Santo André Acontece

Santo André anuncia obras para combater enchentes na Vila América e Vila Pires

Cidade lançou nesta quinta-feira a Operação Chuvas de Verão 2023/2024; intervenções vão beneficiar também os bairros Cata Preta e Jardim Irene

  • Data: 16/11/2023 19:11
  • Alterado: 17/11/2023 08:11
  • Autor: Dérek Bittencourt
  • Fonte: PSA
lançamento-operaçao-chuvas

Crédito:Eduardo Merlino/PSA

A Prefeitura de Santo André anunciou nesta quinta-feira (16) um pacote de obras com o objetivo de combater enchentes nas regiões da Vila Pires, Vila América, Cata Preta e Jardim Irene. O anúncio ocorreu durante lançamento do Programa Operação Chuvas de Verão (POCV) 2023/2024.

“Queremos trazer soluções para esses pontos históricos que enfrentam problemas de alagamentos. Vamos iniciar este pacote de obras em locais muito castigados pelas chuvas. São intervenções muito importantes e impactantes, que vão beneficiar de maneira significativa a região, como os microrreservatórios da Vila Pires, o aumento da fluidez do piscinão da Vila América e a melhoria na drenagem na região da Avenida Maurício de Medeiros”, destacou o prefeito Paulo Serra.

A Vila Pires, que fica às margens do Córrego Guarará, vai ganhar sete microrreservatórios, localizados nas ruas Armida, Caiapós, Alida, Cajuru, Tucuruí, Icaraí e Santa Joana D’Arc. O volume total de capacidade de todos estes espaços somados será de 5.329,46 metros cúbicos. 

A estação elevatória de águas pluviais da Vila América (que é conhecida como piscinão da Vila América), passará por melhorias com troca de tubulação de recalque e substituição das bombas atuais por equipamentos submersíveis, aumentando em quatro vezes a vazão da água, com alteamento de 1,2 metro do muro de estanque periférico.

Os moradores dos bairros Cata Preta e Jardim Irene serão beneficiados por uma grande transformação viária e de drenagem prevista para a região da Avenida Maurício de Medeiros, beneficiando também a Vila América. Está prevista a canalização de um trecho de 940 metros do Córrego Maurício de Medeiros, que posteriormente segue pela Avenida Capitão Mario Toledo de Camargo. Também serão canalizados 207 metros do Córrego André Magini. A perspectiva é que o local passe por uma transformação similar ao que ocorreu no Complexo Viário Cassaquera e há muitos anos na Avenida Capitão Mário Toledo de Camargo. 

O investimento total nas obras anunciadas nesta quinta-feira é de US$ 33 milhões, com recursos da CAF (Banco de Desenvolvimento da América Latina). A previsão é que as intervenções tenham início entre o final do primeiro trimestre e início do segundo trimestre de 2024, com prazo de execução de 18 meses. 

Ações preventivas – Durante o lançamento da Operação Chuvas de Verão 2023/2024, foi divulgado balanço das ações preventivas realizadas pela Prefeitura de Santo André visando preparar a cidade para o período mais chuvoso do ano. A previsão é de precipitações volumosas em curtos períodos de tempo, sob influência do fenômeno El Niño.

“A gente lança hoje a Operação Chuvas de Verão já com preocupação imediata para este fim de semana. A cidade e a equipe estão preparadas, mas são fenômenos climáticos novos e que causam preocupação extra. A previsão não é boa, principalmente com relação aos ventos de mais de 100km/h. Nesse contexto, a atuação das nossas equipes ganha ainda relevância, com pessoal qualificado, dedicado e munido de ferramentas tecnológicas”, afirmou o prefeito Paulo Serra. 

Como trabalho prévio realizado ao longo do ano, visando este período chuvoso, a Secretaria de Infraestrutura e Serviços Urbanos construiu 400 metros de galerias de águas pluviais, 89 bocas de lobo e ralos, realizou reforma em 589 bocas de lobo, fez mais de 20 mil limpezas de bocas de lobo e efetuou mais de 600 mil metros quadrados de limpeza manual de córregos e áreas. As equipes realizaram ainda limpeza mecânica de 13.812 metros cúbicos em córregos, com remoção de 4,5 mil toneladas de resíduos para o aterro sanitário.

Já as árvores, que constantemente sofrem com os efeitos dos vendavais e podem provocar transtornos, também foram alvo de ações: 2.274 vistorias, 12.500 podas, 68 tomografias/penetrografias, 13 transplantes, 2.515 plantios e 2.772 remoções.

“O que muda com a Operação Chuvas de Verão é que quem trabalha no atendimento imediato às ocorrências é o Departamento de Proteção e Defesa Civil com suas equipes estruturadas, mas os trabalhos de podas de árvores, limpeza, são feitos pelas equipes operacionais da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Urbanos. Em períodos ordinários, essas equipes estão dedicadas aos serviços urbanos prestados de maneira geral na cidade. Neste período, com a força do decreto do POCV, a gente mobiliza e a prioridade dessas equipes passa a ser os atendimentos às ocorrências da Defesa Civil”, explicou o secretário de Infraestrutura e Serviços Urbanos, Vitor Mazzetti Filho.

Atualmente já existe todo um arsenal de tecnológico de equipamentos em operação e que fazem parte da inteligência e monitoramento da cidade: 500 câmeras (115 delas com foco em drenagem) e 26 estações meteorológicas. Estão em andamento ainda a instalação de 78 fluviômetros, implementação de 506 bocas de lobo inteligentes, ampliação do centro de monitoramento da Defesa Civil e contratação de empresa especializadas em inteligência artificial.

Durante todo o período pós-POCV 2022/2023 e pré-POCV 2023/2024, o Departamento de Proteção e Defesa Civil promoveu ainda treinamento e capacitação com 760 integrantes dos Nupdecs (Núcleos Comunitários de Proteção e Defesa Civil), 653 servidores públicos e 7.050 estudantes da rede municipal de ensino.

“Santo André já assumiu as mudanças climáticas como realidade a ser combatida no sentido das consequências, porque não tem como brigar com o clima, mas tem como minimizar o impacto dessas mudanças no cotidiano do cidadão, minimizar os efeitos negativos”, disse o prefeito Paulo Serra.

Comunicação – Munícipes que queiram se informar com antecedência sobre questões e eventos climáticos podem acessar o site da Defesa Civil (portais.santoandre.sp.gov.br/defesacivil) e se cadastrar para receber via SMS ou WhatsApp. Além disso, o portal conta com mais de 40 câmeras em pontos estratégicos para que os munícipes vejam em tempo real as condições de vias. As redes sociais da Prefeitura também agem como meio de comunicação para alertar sobre temperatura e outros tipos de situações relacionadas.

Compartilhar:



  • Data: 16/11/2023 07:11
  • Alterado: 17/11/2023 08:11
  • Dérek Bittencourt
  • PSA







Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados