Diadema Acontece

Novo prédio do CAPS Infanto Juvenil em Diadema será o primeiro entregue em 2024

Local ainda reúne construção dos novos prédios dos Centros de Apoio Psicossocial Adulto III e Álcool e Drogas; serviços serão inaugurados até o final do ano

  • Data: 03/04/2024 14:04
  • Alterado: 03/04/2024 14:04
  • Autor: Redação
  • Fonte: PMD
obra-caps-diadema

Crédito:André Baldini

Os mais de 250 jovens atendidos pelo Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) InfantoJuvenil, em breve, ganharão um espaço mais amplo e acolhedor para atendimento e realização de oficinas e terapias. As obras do novo prédio estão avançadas e serão entregues no primeiro semestre deste ano. Esse é um dos três CAPS que estão sendo construídos no quarteirão localizado no encontro entre a Rua Coimbra e a Avenida Alda, no Centro.

O Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) Infanto Juvenil contará com recepção ampla, quatro salas de atendimento individual, três salas de atividade coletiva, salas de medicação, enfermagem, farmácia, quarto coletivo para internação dia / observação, espaço de convivência interno, quadra de futebol externa, banheiros masculino, feminino e PcD, além de dependências administrativas e de funcionários.

O modelo de serviço oferecido em saúde mental no município é de acolhimento em momentos de crise e tratamento próximo da família e da comunidade, mantendo os vínculos afetivos e a identidade do indivíduo com transtorno mental. Por isso, é fundamental ter uma estrutura adequada para receber essas pessoas.

“Os espaços são amplos e pensados para o trabalho a ser desenvolvido com crianças e adolescentes. Além do atendimento ao público que já ocorre, há possibilidade para ampliação, pois estamos qualificando e contratando mais profissionais”, explicou o secretário municipal de Saúde, José Antônio da Silva.

“O CAPS IJ de Diadema é um dos equipamentos de referência para crianças e adolescentes com transtorno do espectro autista. Nas novas instalações, teremos estrutura para novos grupos, intervenções e mais atendimentos às famílias. Sabemos que a intervenção adequada em tempo oportuno pode mudar o curso da vida de muitos cidadãos”, afirmou a coordenadora de Saúde Mental em Diadema, Denise Miyamoto.

Independentes

São mais de 3 mil m2 de construção que vão reunir os CAPS Infanto Juvenil, Adulto III e Álcool e Drogas (AD), além de área verde com vegetação nativa para acolher os frequentadores dos serviços e familiares. Após a entrega do primeiro serviço, as obras continuam e os centros Adulto e AD serão concluídos até o final do ano.

Embora os serviços funcionem no mesmo local, terão entradas e espaços de convivência independentes. Essa separação é importante tanto pelo tipo de atendimento realizado como pelas características do público que passa pelo CAPS.

Ao todo, mais de 740 pessoas serão beneficiadas diretamente com a nova estrutura de atendimento. “Com as construções, os serviços terão instalações apropriadas tanto para o acolhimento integral, camas e espaços para acompanhamento dos usuários por 24h com melhor qualidade, como locais para convivência, grupos terapêuticos, atendimento individuais, atendimentos familiares, reuniões de equipe e de rede”, explicou Denise.

Enquanto os novos equipamentos não ficam prontos, o serviço é prestado em dois diferentes locais. O CAPS Infanto Juvenil e o CAPS III Leste funcionam na Rua Santo Amaro, 92, no Jardim Pitangueiras. Já o atendimento do CAPS AD é realizado na Rua Moacyr Goulart Cunha Caldas, 111, região central.

Melhorias

A Prefeitura investe para adequar as condições dos equipamentos já existentes. O CAPS Sul passou por reforma no telhado e pintura interna, além de adquirir ventiladores, bebedouro e computadores.

Uma das salas do CAPS Norte foi transformada em dois consultórios, além de reforma em sala de espera, banheiro para pessoas com deficiência (PcD) e sala de emergência e construção de área específica para destinação de lixo infectante. As janelas das salas de convivência e atendimento do CAPS Infanto Juvenil foram trocadas, melhorando as condições de conforto das pessoas atendidas.

No CAPS AD, foram contratados psiquiatra, enfermeiras, farmacêutico, houve aquisição de equipamentos como computador, impressora, ventiladores, e itens para lazer dos usuários como mesa de pebolim e aparelho de tv. O CAPS Leste também passou a contar com profissional de terapia ocupacional. Em todos os Centros, a identificação visual interna foi trocada.

A coordenadora de Saúde Mental de Diadema ressalta que as melhorias qualificam o atendimento prestado e as condições da equipe. “A grande parte das melhorias se deu na manutenção da infraestrutura e ampliação de equipamentos. Isso traz um ambiente mais saudável e seguro para os profissionais exercerem seu trabalho, melhorando a qualidade de vida de todos. Porque falar de cuidado em saúde mental é também, e principalmente, falar da saúde mental dos trabalhadores”, avalia. Confira os endereços dos CAPS em https://portal.diadema.sp.gov.br/caps/

RAPS

Atualmente, Diadema conta com cinco CAPS (Sul, Leste, Norte, Álcool e Drogas e InfantoJuvenil). Três deles são destinados ao público adulto com sofrimento psíquico severo e persistente, com funcionamento 24 horas e referenciado por região (Sul/Oeste, Leste e Norte). Já o CAPS AD também funciona 24 horas e é referência às pessoas em sofrimento psíquico pelo uso problemático de álcool e/ou outras drogas. O CAPS Infanto Juvenil funciona 12 horas, voltado para crianças e adolescentes com algum sofrimento psíquico pelo uso ou não de álcool e/ou outras drogas.

Os serviços atendem pacientes por demanda espontânea, de acordo com o horário de acolhimento/avaliação de cada serviço ou por encaminhamento das Unidades Básicas de Saúde (UBS). Além do tratamento direto, os serviços apoiam os demais serviços de saúde (UBS, Pronto Socorro, Pronto Atendimento e Hospital Municipal de Diadema (HMD)) no cuidado às pessoas em sofrimento psíquico.

Confira os endereços dos CAPS em https://portal.diadema.sp.gov.br/caps/.

A Rede de Apoio de Atenção Psicossocial (RAPS) do município ainda é composta por 20 Unidades Básicas de Saúde, Espaço Colmeia (espaço de inclusão social/geração de trabalho e renda), dois Serviços de Residência Terapêutica (SRT), um Consultório na Rua I e uma enfermaria de retaguarda de saúde mental no HMD, psiquiatras 24 horas na porta da urgência e emergência no HMD.

Compartilhar:

  • Data: 03/04/2024 02:04
  • Alterado: 03/04/2024 02:04
  • Redação
  • PMD









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados