Brasil - Mundo Política

Janja é única primeira-dama a participar de sessões de cúpula do G20 na Índia

Cônjuges dos líderes dos outros 18 países e da União Europeia não estiveram presentes durante as discussões no centro de convenções Pragati Maidan

  • Data: 09/09/2023 12:09
  • Alterado: 09/09/2023 12:09
  • Autor: Redação
  • Fonte: Patrícia Campos Mello/Agência Brasil
Janja é única primeira-dama a participar de sessões de cúpula do G20 na Índia

Crédito:Reprodução/GOV BR

Janja Lula da Silva foi a única primeira-dama a acompanhar as sessões de negociações do G20, fechadas ao público e à imprensa. Cônjuges dos líderes dos outros 18 países e da União Europeia não estiveram presentes durante as discussões no centro de convenções Pragati Maidan, principal local da cúpula, em Nova Déli neste sábado (9).

Janja publicou no X, antigo Twitter, um comentário que explicitou sua presença nas negociações. “Segunda sessão do G20. Presidente Lula falando sobre igualdade de gênero, combate a desigualdade e contra do racismo”, escreveu ela na postagem, que incluiu também uma foto de Lula de costas.

Com isso, a primeira-dama brasileira pulou a programação preparada pela Índia, anfitriã da cúpula, para os acompanhantes dos líderes. O grupo visitaria o Instituto Indiano de Pesquisa Agrícola, depois iria à Galeria Nacional de Arte Moderna e, à tarde, estaria livre para fazer compras em uma exibição de artesanato.

A Folha procurou a assessoria de Janja, mas não teve retorno.

À noite, ela e Lula deveriam ter participado de um jantar oferecido pelo primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, mas o casal retornou ao hotel.

Outro chefe de Estado, o presidente da Coreia do Sul, Yoon Suk-yeol, também viajou ao G20 acompanhado da esposa, Kim Keon-hee . Ela não participou, porém, das discussões da cúpula.

Compartilhar:

  • Data: 09/09/2023 12:09
  • Alterado: 09/09/2023 12:09
  • Autor: Redação
  • Fonte: Patrícia Campos Mello/Agência Brasil









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados