Brasil - Mundo Esporte

Medina quebra jejum e vai às quartas em Margaret River; Chumbinho e Filipinho avançam

Medina entrou na água em Margaret River com o peso de ter caído nas oitavas nas quatro primeiras edições da temporada

  • Data: 23/04/2023 09:04
  • Alterado: 23/04/2023 09:04
  • Autor: Redação ABCdoABC
  • Fonte: Estadão Conteúdo
Medina quebra jejum e vai às quartas em Margaret River; Chumbinho e Filipinho avançam

Crédito:Miriam Jeske/COB

O Brasil já tem presença garantida ao menos nas semifinais da etapa de Margaret River do Circuito Mundial de Surfe. As quartas de final da etapa foram definidas e um duelo de gigantes promete agitar a competição. Gabriel Medina acabou com a “maldição” de não avançar das oitavas na temporada ao confirmar sua vaga para encarar o atual campeão do mundo, o compatriota Filipe Toledo, o Filipinho. Líder da temporada, João Chianca, o Chumbinho, também se garantiu entre os oito, enquanto Yago Dora e Italo Ferreira foram eliminados.

Medina entrou na água em Margaret River com o peso de ter caído nas oitavas nas quatro primeiras edições da temporada. Seguro e concentrado, não deu chances ao italiano Leonardo Fioravanti, fazendo duas notas acima da casa dos sete pontos para avançar sem sustos e “desencantar.” O sorriso largo ao deixar o mar mostrava o sentimento de alívio e felicidade.

O tricampeão mundial se garantiu com 14,56 pontos (7,33 e 7,23), contra somente 11,60 do oponente, que fez sua melhor pontuação um 7,10. Agora ele reencontra Filipinho repetindo duelo de titãs de 2021, que se garantiu após Jordy Smith não completar sua última onda. A vaga do brasileiro veio com pontuação apertada de 14,20 a 13,80 diante do sul-africano.

O outro representante brasileiro nas quartas será o líder da temporada. Chumbinho terá pela frente Connor O’Leary, que eliminou Yago Dora em bateria com as piores notas: 12,86 a 10,10

Para se garantir entre os oito melhores, Chumbinho, com a lycra amarela pela primeira vez na carreira, pegou um onda perfeita de 8,33 pontos e com belas manobras superou o australiano Callum Robson por 14,66 a 14,13. Ele terá pela frente Connor O’Leary, que eliminou Yago Dora em bateria com as piores notas: 12,86 a 10,10.

O campeão olímpico Italo Ferreira acabou se despedindo nas oitavas ao ser superado de virada pelo australiano Ethan Ewing (15,30 a 13,30), que agora terá pela frente um empolgado John John Florence. Depois de fazer a melhor nota do Round 3, com 9,10 pontos, o havaiano se superou com um 9,43 nas oitavas. Griffin Colapinto encara Barron Mamiya na outra bateria das quartas de final.

Compartilhar:

  • Data: 23/04/2023 09:04
  • Alterado: 23/04/2023 09:04
  • Redação ABCdoABC
  • Estadão Conteúdo









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados