Brasil - Mundo Segurança

Assalto em Copacabana: idosa morre após ser derrubada no calçadão e bater a cabeça

A Delegacia de Homicídios da Polícia Civil do Rio tenta identificar quem roubou uma corrente da enfermeira aposentada Alair Barbosa, de 72 anos, e causou a sua morte

  • Data: 19/04/2023 09:04
  • Alterado: 19/04/2023 09:04
  • Autor: Redação ABCdoABC
  • Fonte: Estadão Conteúdo
Assalto em Copacabana: idosa morre após ser derrubada no calçadão e bater a cabeça

Alair Barbosa tinha 72 anos

Crédito:Reprodução

Alair caminhava com duas amigas pelo calçadão da praia de Copacabana, na zona sul do Rio, na tarde de domingo, 16, quando um assaltante puxou a corrente que ela usava no pescoço, para roubá-la. Com a força do puxão, a idosa caiu no chão, bateu a cabeça na calçada e ficou desacordada. Ela morreu no Hospital Municipal Miguel Couto.

O crime aconteceu no trecho da Avenida Atlântica entre as ruas Hilário de Gouveia e Siqueira Campos, nas imediações do posto 3. O rapaz conseguiu arrancar a corrente e fugiu correndo. Um suspeito (um adolescente de 17 anos que tem seis passagens pela Polícia por roubos a turistas na zona sul do Rio) foi detido por banhistas, entregue à polícia e conduzido à delegacia. Mas as duas mulheres que acompanhavam Alair não o reconheceram como responsável pelo assalto. Por isso, ele foi liberado.

Investigadores da Delegacia de Homicídios procuram imagens de câmeras de segurança da região onde o crime ocorreu para tentar identificar o autor do roubo. Alair será enterrada nesta quarta-feira, 19, no cemitério São João Baptista, em Botafogo (zona sul).

Compartilhar:

  • Data: 19/04/2023 09:04
  • Alterado: 19/04/2023 09:04
  • Redação ABCdoABC
  • Estadão Conteúdo









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados