Santo André Cultura

Agenda 21 da Cultura é tema de capacitação em Santo André

Atividade será realizada nos dias 22 e 23 de março em parceria com a rede global CGLU e dialoga com o programa ‘Santo André 500 Anos’

  • Data: 17/03/2023 19:03
  • Alterado: 31/08/2023 22:08
  • Autor: Redação
  • Fonte: Secom/PSA
Agenda 21 da Cultura é tema de capacitação em Santo André

Crédito:Alex Cavanha/PSA

Em uma ação inédita no Estado de São Paulo, a Prefeitura de Santo André, por meio da Secretaria de Cultura, realiza a oficina ‘Cultura 21 Lab’ na próxima quarta (22) e quinta-feira (23). A atividade visa uma capacitação sobre Cultura em cidades sustentáveis em parceria com a Comissão de Cultura da CGLU (Cidades e Governos Locais Unidos), uma rede global de municípios com sede na Espanha.

Nos dois dias, grupos de trabalhos divididos por eixos temáticos farão um diagnóstico das políticas culturais de Santo André, com base no documento ‘Cultura 21 Ações/Agenda 21 da Cultura’. Os eixos temáticos estão relacionados com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs) da Organização das Nações Unidas (ONU) e consideram a Cultura em conceito ampliado, além das artes e do patrimônio.

O resultado se traduzirá na divulgação do diagnóstico, no intercâmbio de boas práticas com outros municípios participantes do programa e em compromissos assumidos pela administração municipal. Este diagnóstico dialoga também com o programa ‘Santo André 500 Anos’, que estabelecerá as diretrizes a serem priorizadas em diversos setores, inclusive o cultural, nos próximos anos de acordo com os ODSs.

“O diagnóstico que faremos no ‘Cultura 21 Lab’ permitirá identificar os pontos fracos, médios e fortes, especialmente das interfaces com outras áreas como Educação, Saúde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico. Isso permitirá fortalecer ações e corrigir caminhos, bem como enxergar a transversalidade da Cultura e sua contribuição fundamental ao desenvolvimento sustentável”, explica a secretária de Cultura de Santo André, Simone Zárate.

A oficina contará com a participação de representantes de secretarias municipais, sociedade civil organizada ou não, instituições como Sesc Santo André, Universidade Federal do ABC (UFABC) e Fundação Santo André, além de representantes de conselhos vinculados à Secretaria de Cultura – Conselho Municipal de Políticas Culturais (CMPC) e Conselho Municipal de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arquitetônico, Urbanístico e Paisagístico de Santo André (Comdephaapasa).

Cronograma – Na abertura, dia 22, será realizado o seminário ‘Cultura e ODS’, com Jordi Pascual, coordenador da Comissão de Cultura da CGLU e que participará de forma online, e Marta Llobet, enviada da Comissão para a oficina em Santo André.

Na sequência, será realizada a palestra ‘Santo André 500 Anos: Planejamento Estratégico de Longo Prazo para Santo André’, com Mario Matiello, diretor da Secretaria de Planejamento Estratégico e Licenciamento. Participarão da abertura representantes do Ministério da Cultura, Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, da Associação de Dirigentes Municipais de Cultura, do Fórum Nacional de Dirigentes Municipais de Cultura e do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC.

A agenda seguirá, no período da tarde, com a exposição ‘Ações Cultura 21 e Estrutura e Metodologia do Laboratório Cultura 21’, com José Oliveira Junior, consultor e facilitador da oficina.

Eixos – Ainda na quarta-feira e durante o dia seguinte, serão analisadas as aplicações práticas do documento ‘Cultura 21 Ações/Agenda 21 da Cultura’ com base nos nove eixos temáticos: 1 – ‘Direitos Culturais’; 2 – ‘Herança, Diversidade e Criatividade’; 3 – ‘Cultura e Educação’; 4 – ‘Cultura e Meio Ambiente’; 5 – ‘Cultura e Economia’; 6 – ‘Cultura, Igualdade e Inclusão Social’; 7 – ‘Cultura, Urbanismo e Espaço Público’; 8 – ‘Cultura, Informação e Conhecimento’ e 9 – ‘Governança da Cultura’.

Santo André 500 Anos – O programa ‘Santo André 500 Anos’ propõe uma série de iniciativas de médio e longo prazos para o desenvolvimento urbano, ambiental, humano e econômico do município até 2053 – data em que Santo André completa 500 anos, alinhado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs) da Organização das Nações Unidas (ONU).

Compartilhar:
1
Crédito:Alex Cavanha/PSA
1
Crédito:Alex Cavanha/PSA
1
Crédito:Alex Cavanha/PSA

  • Data: 17/03/2023 07:03
  • Alterado: 31/08/2023 10:08
  • Redação
  • Secom/PSA









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados