Brasil - Mundo Internacional

Ator de Quico, de Chaves, participa de campanha dos EUA contra migração ilegal

Iniciativa da embaixada americana no México acontece em meio a aumento inédito de detenções na fronteira

  • Data: 03/10/2023 11:10
  • Alterado: 03/10/2023 11:10
  • Autor: Redação
  • Fonte: Folhapress
carlos-villagran

Carlos Villagrán, o Quico do seriado Chaves

Crédito:Reprodução

O comediante Carlos Villagrán, conhecido por interpretar o Quico no seriado Chaves, colocou o figurino de seu personagem mais famoso para pedir que seus conterrâneos não cruzem a fronteira ilegalmente, em uma campanha da Embaixada dos Estados Unidos no México.

“Tenho algo muito importante para dizer a vocês! Não cruzem a fronteira aos Estados Unidos, porque pode colocar em perigo seu pai, sua mãe, seu tio, o cachorro, o gato, o periquito. Todos podem estar em perigo. É melhor #CruzarLegal”, afirma ele, usando a hashtag de uma campanha da embaixada.

A mensagem está alinhada aos esforços do governo de Joe Biden de desencorajar a migração ilegal. No início do ano, o democrata propôs uma nova regra que pressupõe inelegíveis para a concessão de asilo pessoas que entrarem de forma irregular nos EUA. A medida tenta reforçar o controle na fronteira com o México e reduzir o aumento de migrantes em situação irregular no país.

A norma também exige que um imigrante nessas condições prove que tentou obter asilo em outros países e teve esses pedidos negados antes de cruzar a fronteira americana.

A iniciativa, porém, parece não ter conseguido barrar o fluxo migratório ao país norte-americano. Dados divulgados pelo governo dos EUA em setembro mostram que o número de imigrantes detidos na fronteira sudoeste do país ultrapassou 2 milhões em 12 meses pela primeira vez.

Além disso, o número de pessoas que cruzaram desde janeiro o perigoso estreito de Darién, floresta na fronteira entre a Colômbia e o Panamá, passou de 402 mil, segundo o Ministério de Segurança Pública panamenho. O trajeto é comumente usado por pessoas da América do Sul e de outros países que estejam na região para tentar chegar aos EUA.

Compartilhar:

  • Data: 03/10/2023 11:10
  • Alterado: 03/10/2023 11:10
  • Autor: Redação
  • Fonte: Folhapress









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados