Brasil - Mundo Política

Candidata presidencial russa pró-paz é bloqueada pela Comissão Eleitoral do país

A ex-legisladora Yekaterina Duntsova defende a paz na Ucrânia e espera desafiar o presidente da Rússia, Vladimir Putin promovendo uma visão mais "humana" para o país e viés pacifista.

  • Data: 23/12/2023 14:12
  • Alterado: 23/12/2023 14:12
  • Autor: Redação ABCdoABC
  • Fonte: Estadão Conteúdo
legisladora-russa

Crédito:Alexander Zemlianichenko/AP

Uma política russa que apelava pela paz entre Rússia e Ucrânia teve a sua candidatura recusada pela Comissão Eleitoral do país, que informou erro na apresentação de documentos para disputar o pleito. A ex-legisladora Yekaterina Duntsova defende a paz na Ucrânia e espera desafiar o presidente da Rússia, Vladimir Putin promovendo uma visão mais “humana” para o país e viés pacifista.

“Em 23 de dezembro, a Comissão Eleitoral Central recusou-se a registrar meu grupo de iniciativa”, escreveu Duntsova no aplicativo de mensagens Telegram.

Duntsova deu os primeiros passos em direção ao status de candidata no último domingo ,17, quando sua candidatura foi endossada por 500 apoiadores, conforme exigido pela lei eleitoral russa.

A pleiteante apresentou documentos na quarta-feira, 20, à Comissão Eleitoral Central da Rússia para registrar sua nomeação.

De acordo com um canal do Telegram próximo à campanha de Duntsova, a comissão encontrou cem erros em seus documentos de indicação, incluindo erros na grafia dos nomes.

“Você é uma jovem, ainda tem tudo pela frente. Qualquer sinal negativo pode sempre ser transformado num sinal positivo”, disse a chefe da Comissão Eleitoral Central da Rússia, Ella Pamfilova, na reunião da comissão, dirigindo-se a Duntsova.

A candidata afirmou que apelará ao Supremo Tribunal da Rússia e aos líderes do partido político Yabloko pela sua nomeação, visto que não conseguiria convocar uma segunda reunião de apoiantes.

Também, no sábado, a mídia estatal russa disse que o fundador e líder do partido Yabloko, Grigory Yavlinsky, não deverá concorrer à presidência, citando o serviço de imprensa do partido.

Em uma entrevista ao vivo no YouTube, Yavlinsky disse que “não sabia” se o partido iria considerar a candidatura de Duntsova.

Compartilhar:

  • Data: 23/12/2023 02:12
  • Alterado: 23/12/2023 02:12
  • Autor: Redação ABCdoABC
  • Fonte: Estadão Conteúdo









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados