São Paulo Tecnologia

Celular Seguro: como funciona o app para bloquear aparelhos roubados?

Conheça o aplicativo do governo lançado para inibir o roubo de smartphones no Brasil

  • Data: 06/02/2024 08:02
  • Alterado: 06/02/2024 08:02
  • Autor: Érica Oliveira/Plataformanet
  • Fonte: Plataformanet 
como-funciona-app-celular-seguro

Crédito:Freepik

O Governo Federal lançou no dia 19 de dezembro (2023) a plataforma Celular Seguro que permite bloquear rapidamente aparelhos roubados ou furtados. O serviço digital é uma solução do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) que busca combater e inibir esses crimes. A ferramenta é gratuita e pode ser acessada pelo app ou no site oficial. Através do Celular Seguro, a vítima poderá comunicar a perda e solicitar o bloqueio do aparelho, da linha telefônica e dos aplicativos bancários. E tudo isso em pouco tempo e de forma simplificada.

Como funciona o aplicativo Celular Seguro?

Para utilizar o Celular Seguro, primeiramente é necessário baixar e instalar o aplicativo disponível para smartphones Android e iOS. Nesse primeiro acesso, o cadastro no app é feito com uma conta do gov.br, clicando no botão “Entrar com gov.br” e realizando o login com CPF e senha (o gov.br é uma conta de identificação para serviços digitais do governo brasileiro). Após o cadastro, a plataforma exibe os Termos de Uso e Aviso de Privacidade dos Dados, para aceitar basta clicar no botão “Concordo”.

A tela inicial do Celular Seguro apresenta três ícones principais: “Pessoas de Confiança”, “Registrar Telefone” e “Registrar Ocorrência”. Além deles, é possível navegar pelo menu lateral localizado no canto superior esquerdo para acessar configurações adicionais, como editar perfil, buscar dispositivo e tutorial.

O registro de pessoas de confiança pode ser realizado ao clicar em “Pessoas de Confiança” e em seguida na opção “Cadastrar Contato”. Após o preenchimento dos campos com nome, CPF, telefone e e-mail do contato, o usuário deve clicar em “Cadastrar”. A plataforma ressalta que o usuário precisa escolher alguém realmente de confiança para cadastrar, uma vez que essa pessoa consegue visualizar o aparelho registrado no perfil dela e criar uma ocorrência no seu nome. O MJSP também informa que o cadastro de uma pessoa de confiança não é obrigatório, mas caso seja feito, esse contato não terá acesso às informações detalhadas do celular.

O registro do aparelho é efetuado na opção “Registrar Telefone” e depois em “Cadastrar telefone”. O formulário de cadastro solicita os dados do celular, como marca, modelo, número de série, pessoa de confiança, operadora, número de telefone, localidade e IMEI. Quando completar o preenchimento dos campos de informações, basta clicar em “Cadastrar” para finalizar essa etapa. O Celular Seguro não estabelece um limite para a quantidade de cadastros de dispositivos. Porém, a ferramenta determina que a linha telefônica do aparelho esteja cadastrada no CPF do usuário.

Para registrar uma ocorrência em casos de roubo, furto ou perda do celular, o usuário ou a pessoa de confiança deve acessar a plataforma do Celular Seguro por meio do site oficial ou do aplicativo. Na página inicial, é preciso clicar em “Registrar Ocorrência” e selecionar uma das opções: “Meus Telefones” se for o próprio usuário dono do aparelho ou “Telefone de Confiança” caso a ocorrência tenha que ser reportada por uma pessoa de confiança. Em seguida, é necessário escolher o dispositivo que deverá ser bloqueado, clicar em “Alerta” e informar a data, o ocorrido, a hora e a localização. Quando terminar, basta clicar em “Emitir” para registrar a ocorrência.

Com a ocorrência emitida, o Celular Seguro fornece um número de protocolo que o usuário deve guardar para atendimentos posteriores. A plataforma integra diferentes sistemas e compartilha as informações com as operadoras de telefonia para o bloqueio do dispositivo e de serviços relacionados às instituições financeiras. Segundo informações oficiais, o desenvolvimento do projeto contou com participação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), de Instituições Financeiras e Operadoras de Telefonia. O próprio (MJSP) disponibiliza a lista de parceiros que fazem parte do projeto e a forma de atuação de cada um deles.

Vale destacar que o Celular Seguro ultrapassou o número de 1 milhão de usuários registrados com apenas duas semanas de lançamento. Além disso, o Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) divulgou que a plataforma já registrou mais de 12 mil alertas de bloqueio.

Plataformanet é uma agência de marketing digital que traz toda semana informações sobre o mundo da tecnologia, entre outras dicas de serviços e aplicativos. Continue acessando o nosso caderno de tecnologia e acompanhe as novidades. 

Fonte: Governo Federal, G1, TecMundo, TechTudo

Compartilhar:

  • Data: 06/02/2024 08:02
  • Alterado: 06/02/2024 08:02
  • Érica Oliveira/Plataformanet
  • Plataformanet 









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados