Brasil - Mundo Cultura

Canção Nova lança biografia de padre Jonas Abib

A apresentação do livro, que será lançado no evento, Hosana Brasil 2023, foi feita pelo Cardeal Orani João Tempesta, Arcebispo Metropolitano do Rio de Janeiro.

  • Data: 07/12/2023 21:12
  • Alterado: 07/12/2023 21:12
  • Autor: Redação ABCdoABC
  • Fonte: Assessoria
livro-jonas-abib

Crédito:Divulgação

Em cada uma das 543 páginas do livro, o leitor terá a oportunidade de conhecer “O Padre – A história de vida de Jonas Abib”, escrito por Dimas Künsch e pela jornalista Renata Carraro. A biografia do fundador da Comunidade Canção Nova traz experiências de vida do sacerdote que, a serviço da evangelização, viveu incansavelmente o lema escolhido para o seu ministério: “Feito tudo para todos”. A obra será lançada dia 9 de dezembro de 2023, às 9h40, durante o evento “Hosana Brasil”, em Cachoeira Paulista (SP), com a presença dos cofundadores da Comunidade, Luzia Santiago e Wellington Silva Jardim (Eto). 

O Cardeal Orani João Tempesta, Arcebispo Metropolitano do Rio de Janeiro, fez a Apresentação do livro. “Um sacerdote que pregou pelo exemplo, pela escrita e pela palavra: falando ou cantando”, relembra Dom Orani. O arcebispo presidiu uma das missas do velório de padre Jonas, falecido em 12 de dezembro de 2022, aos 85 anos. 

A Abertura da livro, intitulada “A semente”, está ligada ao Encerramento – “Fez-se tudo para todos”, pois a semente precisa morrer para brotar e dar frutos, conforme mensagem ouvida muitas vezes naqueles dias da partida do sacerdote para a eternidade: “O padre não foi sepultado, foi semeado”. Ao final da biografia, o leitor é convidado a percorrer uma “Linha do Tempo”, ilustrada com diversas fotografias. 

Dividido em duas partes, compostas por sete capítulos cada, o livro revela a simplicidade de um grande escritor, músico, pregador, sacerdote, devoto de Nossa Senhora, homem de fé. Na primeira, episódios desde o nascimento de Jonas Abib até o seu ingresso, aos 12 anos, no seminário Salesiano, em Lavrinhas (SP). A segunda parte começa com sua ordenação sacerdotal (padre salesiano de Dom Bosco), aos 27 anos, em 8 de dezembro de 1964, na Solenidade da Imaculada Conceição de Maria. 

Entre as histórias dessa segunda parte, detalhes do seu encontro pessoal com Jesus; o trabalho com a juventude; o papel que ocupou na Renovação Carismática Católica (RCC); o nascimento da Comunidade Canção Nova – nas palavras dele: “Eu recebi de Deus um carisma. O legado que eu deixo é o carisma Canção Nova” -, além de dois capítulos, que vale destacar: “A companheira de missão” e “O amigo”. Era assim que padre Jonas se referia aos cofundadores da Comunidade, Luzia e Eto.

Nas páginas da sua biografia, também são narrados os momentos difíceis que padre Jonas enfrentou, em especial na sua saúde. Na hora de seu nascimento, já correu risco de vida; na infância, aos dois anos, quase perdeu a visão; ao final do primeiro ano de Teologia, precisou ser submetido a uma cirurgia no duodeno, por causa de uma úlcera que ganhou nos três anos anteriores; aos 33 anos foi acometido pela tuberculose; passou por um período de depressão; teve pneumonias recorrentes; sofreu um infarto e foi diagnosticado com mieloma múltiplo, aos 84 anos. 

Quando o padre voltou para casa, após ter recebido esse diagnóstico e ficado mais de um mês internado em São Paulo, disse à “companheira de missão”: “Deus só não me levou porque eu ainda tenho uma missão. E eu disse ao Senhor: “Eis-me aqui”. E o que ele fez? Nos seus últimos meses de vida, padre Jonas trabalhou na revisão do Estatuto Canônico da Comunidade, para adequá-lo às exigências do decreto promulgado pelo Dicastério dos Leigos, da Família e da Vida “Sobre o serviço da autoridade”. O fundador concluiu o trabalho e, em Assembléia Geral da Comunidade, o texto foi aprovado. Padre Jonas cumpria sua última missão. Como traduzem os autores no livro: “Um homem inspirado por Deus e feito tudo para todos”.

Aos seus filhos de coração, membros da Comunidade Canção Nova, e tantos outros espalhados pelo mundo inteiro, a foto da capa do livro traz mais um de seus ensinamentos, praticado mesmo em meio ao sofrimento: o sorriso. O último e mais curto documento redigido por padre Jonas Abib tem o título “Nosso hábito é o sorriso” e, num trecho, diz: “Realmente esta é a forma mais linda de acolher, seja quem for a pessoa. Se você conserva esse hábito, continue a usá-lo em abundância: não há contraindicação”. 

Serviço
Lançamento: Livro “O Padre – A história de vida de Jonas Abib”
Editora: Canção Nova
Preço: R$ 62,91 (sessenta e dois reais e noventa e um centavos)

Vendas online: https://loja.cancaonova.com/livro-o-padre-historia-de-jonas-abib

Compartilhar:

  • Data: 07/12/2023 09:12
  • Alterado: 07/12/2023 09:12
  • Redação ABCdoABC
  • Assessoria









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados