São Paulo Acontece

Projeto em Guaratinguetá impulsiona empreendedorismo feminino sustentável

Desenvolvido pela plataforma Nobis com patrocínio da BASF e apoio da Prefeitura de Guaratinguetá, iniciativa premia participantes com capital semente para investirem em seus negócios

  • Data: 07/11/2023 15:11
  • Alterado: 07/11/2023 15:11
  • Autor: Redação
  • Fonte: Nobis
evento

Projeto Empreendedorismo Sustentável, parceria entre Plataforma Nobis, BASF e Prefeitura de Guaratinguetá, forma mulheres para empreendedorismo, impactando a economia da comunidade.

Crédito:Divulgação

O projeto Empreendedorismo Feminino Sustentável, uma parceria entre a BASF, a prefeitura de Guaratinguetá (SP) por meio das Secretarias de Educação e da Mulher, e a Plataforma Nobis, com o desenvolvimento, implantação e monitoramento do impacto socioambiental, teve sua cerimônia de certificação e premiação dos projetos com doações de Capital Semente em outubro, no Auditório da Secretaria de Educação Professora Maria Augusta­.

O projeto trabalhou com a qualificação profissional de 60 mulheres, entre 20 e 65 anos, residentes em comunidades periféricas de Guaratinguetá e em situação de desemprego ou empreendedorismo informal. O investimento feito na iniciativa vai além da profissionalização dos negócios dessas mulheres, uma vez que ele tem potencial de expansão na medida em que se reverbera impacto para aproximadamente 300 pessoas, compreendendo suas famílias e comunidades.

Elas passaram por uma formação multidisciplinar onde aprenderam a navegar no ambiente digital e a utilizar ferramentas em prol do negócio, além de passar por cursos voltados à gestão de negócio, liderança feminina, gestão financeira e economia circular.

Empreendedoras com projetos de negócios mais maduros também passaram por um mentoria para reestruturar seus planejamentos estratégicos. Além disso, os 10 projetos com as melhores notas, envolvendo ­estrutura financeira, estratégia e desenvolvimento de mercado recebem R$ 1.300 como Capital Semente. “O apoio financeiro ao empreendedorismo feminino é fundamental, visto que, capacitadas, essas mulheres conseguem absorver não apenas o Capital Semente, mas também se preparam para crescer a partir de estratégias viáveis e acesso ao microcrédito com mais segurança e confiança no próprio potencial e em seus negócios”, ressalta Claudia Coser, CEO da Plataforma Nobis.

No evento, Patrick Silva, diretor do Complexo Químico da BASF, recebeu o Selo de Materialidade de Investimento Social Privado Impacto em reconhecimento aos esforços da companhia. “Iniciativas como essa fornecem acesso à mentorias e recursos necessários que auxiliam essas mulheres a desenvolverem suas habilidades empreendedoras e a criar ou expandir seus negócios. Isso não apenas eleva o status econômico e social delas, mas também fortalece as bases das comunidades em que estão inseridas. À medida que mais mulheres empreendedoras se destacam, a diversidade de ideias e abordagens no mercado aumenta, enriquecendo a inovação e o crescimento econômico”, declara Patrick.

Além de Patrick Silva, na cerimônia também estiveram presentes o prefeito de Guaratinguetá Marcus Soliva; Elisabeth Sampaio, secretária de Educação; Simone Oliveira, secretária da Mulher; Ariane Teixeira Lima Canellas, gerente regional do Sebrae; Miguel Sampaio, presidente da SAEG; e Ivania Palmeira, consultora de Sustentabilidade da BASF.

Na próxima fase do projeto, a Plataforma Nobis trabalhará com a articulação e potencialização da atividade econômica das mulheres para que estabeleçam seus negócios e possam crescer continuamente a partir de conexões intersetoriais. Ou seja, elas não estarão sozinhas – o setor público, privado, bem como as entidades e autarquias estarão acionados para que o desenvolvimento sustentável aconteça também a partir do empreendedorismo feminino. A presença digital será o principal meio para que isso aconteça”, completa Claudia Coser.

Sobre a Plataforma Nobis: Atua na implementação de práticas ESG (princípios de meio ambiente, social e governança) em empresas de médio a grande porte, a exemplo da BASF e da Cargill. Conta com uma rede de mais de 60 especialistas responsáveis por gerar impacto ESG, prestando serviços que vão desde a implementação de projetos socioambientais, passando pela comunicação adequada para social branding, certificação dos investimentos em impacto e consequente expertise (how-to-do) e autoridade para palestras, treinamentos, implementação e incorporação de projetos permanentes, formas de investimento privado, comunicação e certificação de ações ESG. É signatária do Pacto Global desde 2020 e comprometida com os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) nos projetos que desenvolve, contando com a carta de Recomendação dos Escritórios das Nações Unidas de Serviços para Projetos (UNOPS). É reconhecidamente sustentável e inovadora, sendo finalista do prêmio “Empresa Inovadora em Sustentabilidade”, organizada pela FIEP/SESI. Acesse a plataforma.

Sobre a BASF

Na BASF, criamos química para um futuro sustentável. Combinamos sucesso econômico com proteção ambiental e responsabilidade social. Mais de 111 mil colaboradores e colaboradoras do Grupo BASF contribuem para o sucesso de nossos clientes em quase todos os setores e em quase todos os países do mundo. Nosso portfólio é composto por seis segmentos: Produtos Químicos, Materiais, Soluções Industriais, Tecnologias de Superfície, Nutrição & Cuidados e Soluções Agrícolas. A BASF gerou vendas de € 87,3 bilhões em 2022. As ações da BASF são negociadas na bolsa de valores de Frankfurt (BAS) e como American Depositary Receipts (BASFY) nos Estados Unidos. Mais informações em https://www.basf.com/br/pt.html

Compartilhar:



  • Data: 07/11/2023 03:11
  • Alterado: 07/11/2023 03:11
  • Redação
  • Nobis







Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados