1
Crédito:Eduardo Merlino/PSA
1
Crédito:Eduardo Merlino/PSA

  • Data: 10/06/2023 02:06
  • Alterado: 31/08/2023 09:08
  • Autor: Anderson Fattori
  • Fonte: Secom/PSA









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados