Brasil - Mundo Futebol

Santos vai ‘entrar em contato’ com V-Varen Nagasaki para resolver polêmica envolvendo Carille

As diretorias terão de definir como farão para solucionar o pagamento da multa rescisória do treinador.

  • Data: 05/01/2024 22:01
  • Alterado: 05/01/2024 22:01
  • Autor: Redação ABCdoABC
  • Fonte: Estadão Conteúdo
fabio-carille-3

Crédito:Reprodução/Instagram

O Santos não gostou de ser cobrado publicamente pelo V-Varen Nagasaki, do Japão, pela contratação do técnico Fábio Carille, e soltou uma nota oficial nesta sexta-feira à noite garantindo que entrará em contato com os japoneses para solucionar o assunto. As diretorias terão de definir como farão para solucionar o pagamento da multa rescisória do treinador.

“Em respeito e para manter a boa relação entre os clubes, o Santos Futebol Clube manterá nas próximas horas contato com V-Varen Nagasaki, do Japão, no intuito de demonstrar toda a transparência em relação à situação do técnico Fábio Carille”, disse a nota oficial do clube, sem explicar o que será feito.

É possível que o time paulista seja obrigado a desembolsar um valor aos japoneses por ter tirado seu comandante, de acordo com o V-Varen Nagasaki, sem um acordo de cavalheiros. O técnico disse que optou por não renovar e jogou, na época, as decisões para seus empresários.

Em sua visão, estava liberado para assinar com o Santos. Mas o ex-clube parece não ter gostado da atitude e voltou a cobrar do Santos o pagamento da multa. Em nota publicada em seu site oficial, o time pediu desculpas aos torcedores e reclamou da falta de retorno da diretoria santista às suas solicitações.

“Pedimos desculpas por causar preocupação em relação ao contrato com o treinador Carille. Conforme informado anteriormente, no dia 20 de dezembro do ano passado, recebemos do técnico Carille a intenção de assinar com o Santos FC. Desde então, foi realizada uma conferência de imprensa local, mas até 5 de janeiro, embora tenhamos solicitado repetidamente procedimentos formais relativos ao contrato, ainda não recebemos uma carta de oferta. Acreditamos que, pelo bem do futuro do futebol japonês, devemos exigir o pagamento da multa pela rescisão unilateral do contrato”, diz o texto assinado pelo presidente do clube, Akito Takada.

A nota oficial dos santistas mostra que o assunto incomoda e o presidente |Marcelo Teixeira espera resolver tudo rapidamente para Carille iniciar seus trabalhos no clube com o foco somente nas disputas de 2024.

Compartilhar:

  • Data: 05/01/2024 10:01
  • Alterado: 05/01/2024 10:01
  • Redação ABCdoABC
  • Estadão Conteúdo









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados