Brasil - Mundo Internacional

Bombardeio de Israel mata 22 pessoas em Rafah, no sul da Faixa de Gaza

Cinco crianças estão entre as vítimas

  • Data: 29/04/2024 08:04
  • Alterado: 29/04/2024 08:04
  • Autor: RedaçãoABCdoABC
  • Fonte: Estadão Conteúdo
guerra-israel

Guerra

Crédito:Reprodução/Twitter

Ao menos 22 pessoas morreram em bombardeios de Israel em Rafah, no sul da Faixa de Gaza, na madrugada desta segunda-feira, 29, segundo autoridades palestinas. Seis mulheres e cinco crianças estão entre as vítimas.

As forças israelenses realizam ofensivas aéreas contra Rafah desde o início da guerra contra o Hamas, em outubro, e planejam uma invasão por terra da cidade. Cerca de 1 milhão de palestinos estão refugiados no local, que faz fronteira com o Egito. Os Estados Unidos e diversos outros países pressionam Israel para desistir de avançar sobre Rafah, sob o argumento de que o ataque provocaria uma catástrofe humanitária.

Os ataques desta segunda atingiram três residências familiares. O primeiro deles matou 12 pessoas, incluindo quatro irmãos de 9 a 27 anos de idade. O segundo ataque matou sete pessoas, incluindo um homem de 33 anos e o filho dele, de 5. Já a terceira ofensiva matou três irmãos, com idades entre 12 e 23 anos.

O secretário de Estado dos Estados Unidos, Antony Blinken, inicia nesta segunda o sétimo giro pelo Oriente Médio desde que a guerra entre Israel e o Hamas começou. No domingo, 28, o presidente americano, Joe Biden, conversou por telefone com o primeiro-ministro do Israel, Benjamin Netanyahu, como forma de pressioná-lo a aceitar uma trégua com o Hamas.

O governo israelense aguarda para hoje uma resposta do Hamas a uma proposta de cessar-fogo que envolve a libertação de reféns mantidos no território palestino desde outubro. Fonte: Associated Press.

Compartilhar:

  • Data: 29/04/2024 08:04
  • Alterado: 29/04/2024 08:04
  • Autor: RedaçãoABCdoABC
  • Fonte: Estadão Conteúdo









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados