Secretária de Desenvolvimento Social defende implementação de Política de Cuidados 

Andrezza Rosalém participou da abertura de I Seminário Paulista sobre o tema

  • Data: 20/06/2024 19:06
  • Alterado: 20/06/2024 19:06
  • Autor: Redação
  • Fonte: Secom/ SEDS
andrezza-rosalem

Crédito:Reprodução

Você está em:

A titular da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social (SEDS) Andrezza Rosalém, integrou a mesa de abertura do I Seminário Paulista de Política de Cuidados, na manhã da quinta-feira 20 de junho. O evento, no auditório do edifício Cidade I, foi organizado pela Defensoria Pública do Estado de São Paulo em parceria com a secretaria estadual. Entre debates e palestras, especialistas e autoridades discutiram a necessidade de implementação de políticas públicas para mitigar os impactos do aumento da dependência e da necessidade de cuidados de idosos e deficientes diante do envelhecimento da população.

O tema da Política de Cuidados é de extrema importância, segundo a secretária Andrezza Rosalém, e deve ganhar cada vez mais relevância com o envelhecimento da população, acompanhado do encolhimento das famílias. Ou seja, menos pessoas para cuidar de mais gente. “Temos dados que nos chamam atenção: 16 bilhões de horas são gastas com cuidados não remunerados, de acordo com a Organização Internacional do Trabalho”, alerta. “E, quando a gente olha esse número, e vê quem faz esse cuidado, 76% dessas horas são feitas por mulheres”, complementa. “Então, se essa Política de Cuidados não virar uma realidade, essa carga será cada vez mais desproporcional para as mulheres, principalmente as mais vulneráveis”, analisa Andrezza Rosalém. 

E os impactos já podem ser sentidos, diz a representante da Defensoria Pública do Estado de São Paulo, Bruna Simões. Ela explica que, no dia a dia do órgão, é frequente a presença de mulheres que relatam não terem condições de conciliar os cuidados de parentes com as suas atividades profissionais. Também presente na solenidade de abertura do seminário, o secretário estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Marcos da Costa, frisou a necessidade de implementação de políticas na área e defendeu o debate com a sociedade civil.

Compartilhar:

  • Data: 20/06/2024 07:06
  • Alterado: 20/06/2024 07:06
  • Autor: Redação
  • Fonte: Secom/ SEDS









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados