Brasil - Mundo Copa do Mundo

Brasil estreia na Copa do Mundo Feminina com Marta no banco pela primeira vez

O jogo, válido pelo Grupo F, ocorre nesta segunda-feira, dia 24, às 8h

  • Data: 24/07/2023 07:07
  • Alterado: 24/07/2023 07:07
  • Autor: Redação ABCdoABC
  • Fonte: Estadão Conteúdo
Brasil estreia na Copa do Mundo Feminina com Marta no banco pela primeira vez

Marta

Crédito:Reprodução Twitter - Thais Magalhães/CBF

Desde 2003, quando jogou sua primeira Copa do Mundo nos Estados Unidos, Marta é protagonista da seleção brasileira. Ao longo de 20 anos, conquistou um vice-campeonato, se tornou a maior artilheira da competição e, caso faça um gol na atual edição, se tornará a primeira mulher a anotar um tento em seis Mundiais. A Rainha, no entanto, chega na Austrália e na Nova Zelândia com um novo status: pela primeira vez na vida, ela começará uma Copa do Mundo no banco.

O Brasil enfrenta o Panamá em sua estreia no Mundial de 2023. O jogo, válido pelo Grupo F, ocorre nesta segunda-feira, dia 24, às 8h. A equipe comandada pela sueca Pia Sundhage não é considerada favorita para conquistar o torneio e disputa a classificação para as oitavas de final contra França e Jamaica, além do próprio Panamá. Um dos motivos da seleção nacional não figurar entre as mais cotadas para levantar o troféu é o estado físico da camisa 10. Marta vem de uma série de lesões que a tiraram de inúmeros jogos pelo time brasileiro e, aos 37 anos, vem fazendo trabalhados de recuperação física separada das demais atletas.

Ao longo de 2023, a jogadora do Orlando Pride sofreu com uma lesão na coxa esquerda e desfalcou o Brasil nos últimos confrontos internacionais. Em 2022, Marta já havia ficado de fora de boa parte das partidas da seleção por conta de uma lesão no joelho esquerdo. Pia já disse que a atacante terá um papel diferente no atual torneio e afirmou que a titularidade da jogadora será uma escolha feita jogo a joga. Para a estreia, no entanto, Marta deve começar no banco.

Em entrevista ao Jornal Nacional, a Rainha falou sobre seu novo status na seleção. “Jamais vou me sentir menos do que qualquer outra atleta. Se eu não tiver dentro de campo, fora de campo estarei ajudando da mesma maneira.” Ao ser comparada à Cristiano Ronaldo, que durante a Copa do Mundo de 2022 perdeu a titularidade na seleção portuguesa e se demonstrou descontente com a situação, Marta ressaltou a admiração ao jogador do Al-Nassr, mas afirmou que não repetirá esse tipo de comportamento. “Se eu vejo que a minha companheira está jogando melhor do que eu, está se destacando e está ajudando a equipe, eu quero que ela vá jogar.”

O Brasil deve enfrentar o Panamá, que participa pela primeira vez da Copa do Mundo, com Letícia no gol e Antônia, Kathellen, Rafaelle e Tamires no setor defensivo. No meio de campo, Pia ainda tem dúvidas em relação a escalação de Luana ou Duda Sampaio. A veterana, no entanto, deve ficar com a vaga e ser acompanhada por Ary Borges, Kerolin e Adriana. Já no ataque, a dupla de Debinha deve ser Geyse, com Bia Zaneratto correndo por fora.

RIVAL FRACO

O novo formato do Mundial, que agora conta com 32 seleções, abriu portas para times que jamais disputaram o torneio. Parte das oito novas seleções que participarão da competição, o Panamá quer surpreender o Brasil e, quem sabe, sonhar com voos mais altos.

A preparação da equipe para a Copa, no entanto, deixou a desejar Além de ser a última nação confirmada para o torneio, no último amistoso realizado pelo time antes do Mundial a equipe sofreu uma goleada aplicada pelo Japão por 5 a 0.

Compartilhar:

  • Data: 24/07/2023 07:07
  • Alterado: 24/07/2023 07:07
  • Autor: Redação ABCdoABC
  • Fonte: Estadão Conteúdo









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados