Diadema Cidade

Diadema divulga classificação final da Frente de Trabalho

São 200 vagas destinadas a moradores da cidade que estão desempregados e possuem renda per capita igual ou inferior a 50% do salário mínimo

  • Data: 23/02/2024 21:02
  • Alterado: 23/02/2024 21:02
  • Autor: Redação
  • Fonte: PMD/Heitor N. Bisi
frente-trabalho

Crédito:Pedro Roque/PMD

A Prefeitura de Diadema divulgou nesta sexta, dia 23 de fevereiro, o resultado final dos inscritos na Seleção Publica do Programa Frente de Trabalho. São 200 vagas, sendo 100 para bolsistas do público feminino e outras 100 para os homens.

A relação contém a relação preliminar dos candidatos classificados (1.831 homens e 4.265 feminino); lista de candidatos (75 homens e 88 mulheres) inscritos como pessoas com deficiência; lista de candidatos do sexo masculino (344 homens e 134 mulheres), inscritos nos termos do parágrafo 1º, artigo 1º, da Lei Municipal nº 4.060/2021 – pessoas com deficiência, egressos do sistema penitenciário e beneficiários dos regimes semiaberto e aberto, mulheres vítimas de violência doméstica e pessoas em situação de rua e/ou conviventes nos centros de acolhida de Diadema ou do Centro de Referência Especializado em Assistência Social para Pessoas em Situação de Rua (Centro Pop), através de avaliação técnica; lista de candidatos em situação de rua atendidos pelo Centro Pop (2 mulheres e 28 homens); e lista dos candidatos desclassificados (494 mulheres e 237 homens) de acordo com os itens 8 e 9 do Capítulo III – Das Inscrições e Item 39 do Capítulo VII- das Disposições Finais, do Edital 003/2023 (não atendem aos requisitos e documentação solicitada, respectivamente).  

Frente de Trabalho

O Programa Frente de Trabalho oferece bolsas a moradores de Diadema em situação de vulnerabilidade social. De iniciativa da Secretaria de Gestão de Pessoas, permite que os bolsistas atuem, numa jornada semanal de 40 horas, em atividades de limpeza pública, conservação de áreas verdes e
praças, manutenção de prédios municipais, entre outras tarefas. A concessão das bolsas está de acordo com a Lei nº 2.430/05 e não gera vínculo empregatício com a Prefeitura.

O contrato de bolsa é de 12 meses, prorrogável por mais um ano. A ajuda mensal é de um salário mínimo (R$ 1.412,00), além de auxílio transporte, cesta básica e refeição no refeitório do município.

Para concorrer é preciso ser morador de Diadema; ter entre 18 e 74 anos; não ter rendimentos próprios; estar desempregado e não estar recebendo seguro-desemprego, aposentadorias ou pensões por parte de entidade pública ou privada; pertencer a família de baixa renda, cujos membros tenham renda per capita igual ou inferior a 50% do salário mínimo e estar com CPF regularizado. É aceito apenas um beneficiário por família.

A classificação se dá segundo critérios de renda, número de dependentes e tempo de desemprego. Candidatos matriculados e frequentando EJA (Educação de Jovens e Adultos), ensino médio ou técnico na data da inscrição terão adicional na pontuação, desde que apresentem comprovação. A divulgação do resultado final será em 23 de fevereiro.

Confira a lista dos classificados

http://arquivosdoe.diadema.sp.gov.br/arquivos_diario_oficial/arquivos_artigos/4265/ftedital032023resultadofinalfeminino.pdf

http://arquivosdoe.diadema.sp.gov.br/arquivos_diario_oficial/arquivos_artigos/4265/ftedital032023classificacaofinalmasculino.pdf

Compartilhar:

  • Data: 23/02/2024 09:02
  • Alterado: 23/02/2024 09:02
  • Redação
  • PMD/Heitor N. Bisi









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados