Sefaz-SP simplifica obrigações tributárias com novos critérios para eliminação da GIA

Empresas com receita bruta abaixo do limite do Simples Nacional ficam dispensadas da entrega da Guia de Informação e Apuração do ICMS

  • Data: 11/07/2024 08:07
  • Alterado: 11/07/2024 08:07
  • Autor: Redação
  • Fonte: Sefaz-SP
Projeto estimula regularização de empresas com débitos com condições de pagamento

Dinheiro

Crédito:José Cruz - Agência Brasil

Você está em:

A Secretaria da Fazenda e Planejamento do Estado de São Paulo (Sefaz-SP) deu mais um passo importante na simplificação das obrigações tributárias. Com a Portaria SRE 41, publicada no Diário Oficial do Estado, em 10 de julho, empresas paulistas passam a contar com novos critérios para a dispensa da Guia de Informação e Apuração do ICMS (GIA). 

A medida beneficia especialmente as empresas de menor porte. Aquelas que têm receita bruta abaixo do limite do Simples Nacional, por exemplo, agora estão isentos da entrega da GIA. Além disso, empresas novas do Regime Periódico de Apuração (RPA) já abrem com a dispensa dessa obrigação. 

A partir do primeiro dia do mês subsequente à notificação pela Sefaz-SP, via Domicílio Eletrônico do Contribuinte (DEC), as empresas que se enquadrarem nos seguintes critérios estarão dispensadas de entregar a GIA:

  • Empresas que mudaram do regime Simples Nacional para RPA a partir de 1º de janeiro de 2024.
  • Empresas com receita bruta abaixo do limite do regime do Simples Nacional de R$ 4,8 milhões em 2023.
  • Empresas com receita bruta acima do limite do Simples Nacional em 2023 e que tenham lançamentos na GIA ou divergências na GIA e na Escrituração Fiscal Digital (EFD) nos últimos três meses inferiores a R$ 353.600,00.

Essa iniciativa faz parte do “Projeto de Eliminação da GIA”, que visa eliminar redundâncias e aprimorar a prestação de informações pelos contribuintes. 

Antes do projeto, as empresas do RPA precisavam entregar mensalmente tanto a GIA quanto a EFD, o que gerava uma dupla obrigação. Com a nova medida, essa exigência será gradualmente eliminada para empresas que cumpram os critérios estabelecidos pela Sefaz-SP. 

Desde o início do projeto, em março de 2023, 164 mil empresas já foram dispensadas da entrega da GIA. Esse número deve aumentar ainda mais com a nova portaria, a SRE 41. 

Essa simplificação busca reduzir a burocracia para as empresas paulistas, tornando o ambiente de negócios mais eficiente e menos oneroso.

Compartilhar:

  • Data: 11/07/2024 08:07
  • Alterado: 11/07/2024 08:07
  • Autor: Redação
  • Fonte: Sefaz-SP









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados