São Paulo Saúde

‘Papo de Buteco’ leva informação e cuidados aos homens em bares da capital paulista

Em ambiente descontraído, equipes de saúde buscam promover ações de saúde e conscientização junto ao público masculino

  • Data: 04/12/2023 20:12
  • Alterado: 04/12/2023 20:12
  • Autor: Redação
  • Fonte: Prefeitura de São Paulo
papo-de-buteco

Papo de Buteco

Crédito:Divulgação/SMS

Já imaginou sentar-se numa mesa de bar para falar sobre doenças e exames de rotina? Uma ideia pouco provável, já que esse é um lugar para bater papo, ou seja, jogar conversa fora, se descontrair e divertir. E se for para pronunciar a palavra ‘saúde’, será para brindar com os amigos. No entanto, em São Paulo, esse tipo de ambiente tornou-se um cenário perfeito para a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) promover o projeto ‘Papo de Buteco’, reunindo o público masculino para conscientizá-lo sobre o autocuidado, prevenção e qualidade de vida.

Dentro desta proposta, mensalmente uma equipe multiprofissional da Unidade Básica de Saúde (UBS) Vila Santa Maria, na zona norte, busca alertar os homens do seu território a terem um olhar atento para o próprio bem-estar físico e mental. O trabalho acontece em um dos três bares da região que são parceiros da proposta, e conta com o suporte de agentes comunitários, auxiliar de enfermagem, farmacêutica, agente de promoção ambiental (APA), médica e enfermeira.

“O nosso objetivo é ir ao encontro do paciente com uma estrutura que o oriente, ofereça testes rápidos, tire dúvidas e, conforme o caso, o encaminhe à UBS de referência. Tudo isso dentro do ambiente descontraído de um bar”, explica a enfermeira Mabel Marlene Carrillo Quisbert, que participa da proposta desde 2019, após um período suspenso durante a pandemia de Covid-19, e tem contribuído para alertar os homens que, histórica e culturalmente, procuram atendimento médico com menos frequência, e, em muitos casos, com doenças em estágio avançado.

De acordo com Priscilla Silva Borges, gerente da unidade, o resultado tem sido positivo, com a adesão do público e consequente direcionamento aos serviços de saúde. “Na UBS Vila Santa Maria, os pacientes são, na maioria, do sexo feminino, idosos e com doenças crônicas. Ao entrarmos nos bares, num ambiente frequentado pela população masculina, conseguimos falar de temas importantes num ambiente que os agrada, atingindo outras faixas etárias. Precisamos estar inseridos na comunidade para termos essa adesão mais ampla”, avalia a profissional.

UBS mantém atividade junto a três bares da região

A equipe da UBS Vila Santa Maria promove o ‘Papo de Buteco’ sempre na manhã da última quinta-feira do mês. Em novembro, foi a vez do Bar do Caneca, localizado no bairro de Vila Prado. Logo na entrada do estabelecimento, cadeiras foram dispostas em fileiras, formando uma pequena plateia, para acomodar o público. Duas mesas foram montadas para o atendimento da equipe. Ao invés de bebidas alcoólicas, bolachas e café recepcionaram os presentes.

A ação, dividida em atividades coletivas (palestra, orientação física e testes rápidos de sífilis, hepatites e HIV) e atendimento médico individualizado, reuniu cerca de 20 participantes de diferentes idades. Ulisses de Melo Dias, que faz parte da equipe do Bar do Caneca, avalia que o apoio à iniciativa vai além dos benefícios aos frequentadores. “Eu também participo das ações de prevenção, realizo os testes rápidos e me conscientizo sobre a importância do autocuidado com a saúde. Que esse trabalho vire rotina e as pessoas possam criar o hábito de cuidar do corpo e da mente, assim como eu”.

Apesar do foco ser o público masculino, a ação também contou com a presença de mulheres da comunidade, caso da aposentada Neide de Oliveira Gonçalves, de 68 anos. “Os agentes comunitários sempre me convidam para participar. Acho importante esse contato e proximidade entre a equipe e moradores. Sou hipertensa, tenho colesterol alto e apesar de ser acompanhada na UBS, nesses encontros eu aproveito para aferir a pressão e conversar com os profissionais”, conta.

Projeto atrai diferentes gerações

O aposentado Amauri dos Santos, 67 anos, já é frequentador do projeto. Aos poucos, diz que tem mudado a consciência sobre a importância de realizar exames preventivos com regularidade, ir ao médico e cuidar mais de sua saúde. “Como sou hipertenso, tenho estado mais alerta e cuidadoso. Essa atenção é importante não só para o autocuidado e mudança de consciência, mas também para se informar sobre temas importantes”, reforça Santos.

Pela primeira vez no ‘Papo de Buteco’, o jovem Diego da Silva Barbosa, 20 anos, estava trabalhando na rua próxima ao bar quando foi convidado pelos agentes comunitários, junto aos seus colegas, para participar do encontro. Categórico, explica que não tem o hábito de ir ao médico e nem de realizar exames preventivos, mesmo morando próximo à UBS Vila Santa Maria.

“Tenho zero cuidado com a saúde. Quando sinto alguma dor, por exemplo, acabo me automedicando, o que é totalmente errado. Mas, ouvindo os profissionais, pude refletir sobre a importância da alimentação saudável, do sexo seguro e da atividade física em nosso dia a dia. Às vezes, a falta de informação nos deixa indiferentes com algumas questões, mas vir aqui foi importante para me conscientizar.”

Na capital, além da zona norte, UBSs localizadas nas zonas oeste e sul também promovem o ‘Papo de Buteco’ para tratar de temas como saúde do coração, insônia, planejamento familiar e saúde mental. Aberto ao público em geral, podem participar interessados de outras regiões.

Compartilhar:

  • Data: 04/12/2023 08:12
  • Alterado: 04/12/2023 08:12
  • Redação
  • Prefeitura de São Paulo









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados