São Paulo Acontece

Ação do Governo de SP no Litoral Norte vai auxiliar apoio a desastre em cidades do RS

Secretários paulistas participam de teleconferência com governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite

  • Data: 12/09/2023 09:09
  • Alterado: 14/09/2023 17:09
  • Autor: Redação
  • Fonte: Governo de São Paulo
acao-defesa-civil-2

Crédito:Governo de São Paulo

A experiência do Governo de São Paulo na pronta resposta e nas ações de médio e longo prazo para apoio à população do Litoral Norte após desastres climáticos vai ajudar autoridades gaúchas a atender dezenas de cidades afetadas pelas chuvas na última semana.

Nesta segunda-feira (11), secretários de Estado da gestão paulista se reuniram em teleconferência com o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, para detalhar a iniciativa local no apoio a São Sebastião e outras cidades litorâneas após uma série de inundações e deslizamentos ocorridos em fevereiro, após chuvas extremas.

“São Paulo se solidariza com todo o Rio Grande do Sul e está à inteira disposição para ajudar. Infelizmente, tivemos uma experiência parecida em São Sebastião no começo do ano e estamos aqui para compartilhar as ações emergenciais adotadas e todas as medidas de gestão tomadas para recuperar o litoral paulista”, afirmou o secretário-chefe da Casa Civil, Arthur Lima.

O Rio Grande do Sul passa por uma emergência climática que afeta mais de 80 cidades após grandes enchentes e destruição de localidades inteiras. Além do compartilhamento do planejamento para socorro e reconstrução de municípios do Litoral Norte, as autoridades paulistas também confirmaram o envio de 40 toneladas de doações e ajuda humanitária para as cidades na região Sul.

Da parte de São Paulo, Arthur Lima conduziu a reunião com o governador e autoridades gaúchas ao lado dos secretários Henguel Ricardo Pereira (Casa Militar e Defesa Civil), André Porto (Gerência de Apoio do Litoral Norte) e Marcelo Branco (Desenvolvimento Urbano e Habitação), além do prefeito de São Sebastião, Felipe Augusto.

A gestão paulista apresentou uma linha do tempo de ações durante o desastre climático de fevereiro, passando pelos momentos emergenciais das primeiras horas após as inundações e deslizamentos até as ações de longo prazo, como retirada de famílias de áreas de risco e ampliação da oferta de moradia em São Sebastião.

Logo após as chuvas, o governador Tarcísio de Freitas transferiu o gabinete para São Sebastião e criou a Gerência de Apoio do Litoral Norte. Tarcísio também decretou estado de calamidade para agilizar a transferência de socorro e recursos financeiros aos municípios atingidos.

“A Gerência de Apoio do Litoral Norte iniciou num momento de transição. É muito importante a gente delimitar esse momento, que vai ser o momento pós, depois desse momento inicial da recuperação das famílias. A sequência natural vai ser a recuperação econômica e da infraestrutura, além das ações sociais que são desenvolvidas”, ressaltou o secretário André Porto.

O governo paulista ainda destacou as soluções habitacionais adotadas, como a parceria com hotéis e pousadas e a Vila de Passagem para acolhimento emergencial das famílias, além da construção das moradias permanentes com tecnologias construtivas que aceleram a entrega dos imóveis.

Remessa de mantimentos

No último domingo (10), São Paulo enviou 20 toneladas de doações, com alimentos e roupas, para as regiões mais afetadas no Vale do Taquari. Nesta segunda-feira (11), mais quatro caminhões do Governo de SP vão sair com destino ao Sul do Brasil: dois da Defesa Civil, com capacidade para levar 10 toneladas de doações; e dois do Fundo Social de São Paulo, com 10 toneladas, totalizando mais 20 toneladas em itens arrecadados pelo São Paulo Futebol Clube.

Equipes da Defesa Civil de São Paulo com experiência em grandes tragédias também vão prestar apoio nas cidades gaúchas de Muçum e Roca Sales, onde ocorreu o maior número de mortes causadas pelas chuvas. Ao todo, serão dez agentes das forças paulistas empregados na missão.

“O Estado de São Paulo sempre esteve presente nas principais tragédias ocorridas no Brasil e, mais uma vez, estaremos presentes para ajudar nossos irmãos gaúchos. A Defesa Civil de São Paulo tem muita experiência em gestão de crise de desastres e nossas equipes poderão ajudar as autoridades locai”, destacou o coronel Henguel.

Compartilhar:

  • Data: 12/09/2023 09:09
  • Alterado: 14/09/2023 05:09
  • Redação
  • Governo de São Paulo









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados