Brasil - Mundo Economia

Segmento de Moda cresce 16,8% no 2º trimestre do ano, de acordo com nova Pesquisa da ABF

Setor de franquias registrou um crescimento nominal de 12,9% de abril a junho comparado aos mesmos meses do ano passado

  • Data: 14/09/2023 16:09
  • Alterado: 14/09/2023 16:09
  • Autor: Redação
  • Fonte: Assessoria
milon

Milon

Crédito:Divulgação

A nova edição da Pesquisa de Desempenho do 2º trimestre realizada pela ABF – Associação Brasileira de Franchising mostra que o setor de franquias registrou um crescimento nominal de 12,9% no período, se comparado aos mesmos meses do ano passado. O faturamento saltou de R$ 48,052 bilhões para R$ 54,253 bilhões. Entre os segmentos que registraram um incremento no período, os que três que mais cresceram foram Hotelaria e Turismo, Alimentação Food Service, e Moda, beneficiados especialmente pela forte retomada dos hábitos sociais presenciais, mas com a manutenção de atividades representativas no delivery e no e-commerce.

O segmento de Moda, por exemplo, foi o terceiro que mais cresceu, com um faturamento 16,8% maior na comparação com o segundo trimestre do ano passado. Com forte presença no franchising, o setor em questão também se beneficiou da retomada das atividades sociais e corporativas, o que levou muitas pessoas a renovarem ou completarem seus guarda-roupas, do maior engajamento nas lojas físicas, de mais investimentos em tecnologia e marketing, e da maior maturação das marcas e seus franqueados. No semestre, Moda obteve um incremento de 15,9% no faturamento.

Duas marcas que atuam no universo infantil acompanham o desenvolvimento deste setor. Com mais de 150 lojas em operação, sendo 20 delas internacionais, a Calçados Bibi registrou um crescimento de 8% no faturamento na rede de franquias no primeiro semestre de 2023, se comparado ao mesmo período de 2022. Com um novo projeto arquitetônico, que visa proporcionar uma jornada de compra diferenciada e marcada por diferentes experiências aos consumidores, a marca investiu na reformulação das unidades espalhadas por todas as regiões do Brasil. Para o segundo semestre do ano, a rede dará continuidade ao plano de expansão, que visa a implantação de 13 novos pontos de vendas, sendo três deles em países do Mercosul.

Atuando sempre em diversas frentes de negócio para oferecer mais comodidade aos consumidores, a Calçados Bibi conta com uma rede de franquias e a integração das operações com o canal de e-commerce, que funciona como uma frente de loja. Além disso, a maior rede de calçados infantis disponibiliza serviços focados na conceito de omnichannel, mesclando as vantagens da operação física com a rapidez do digital. Dessa forma, a participação online representou 11% do total de transações na rede de franquias no primeiro semestre do ano, levando em consideração somente as operações brasileiras. Isso evidencia os diferenciais que canais como o e-commerce, delivery e entrega expressa trazem aos franqueados que atuam na marca. Para continuar crescendo, neste ano a empresa também realizou investimentos em novas tecnologias, serviços, ações de experiência, visual merchandising, mídia e influenciadores, sempre pensando no fortalecimento da franquia e na jornada positiva do consumidor com a Bibi.

Já a Milon abriu sua primeira loja em 2010 em Joinville, Santa Catarina, e entrou para o mercado de franchising em 2016. De lá para cá, a rede de vestuário infantil com inspiração europeia vem crescendo a passos largos no mercado de Franchising. Até julho de 2023, a marca registou um incremento de 27% nas vendas, com base no mesmo período do ano passado, além de um Same Stores Sales de 10,6%. Neste segundo semestre, estão previstas mais 11 operações, totalizando 110 unidades em diferentes regiões do Brasil. Em 31 de agosto, a franquia inaugurou a centésima loja, implantada no Parque Shopping Maceió, na capital Alagoas.

Por pertencer ao Grupo Kyly, maior indústria têxtil infantil do Brasil, a Milon conta com know-how de 38 anos de atuação no mercado infantil. Além disso, a rede está inserida em um segmento com diversas oportunidades de crescimento, já que o setor voltado para as crianças requer sempre a renovação do guarda-roupa. Dessa forma, a marca busca ingressar nos principais shopping centers do território nacional. Atualmente, são 100 lojas físicas em operação, sendo 73 franquias e 27 lojas próprias. Nos primeiros sete meses de 2023, por exemplo, foram inauguradas seis operações, localizadas no Rio de Janeiro (RJ), Porto Alegre (RS), Uberlândia (MG), Rondonópolis (MT), Eusébio (CE) e Florianópolis (SC).

Compartilhar:

  • Data: 14/09/2023 04:09
  • Alterado: 14/09/2023 04:09
  • Redação
  • Assessoria









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados