Brasil - Mundo Internacional

Temporal arrasta avião, fecha aeroporto e deixa rastro de destruição em Buenos Aires

Pelo menos 15 pessoas ficaram feridas em uma festa no hipódromo da cidade, com a queda de uma estrutura.

  • Data: 17/12/2023 11:12
  • Alterado: 17/12/2023 11:12
  • Autor: Júlia Barbon
  • Fonte: FOLHAPRESS
aviao-argentina

Crédito:Reprodução/Redes Sociais

Uma tempestade com fortes ventos arrastou aviões, fechou o aeroporto de Buenos Aires e deixou um rastro de destruição na capital argentina e na região metropolitana na madrugada deste domingo (17), entre 2h e 4h. Pelo menos 15 pessoas ficaram feridas em uma festa no hipódromo da cidade, com a queda de uma estrutura.

Durante o dia deste sábado (16), ventos de 150 km por hora também deixaram pelo menos 13 mortos e diversos feridos no município de Bahía Blanca, ao sul da província de Buenos Aires, onde o teto de um clube desabou durante um evento esportivo. Árvores voaram, e grande parte da cidade ficou sem luz.

Na capital, viralizaram nas redes sociais vídeos de aviões da companhia Aerolíneas Argentinas se movendo com o vento no Aeroparque, por onde grande parte dos brasileiros chega ao país. Imagens do interior do aeroporto também mostram tetos destruídos e objetos voando durante a tempestade.

O site da administradora Aeropuertos Argentina 2000 indica que quase todos os aviões que chegariam ali a partir das 4h foram cancelados ou deslocados para Ezeiza, a cerca de 40 minutos da capital, que seguiu operando, mas também teve voos atrasados, cancelados e desviados.

Segundo a empresa, a pista do Aeroparque foi reaberta por volta das 9h30, após a retirada dos destroços de telhados arrancados pelo vento, que ultrapassou os 100 km por hora. A assessoria de imprensa informou que houve danos em vários setores.

“A pista está operando, mas até agora [9h40] não chegou nem partiu nenhum voo. As operações serão normalizadas ao longo das horas, de acordo com as reprogramações feitas por cada companhia aérea”, afirmou.

Outras imagens da tempestade também mostram prédios altos se movendo pelo vento, dezenas de árvores caídas, marquises e placas derrubadas, assim como diversos cortes de eletricidade, em toda a Grande Buenos Aires.

Durante a noite deste sábado, antes dos estragos na capital, o governo de Javier Milei prestou condolências aos familiares das vítimas em Bahía Blanca, disse que estava monitorando “a delicada situação causada pela tormenta na província” e recomendou que a população ficasse em casa de madrugada.

“As rajadas de vento ultrapassaram os 150 km/h em Bahía Blanca, e há um alerta laranja em diferentes áreas da província de Buenos Aires. Neste momento, o gabinete nacional está trabalhando em conjunto com as autoridades provinciais e municipais na assistência às vítimas e no controle dos danos”, escreveu a Casa Rosada em nota nas redes sociais.

Compartilhar:

  • Data: 17/12/2023 11:12
  • Alterado: 17/12/2023 11:12
  • Autor: Júlia Barbon
  • Fonte: FOLHAPRESS









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados