Detento da saidinha é preso duas vezes no intervalo de 48 horas

Infrator violou as regras do benefício, foi liberado em audiência de custódia, mas voltou a descumprir as medidas impostas pela Justiça

  • Data: 13/06/2024 17:06
  • Alterado: 13/06/2024 17:06
  • Autor: Redação
  • Fonte: SSP
Polícia Militar prende 13 durante nono dia da Operação Escudo

Crédito:Rovena Rosa/Agência Brasil

Você está em:

Um detento, de 33 anos, beneficiado pela saída temporária, foi preso duas vezes no intervalo de 48 horas pela Polícia Militar.

Ele foi detido descumprindo as regras do benefício na tarde de terça-feira (11) em Campinas, no primeiro dia da saidinha, cidade diferente da declarada à Justiça. Na ocasião, o detento estava consumindo bebida alcoólica em um local conhecido como ponto de venda de drogas. No dia seguinte, durante audiência de custódia, o sentenciado foi solto pela Justiça.

Hoje, o suspeito foi identificado por uma equipe da Polícia Militar violando as regras do benefício novamente em Campinas. Ele estava em um ponto de tráfico usando drogas quando foi detido.

Reconduzido mais uma vez pelos policiais, ele será submetido a uma nova audiência de custódia amanhã (14).

Sentenciados recapturados violando as regras da Justiça

Em dois dias de saída temporária, a Polícia Militar recapturou 152 detentos que estavam violando as regras impostas para ter direito à medida. Campinas é a região com mais recapturados com 40 sentenciados detidos.

No estado de São Paulo, cerca de 35 mil prisioneiros foram beneficiados, tendo de retornar aos presídios na próxima segunda-feira (17).

No período, os detentos beneficiados pela medida não podem sair da cidade declarada ao Poder Judiciário, frequentar bares, boates, envolver-se em brigas, andar armado ou praticar qualquer outro ato considerado grave perante à Justiça. Ainda devem permanecer em casa no período noturno.

Compartilhar:

  • Data: 13/06/2024 05:06
  • Alterado: 13/06/2024 05:06
  • Autor: Redação
  • Fonte: SSP









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados