Museu da Língua Portuguesa realiza sessões de cinema ao ar livre

Projeto Luz na Tela é uma realização em parceria com o Museu Soberano - Rua do Triunfo e apresenta na primeira edição o clássico Luzes da Cidade, de Charlie Chaplin

  • Data: 16/04/2024 10:04
  • Alterado: 16/04/2024 10:04
  • Autor: Redação
  • Fonte: Museu da Língua Portuguesa 
Confira os destaques da programação de agosto do Museu da Língua Portuguesa

Crédito:Ciete Silvério

Você está em:

O Museu da Língua Portuguesa, instituição da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Estado de São Paulo, passa a ter cinema ao ar livre. Em parceria com o Museu Soberano – Rua do Triunfo, as sessões serão mensais e gratuitas. A primeira vai ocorrer no dia 25 de abril (quinta-feira), com a exibição do clássico Luzes da Cidade, dirigido e estrelado por Charlie Chaplin, no Pátio B da instituição. A ação integra o projeto Luz na Tela. A cerimônia de abertura vai acontecer a partir das 18h30, com o início do filme marcado para 19h30.

O primeiro filme da programação é o Luzes da Cidade, um dos clássicos da cinematografia de Charlie Chaplin. Lançada em 1931, esta comédia romântica conta a história de um vagabundo, papel de Chaplin, que finge ser milionário para conquistar uma florista cega por quem se apaixona. O filme será exibido em uma tela de 4 x 2,3 metros, e o público poderá assisti-lo em cadeiras e bancos espalhados por todo o espaço. Mesmo em caso de chuva, a sessão será mantida por acontecer em um local coberto.

O evento será aberto a todos os públicos e contará com distribuição gratuita de pipoca e água. Além disso, terá a presença de Paulo “Chaplin” Pasttella, considerado o Carlitos Brasileiro por Geraldine Chaplin, filha de Charlie Chaplin.

O Luz na Tela visa fortalecer e valorizar a cultura cinematográfica produzida na região popularmente conhecida como Boca do Lixo e a conexão significativa entre o Museu, seus parceiros, vizinhos, a população em situação de rua e outros públicos. A expressão Boca do Lixo foi dada pela imprensa policial ao bairro da Santa Efigênia, onde residiam pessoas rotuladas como marginais. Produtoras de cinema também passaram a se instalar na região, que se tornou um importante polo cinematográfico da cidade de São Paulo, com uma intensa produção de filmes independentes entre as décadas de 1960 e 1980. Ozualdo Candeias, José Mojica Marins – o Zé do Caixão – e Rogério Sganzerla, entre outros, foram alguns dos cineastas que se destacaram na Boca do Lixo

A curadoria do Luz na Tela será do Museu Soberano – Rua do Triunfo, cuja reabertura, em março de 2024, voltou a jogar luz na cultura cinematográfica produzida justamente no território da Luz e arredores.

“A parceria entre museus e a celebração do aniversário de 135 anos de Chaplin não apenas honra o legado icônico do artista, mas também abre portas para a preservação e a disseminação da cultura cinematográfica, inspirando gerações presentes e futuras”, explica Marcelo Colaiácovo, curador e sócio-fundador do Museu Soberano – Rua do Triunfo.

O Luz na Tela é um desdobramento do 1º Festival Cultura e Pop Rua – População em Situação de Rua e Direito à Cultura. Realizado pelo Museu da Língua Portuguesa e o Sesc São Paulo, com correalização da Prefeitura de São Paulo, a ação ocorreu em agosto de 2023 e ofereceu uma série de atividades culturais, rodas de conversa e serviços à população em situação de rua. Além disso, fortaleceu a rede de parceiros do território e promoveu o debate aprofundado sobre o papel das instituições culturais ante a esse grande desafio social.

SERVIÇO 

1º Luz na Tela – Exibição do filme Luzes da Cidade, de Charlie Chaplin

Dia 25 de abril (quinta-feira), a partir das 18h30

No Pátio B do Museu da Língua Portuguesa (mesmo em caso de chuva, haverá a sessão de cinema – local coberto)

Grátis

Museu da Língua Portuguesa 

Praça da Língua, s/nº – Luz – São Paulo

Compartilhar:

  • Data: 16/04/2024 10:04
  • Alterado: 16/04/2024 10:04
  • Autor: Redação
  • Fonte: Museu da Língua Portuguesa 









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados