Santo André Educação

Colégio Adventista de Santo André completa 100 anos de atuação

Instituição comemora um século de contribuições para a comunidade escolar dentro de uma formação marcada por inovações e tecnologia

  • Data: 11/04/2023 14:04
  • Alterado: 11/04/2023 14:04
  • Autor: Redação
  • Fonte: Colégio Adventista
Colégio Adventista de Santo André completa 100 anos de atuação

Crédito:Divulgação

O Colégio Adventista de Santo André, instituição de ensino destaque na região, completa cem anos no mês de abril. De acordo com registros históricos da escola, a trajetória da unidade deu início antes mesmo da fundação principal. Em 1907, a Casa Publicadora Brasileira se mudou de Taquari, no Rio Grande do Sul, para Santo André, sendo uma das primeiras empresas a se instalar no ABC e mantendo as raízes por quase 80 anos.

Em 1923, a Comissão da Igreja Adventista da Estação São Bernardo votou que abriria uma escola nas dependências da casa nº 9, no antigo sítio da CPB, onde hoje fica o Shopping ABC. O colégio tinha a finalidade de acolher os filhos dos funcionários da CPB, parentes e amigos.

Durante esse período, ao se instalar em Santo André, a Rede Adventista trouxe para a comunidade um grande índice de geração de renda e empregos contribuindo para expansão e valorização da região. Foi pioneira na introdução da Educação Judaico-cristã no ABC, com relevância na formação integral.

De acordo com o diretor Uilson da Veiga Santos, nestes 100 anos de história, os valores acadêmicos e filosóficos trabalhados pela escola tornaram-se referência para a comunidade e incentivou gerações de famílias a buscarem a instituição para a formação de seus filhos. “A atuação acadêmica promovida pelo colégio ao longo dos anos colaborou para a formação de cidadãos na comunidade Santo Andreense em todas as áreas, como médicos, artistas, engenheiros, advogados, professores, empresários e muitos outros que se destacaram na cidade”, aponta. “Além da formação, neste último século, a Escola Adventista de Santo André tem desenvolvido inúmeros projetos sociais voltados para a formação solidária dos alunos e comunidade”.

Para a jornalista Larissa Mariano, ex-aluna do Colégio, a escola ofereceu um panorama inclusivo na hora de entender sobre si mesma e sobre as pessoas ao seu redor. “Entrei em 2010 para cursar o ensino médio e minha história tem uma particularidade por ser uma pessoa com deficiência. Olhando para trás, vejo que o colégio me aceitou de uma forma exemplar”, lembra. “Nunca deixei de participar de nenhuma atividade, algo que faz parte da minha construção como aluna e como pessoa. Hoje eu sou jornalista, comunicadora, redatora e consultora de inclusão do Teleton, além de trabalhar em grandes mídias e acho que essa jornada vem da forma como eu me descobri ainda na época da escola”.

Durante a pandemia, a Escola Adventista tornou-se referência no avanço tecnológico dentro do ambiente escolar com o projeto E-Class, plataforma digital que supriu a demanda de aulas a distância para todo o Brasil. A ferramenta possibilitou uma rotina significativa, facilitando a interação entre professor e alunos, revisão de conteúdo, entrega de tarefas e acompanhamento das aulas por parte da família.

Falar sobre inovação e avanço tecnológico é algo confortável para o ensino Adventista, visto que a unidade de Santo André foi a primeira no Brasil a instituir o colegial como é conhecido hoje. “A vinda da Educação Adventista para Santo André há 100 anos atrás ocorreu devido a instalação de nossa publicadora na cidade, uma das primeiras empresas a se instalarem no ABC. Isso, para a época, já trazia um conceito de inovação e avanço tecnológico para a região sendo notícia na cidade”, reflete o diretor.

As comemorações do centenário seguem até o final do ano, entre as principais datas do calendário escolar.

Compartilhar:

  • Data: 11/04/2023 02:04
  • Alterado: 11/04/2023 02:04
  • Autor: Redação
  • Fonte: Colégio Adventista









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados