Brasil - Mundo Política

Quem é Fito: líder de facção criminosa está foragido no Equador

Fuga do líder de um dos maiores grupos criminosos do Equador desencadeou crise de segurança pública no país

  • Data: 10/01/2024 17:01
  • Alterado: 10/01/2024 17:01
  • Autor: Rodilei Morais
  • Fonte: ABCdoABC
103940714-handout-picture-released-by-the-ecuadorean-armed-forces-taken-during-a-joint-operation

José Adolfo Macías Villamar, o "Fito", sendo transferido de prisão em 2023

Crédito:Reprodução/Forças Armadas do Equador

Há dois dias em estado de exceção e com Conflito Armado Interno declarado no Equador, autoridades do país sul-americano buscam capturar José Adolfo Macías Villamar, conhecido como Fito, líder da maior facção criminosa equatoriana. Na noite de domingo (07), o chefe dos Los Choneros escapou da penitenciária em que cumpria uma pena de 34 anos em Guayaquil, cidade na costa oeste do continente.

Desde o final de semana, a polícia e as forças armadas do Equador mobilizaram mais de 3.000 homens nas buscas por Fito, que segue desaparecido. No meio tempo, o país descendeu em uma crise de segurança pública: mais de 20 facções estão agindo no território, de acordo com a polícia local.  Nestes dois dias, civis e militares foram sequestrados, detentos entraram em rebelião e as organizações — apontadas como terroristas — têm realizado ataques com explosivos nas ruas.

O grupo liderado por Fito é um dos maiores do país, atuando no tráfico internacional de drogas — em especial, de cocaína — em associação com cartéis da Colômbia e do México. O criminoso também foi um dos suspeitos de ordenar o assassinato de Fernando Villavicencio, candidato à presidência do Equador nas eleições de agosto de 2023. Esta acusação motivou sua transferência para a prisão de segurança máxima conhecida como La Roca.

Crise no sistema carcerário do Equador

Posteriormente, a decisão foi revertida e Fito retornou à Regional, prisão de onde comandava Los Choneros — e vivia, na verdade, com muitos luxos. Desafiando o governo e afirmando sua dominação sobre o sistema prisional, o criminoso apareceu no videoclipe de um “narcocorrido,” em setembro de 2023. Na gravação, uma dupla de cantores e a filha de Fito cantam uma música exaltando seus feitos. O próprio detento aparece em takes feitos dentro da cadeia, exibindo jóias, acariciando um galo de briga e rindo.

Fito desafia autoridades do Equador com clipe gravado na prisão
Fito desafia autoridades do Equador com clipe gravado na prisão (Imagem: Reprodução/YouTube)

O feito foi sintomático de uma crise carcerária que já dura anos no país. Entre rebeliões, massacres policiais e conflitos de facções, os poderes paralelos têm colocado em xeque os oficiais. Desde 2021, o Equador havia decretado o estado de exceção por três vezes, todas sob a administração do ex-presidente Guillermo Lasso.

Fito ascendeu como líder de Los Choneros após a morte de Jorge Luis Zambrano, o Rasquiña, em 2020. Ainda não está claro para as autoridades como o criminoso conseguiu escapar do presídio. Diego Poma, juiz responsável por reverter a transferência de Fito a La Roca, foi afastado de seu cargo nesta quarta-feira (10).

Compartilhar:

  • Data: 10/01/2024 05:01
  • Alterado: 10/01/2024 05:01
  • Rodilei Morais
  • ABCdoABC









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados