São Paulo Cultura

Rap em Quadrinhos e Dia do Mundial do Hip-Hop são destaques da Secretaria da Cultura

Todas as atividades das Fábricas de Cultura são gratuitas e inclui a exposição Rap em Quadrinhos, na Fábrica de Cultura Osasco, a partir do dia 7/11

  • Data: 02/11/2023 13:11
  • Alterado: 02/11/2023 13:11
  • Autor: Redação
  • Fonte: Cultura SP
hip-hop

Imagem Ilustrativa

Crédito:Sarará Rodrigues

O hip-hop e os quadrinhos formaram um relacionamento de flerte que une, continuamente, duas culturas em constante crescimento e as Fábricas de Culturainstituições da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Estado de São Paulo, trazem atividades gratuitas destes universos, como uma exposição com personalidades negras como super-heróis, por exemplo, a Negra Li como Tempestade, realizada pelo ilustrador Wagner Loud junto com o youtuber Løad Comics, aberta para visitação na Fábrica de Cultura Osasco, a partir de 7/11. 

O hip-hop completou 50 anos de história em agosto e em novembro comemora-se o Dia Mundial do Hip-Hop (12/11). Para celebrar, a Fábrica de Cultura Capão Redondo está fazendo uma programação com algumas pessoas do documentário Chic Show. Em 19/11, das 18h30 às 21h terá a exibição do filme + bate-papo na Praça João Pais Málio, pertinho da Fábrica. A roda de conversa será com equipe de som BILLBOX, organizadora de festas black desde os anos 80, juntamente com os pesquisadores do documentário Guilherme Botelho e Felipe Choco, os diretores Felipe Giuntini e Emílio Domingos, com a mediação de Márcio Bhering, do Samba da Vila. A partir dos 10 anos. 

Já no Museu da Língua Portuguesa, terá o 8º Sarau Hip-Hop no Museu estará sob comando e curadoria do rapper e mc Xis, tendo como convidados o DJ Erick Jay e o artista The Sarará, que apresentará uma exposição fotográfica. Em 18/11, das 12h às 14h, no saguão central da Estação da Luz. Grátis. 

E, ainda, em celebração ao Dia Mundial do Hip-Hop, na Fábrica de Cultura Cidade Tiradentes, publicará um vídeo gravado para conhecer a história por trás dessa cultura e finalizará com uma mostra de dança dos ateliês e trilha de longa duração de street dance da Fábrica de Cultura Cidade Tiradentes. a publicação será em 12/11, às 14h, pelo YouTube

Além disso, outras instituições da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas estão com dicas de passeios e cursos, como: Cursos gratuitos de atuação, cenografia e muito mais na SP Escola de Teatro; Concurso de fotografia com prêmios pelo Museu do Futebol; Festival de Circo SP em Piracicaba, com entrada gratuita, etc. 

Confira as opções abaixo: 

Fábrica de Cultura – Festival Tecnicamente Falando e Rap em Quadrinhos 

Em 8/11, terá início o “Festival Tecnicamente Falando” na Fábrica de Cultura Capão Redondo. O evento busca unir tecnologia e criatividade na cultura com uma agenda diversa, por oficinas de games, cultura maker – desde manuseio com máquinas de corte a laser a impressão 3D – e do sistema de áudio imersivo Dolby Atmos com Clement Zular. A programação se estende ao longo do mês. Confira as datas e horários no site das Fábricas de Cultura. 

A partir de 1/11,estará aberta a exposição Brasilidades Nossas, organizada pelo Núcleo de Moda das Fábricas de Cultura, com croquis e peças criadas, por meio de customização, pelos aprendizes do projeto para o desfile junino de mesmo nome realizado em junho deste ano. A turma buscou inspiração na estética nacional das pequenas coisas do dia a dia, partindo do olhar para o que é o Brasil e suas tradições. As peças ficarão expostas nas Fábricas de Cultura Jaçanã, Vila Nova Cachoeirinha, Brasilândia, Osasco e Jardim São Luís até o dia 30/11. 

Outra exposição é Rap em Quadrinhos, realizada pelo ilustrador Wagner Loud junto com o youtuber Løad Comics, aberta para visitação na Fábrica de Cultura Osasco a partir do dia 7/11. As ilustrações colocam personalidades negras como super-heróis populares, entre eles, Emicida se tornando Miles Morales, o Homem-Aranha, e Negra Li como Tempestade. No dia 9, às 19h, os idealizadores da mostra de HQs estarão na unidade para um bate-papo sobre as curiosidades e processos de criação em torno das obras.

Gratuito, mais informações Fábricas de Cultura 

SP Escola de Teatro – Cursos gratuitos de atuação, cenografia e muito mais

A SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco, instituição da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Governo de São Paulo, está com inscrições abertas para o processo seletivo 2024/1, referente às turmas que iniciam no primeiro semestre de 2024. São 77 novas vagas em oito cursos técnicos com dois anos de duração cada, nos períodos matutino e vespertino, sendo as linhas de estudo: Atuação, Cenografia e Figurino, Direção, Dramaturgia, Humor, Iluminação, Sonoplastia, e Técnicas de Palco. As aulas são gratuitas. 

O prazo para se inscrever vai até 9/11, às 17h, exclusivamente pela internet, pelo site da Fundatec: Confira o edital completo aqui, com detalhamentos, instruções, regras, prazos e cronogramas.

Gratuito, mais informações SP Escola de Teatro 

Museu do Futebol – Concurso de fotografia com prêmios 

Para você que tem a fotografia como hobby ou atividade profissional e é apaixonado pelo esporte, o Museu do Futebol apresenta uma novidade: estão abertas as inscrições para o 1º Concurso de Fotografia do Museu. O concurso tem o objetivo de premiar até vinte fotografias que retratem práticas do futebol no Brasil, dentro do tema escolhido para o ano, Brincar de Futebol, que faz alusão à nova mostra temporária, a Futebol de Brinquedo. 

Serão até 20 fotografias selecionadas, com prêmios de R$ 1.500 para o primeiro lugar; R$ 1.000 para o segundo; R$ 800 para o terceiro; e R$ 500 do quarto ao 20º. Além disso, as fotografias poderão ser utilizadas em exposição virtual do Museu do Futebol. 

E ainda, o Museu do Futebol se despede de sua atual exposição principal neste fim de semana e, para comemorar com o público, terá entrada gratuita para todas as pessoas no sábado e no domingo (4 e 5/11). Basta chegar na bilheteria e retirar o ingresso das 9h às 17h – com permanência permitida até as 18h. A exposição principal será reformulada para ganhar novos conteúdos e experiências, com previsão de reabertura em 2024 – muito mais divertida, inclusiva e diversa. 

Concurso de fotografia com prêmios – As inscrições ficam abertas até 30 de novembro e devem ser feitas exclusivamente por meio do formulário eletrônico disponível aqui. Todas as regras do concurso estão disponíveis no edital e documentos anexos, disponíveis nesta página

Museu da Língua Portuguesa – Estação Famílias – Mancala 

No Museu da Língua Portuguesa, em 11/1, das 11h às 12h, haverá a apresentação do projeto Samba da Madrinha Eunice: linguagem e memória de mulheres negras, que promoverá uma roda de samba com a artista Kennya Macedo e a participação de Rose Marcondes, neta de Madrinha Eunice, e o sociólogo Tadeu Kaçula. 

O Núcleo Educativo do Museu da Língua Portuguesa convida os visitantes a aprender a brincar de Mancala, que faz parte da família de jogos de tabuleiro africanos, no Estação Famílias, no dia 12/11 (domingo), das 10h30 às 12h30. Na Mancala, os jogadores devem coletar o máximo de sementes de seu oponente. Gratuita, esta ação vai acontecer no Saguão B do Museu. 

Dia 11 de novembro, das 11h às 12h, no Pátio B do Museu da Língua Portuguesa

Dia 12 de novembro (domingo), das 10h30 às 12h30, no Saguão B do Museu da Língua Portuguesa, Inteira – R$ 20,00; Meia-entrada – R$ 10,00; Grátis aos sábados, Obs: No Saguão B, as atividades são sempre gratuitas, pois não é preciso entrar no Museu para participar, mais informações Museu da Língua Portuguesa 

São Paulo Companhia de Dança nas Fábricas de Cultura 

A SPCD – São Paulo Companhia de Dança apresenta as obras de seu repertório em algumas unidades das Fábricas de Cultura na cidade de São Paulo. As sessões gratuitas acontecem sempre às 14h dos dias: 9 de novembro, quinta-feira, na Vila Curuçá, 24 de novembro, sexta-feira, na unidade Sapopemba e 30 de novembro, quinta-feira, no Itaim Paulista. No palco, obras clássicas e contemporâneas que revelam a diversidade do repertório da Companhia e celebram os 15 anos de história, recém-completados. 

O repertório para a Fábrica de Cultura Vila Curuçá (9 de novembro, quinta-feira, às 14h) conta com as obras Cartas de Amor (SPED), Grand Pas de Deux de Dom Quixote, Instante e Veias Abertas.

Mais informações SPCD e Fabrica de Cultura 

Festival de Circo SP, em Piracicaba

O Ministério da Cultura e o Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas, apresenta o Festival de Circo SP, em parceria com a Prefeitura de Piracicaba e com gestão e produção da Associação Paulista dos Amigos da Arte. O evento acontece de 9 a 12 de novembro (quinta a domingo) em Piracicaba, com entrada gratuita. 

A programação do Festival de Circo SP foi feita a partir de um chamamento artístico e conta com 50 atrações divididas em espaços no Engenho Central: as lonas Arrelia, Pimentinha e Piolin, além do Palco Figurinha, Teatro Erotídes de Campos e intervenções circenses que animam o público nas áreas externas. 

A 16ª edição do evento apresenta grandes expoentes do circo tradicional e também do contemporâneo, com atrações abertas a todo o público e sessões reservadas para alunos da escola da região, que têm como objetivo oferecer acesso cultural às crianças e mostrar a elas desde cedo a importância do circo e da cultura, de modo mais abrangente.

Programação gratuita, mais informações 

Museu das Culturas Indígenas – Seminários, debates, lançamentos 

Em novembro, o MCI – Museu das Culturas Indígenas realiza uma programação gratuita e diversificada que suscita reflexões sobre direito ao território, saúde e patrimônio cultural. A agenda prevê seminários, debates, encontros online e celebrações que narram a diversidade dos povos originários. O MCI é uma instituição da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Estado de São Paulo, gerida pela ACAM Portinari (Associação Cultural de Apoio ao Museu Casa de Portinari), em parceria com o Instituto Maracá e o Conselho Indígena Aty Mirim. 

Em parceria com a Escola da Cidade e apoio do Centro de Preservação Cultural da Universidade de São Paulo (CPC-USP | Casa de Dona Yayá), o MCI participa do seminário Patrimônio cultural indígena em debate, com a mesa Perspectivas desde a Mata Atlântica, em 09/11 às 18h30. Em 10/11, às 10h e às 14h, o MCI recebe o lançamento do livro dramatúrgico Mar À Vista – Ma’é Yyramoī, da autora Luz Bárbara, da etnia Kariri. Em 11/11, o Território Indígena do Jaraguá celebra o Dia da Beleza Indígena. A comunidade estará em festa com danças, comidas típicas, coral, feira de artes, demonstração de arco e flecha, pintura corporal e desfile com vestimentas tradicionais. 

Entrada gratuita em todas as atividades, ingressos e programação completa disponível no site 

MIV – Museu Histórico e Pedagógico Índia Vanuíre – Cultura indígena 

A programação do MIV – Museu Histórico e Pedagógico Índia Vanuíre, em Tupã, promete muito aprendizado e reflexão sobre a riqueza das culturas indígenas. Uma das ações que reforçam o propósito da instituição de respeitar e valorizar o esforço de comunidades indígenas de todo o país é o projeto Saberes e Fazeres Indígenas. Por meio dele, o Museu Índia Vanuíre promove um diálogo mensal entre um indígena e o público do Museu. O convidado de novembro é o morador da Terra Indígena Vanuíre, Krenak Rodrigo, em 03/11, às 9h. Já a Oficina de Artesanato Indígena é com a artesã e também indígena Rosenilda Dokenkri, que apresenta um pouco da cultura Krenak e suas técnicas tradicionais. Os visitantes podem criar suas próprias peças em 08/11, às 9h e às 14h. 

A ação lúdica e reflexiva Família no Museu aos fins de semana de novembro, sempre às 10h, destaca o jogo Roleta do Saber, uma iniciativa que destaca o conhecimento e a valorização da cultura indígena. Enquanto o Aguçando Memórias, projeto elaborado para os idosos com o objetivo de reconhecê-los como cidadãos ativos e valiosos produtores de cultura, realiza dois encontros, em 07 e 30/11, às 15h. No primeiro, o grupo participa de uma atividade sobre a cultura africana, envolvendo a confecção de bonecas com a oficineira Marlene e a utilização de materiais como jornal, papelão, tinta, cola, rendas, fitas e retalhos de tecido. Outro programa que tem o compromisso de divulgar questões relacionadas aos povos indígenas é o Cultura e Questões Indígenas em Foco, que em novembro exibe o vídeo ‘Olhar Indígena’, de Daniel Munduruku, em 24/11, às 9h. O filme aborda o uso da palavra índio e coloca as populações indígenas em rota de colisão com a sociedade brasileira. 

Grátis, Museu H. P. Índia Vanuíre, terças, quartas, sextas, sábados e domingos, das 09h às 18h; quintas, das 9h às 20h, rua Coroados, 521, Centro, Tupã – SP, mais informações 

Conservatório de Tatuí – Festival Latino-Americano de Bandas 

O Conservatório de Tatuí anuncia programação cultural no mês de novembro. As atrações variam entre música, teatro, master classes, oficinas, além de sessões gratuitas de cinema. Entre os destaques, estão a primeira edição do Festival Latino-Americano de Bandas do Conservatório de Tatuí, a conferência internacional Yam Session, uma celebração da música e cultura jovem, a segunda parte da Mostra de Artes Cênicas 2023, a Semana de Música de Câmara do Conservatório de Tatuí e a audição final do 2º Concurso de Canto Lírico Joaquina Lapinha, iniciativa destinada à solistas pretos(as), pardos(as) e indígenas. Para apresentações realizadas no Teatro Procópio Ferreira, os ingressos podem ser retirados pela internet na plataforma INTI ou na bilheteria do teatro, de terça a sexta-feira, das 13h às 16h e das 17h às 20h.

Entre os dias 01 e 05 de novembro, em parceria com a VISA, a Sustenidos Organização Social de Cultura realizará a primeira edição do Festival Latino-Americano de Bandas do Conservatório de Tatuí. O evento oferece uma imersão cultural sul-americana por meio de vivências junto a bandas, maestros e artistas educadores da Argentina, Bolívia, Colômbia e Brasil. A programação inclui palestras, oficinas, ensaios entre os grupos e concertos ao final do dia. O festival é aberto aos inscritos para participarem de palestras e oficinas. Já os concertos, que acontecerão no Teatro Procópio Ferreira e na Concha Acústica de Tatuí, serão abertos ao público geral. 

Entre os dias 06 e 10 de novembro, o público poderá desfrutar de espetáculos e atividades que celebram a criatividade de estudantes e docentes da instituição com a segunda parte da Mostra de Artes Cênicas do Conservatório de Tatuí. A mostra será apresentada em diversos espaços, tais como o Teatro Procópio Ferreira, Auditório da Unidade 2, Setor de Artes Cênicas, Sala de Cenografia, EMEF “Professor Accácio Vieira de Camargo”, CEU das Artes de Tatuí e Praça do Museu Histórico Paulo Setúbal. Todos os espetáculos têm entrada gratuita. 

Já do dia 08 a 10, o Conservatório de Tatuí recebe o Yam Session, uma celebração vibrante da música e da cultura jovem. A programação também traz concertos gratuitos dos Grupos Artísticos da Instituição.

Programação gratuita, confira a agenda Cultural do Conservatório de Tatuíingressos 

Theatro São Pedro – 100 anos de Maria Callas e Victória de Los Angeles 

O Theatro São Pedro, na Barra Funda, em São Paulo, realizará dois concertos em homenagem às sopranos Maria Callas, de origem greco-americana, e Victória de Los Angeles, nascida em Barcelona, fariam 100 anos em 2023. As apresentações acontecerão em 04 e 05 de novembro, com a Orquestra do Theatro São Pedro tendo a parceria da CIA São Paulo de Ópera, e participações da soprano Maria Gerk e do tenor Daniel Umbelino, sob regência do maestro Flávio Lago, trazendo obras de Vincenzo Bellini (1801-1835) e Jules Massenet (1842-1912). O concerto do dia 04 de novembro, sábado, às 20h, terá também transmissão ao vivo pelo canal de YouTube do Theatro São Pedro. 

04 de novembro, sábado, 20h e 05 de novembro, domingo, 17h, Theatro São Pedro (Rua Barra Funda, 171 – Barra Funda, São Paulo/SP, R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia), no site

Compartilhar:

  • Data: 02/11/2023 01:11
  • Alterado: 02/11/2023 01:11
  • Autor: Redação
  • Fonte: Cultura SP









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados