Brasil - Mundo Futebol

Ponte Preta perde pênalti e Goiás vence a primeira na Série B

O duelo começou equilibrado, com chances para os dois lados, mas sem levar muito perigo ao gol adversário

  • Data: 29/04/2024 09:04
  • Alterado: 29/04/2024 09:04
  • Autor: RedaçãoABCdoABC
  • Fonte: Estadão Conteúdo
jogo1

Ponte Preta perde pênalti e Goiás vence a primeira na Série B

Crédito:Reprodução - Rosiron Rodrigues/Goiás E.C

A Ponte Preta continua sem vencer na Série B do Campeonato Brasileiro. Neste domingo, foi presa fácil para o Goiás, que desencantou no estádio Hailé Pinheiro, em Goiânia (GO), e venceu por 3 a 0. Antes dos gols, os visitantes tiveram a chance de sair na frente, mas Jeh desperdiçou um pênalti, defendido por Tadeu.

O Goiás, que havia empatado por 1 a 1 com o Ceará, fora de casa, foi aos quatro pontos e está no pelotão intermediário na tabela. Santos, Sport, Chapecoense e Operário-PR já têm seis pontos. A Ponte Preta tem apenas um ponto, porque empatou na estreia por 1 a 1 com o Coritiba.

O duelo começou equilibrado, com chances para os dois lados, mas sem levar muito perigo ao gol adversário. Até que, aos 19 minutos, Jeh foi lançado em profundidade e quando foi chutar, acabou levando um empurrão por trás do zagueiro. Ligado no lance, o árbitro marcou pênalti. O próprio atacante foi para a cobrança, mas bateu mal e Tadeu fez a defesa.

A resposta do Goiás veio aos 31 minutos, abrindo o placar. Rafael Gava cruzou, a zaga bobeou e Marcão Silva apareceu na segunda trave para escorar para o fundo da rede. Nos minutos finais, o duelo seguiu movimentado, mas foi para o intervalo com a vitória parcial dos donos da casa.

No segundo tempo, o Goiás sacramentou a vitória com dois gols em menos de 30 minutos. Em mais uma bola alçada na área, aos 16, Rafael Gava bateu falta na área e Edson apareceu entre os zagueiros para cabecear para o gol.

Aos 27, Thiago Galhardo lançou Marcão Silva na área e ele bateu cruzado. No primeiro momento, o goleiro da Ponte Preta fez a defesa, mas no rebote, Breno Herculano só completou para o gol aberto. A partir daí, o Goiás controlou a vitória.

Os dois times voltam a campo no próximo final de semana para a disputa da terceira rodada da Série B. No domingo, dia 5 de maio, o Goiás visita o Brusque, no estádio Hercílio Luz, em Itajaí (SC). Já na segunda-feira, a Ponte Preta recebe o Amazonas, às 20h, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)

FICHA TÉCNICA:

GOIÁS 3 X 0 PONTE PRETA

GOIÁS – Tadeu; Lucas Ribeiro, Edson (Yan Souto) e David Braz; Diego, Marcão Silva, Rafael Gava (Welligton) e Sander; Thiago Galhardo (Pedrinho), Paulo Baya (Breno Herculano) e Welliton (Iván Torres). Técnico: Márcio Zanardi.

PONTE PRETA – Pedro Rocha; Haquín, Joílson, Sérgio Raphael e Luiz Felipe; Dudu Vieira, Emerson Santos (Emerson), Dodô (Zé Mário) e Gabriel Risso; Matheus Régis e Jeh (Iago Dias). Técnico: João Brigatti.

GOLS – Marcão Silva, aos 31 minutos do primeiro tempo. Edson, aos 16, e Breno Herculano, aos 27 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Edson e Iván Torres (Goiás); Haquín, Joílson, Jeh, Matheus Régis,Sérgio Raphael e Zé Mario (Ponte Preta).

ÁRBITRO – Paulo José Souza Mourão (MA).

RENDA – R$ 127.975,00.

PÚBLICO – 6.784 torcedores.

LOCAL – Estádio Hailé Pinheiro, em Goiânia (GO).

Compartilhar:

  • Data: 29/04/2024 09:04
  • Alterado: 29/04/2024 09:04
  • Autor: RedaçãoABCdoABC
  • Fonte: Estadão Conteúdo









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados