Brasil - Mundo Cultura

Pai de Amy Winehouse processa amigas da cantora em R$ 4,5 milhões

Mitch Winehouse, administrador do patrimônio da cantora, entrou com uma ação no Tribunal Superior de Londres contra Naomi Parry e Catriona Gourlay.

  • Data: 23/12/2023 17:12
  • Alterado: 23/12/2023 17:12
  • Autor: Redação ABCdoABC
  • Fonte: FOLHAPRESS
pai-amy-

Crédito:Divulgação

O pai de Amy Winehouse, Mitch, está processando duas amigas de sua filha em mais de 730 mil libras (cerca de R$ 4,5 milhões) porque elas teriam lucrado com a venda dos bens pessoais da cantora em um leilão. As informações são de documentos obtidos pelo jornal britânico Daily Mail.

Mitch Winehouse, administrador do patrimônio da cantora, entrou com uma ação no Tribunal Superior de Londres contra Naomi Parry e Catriona Gourlay. De acordo com o documento do tribunal, ele alega que as duas enviaram “vários itens de propriedade pessoal de Amy durante sua vida” para dois leilões, um em 2021 e outro este ano.

Ele alega também que, ao colocar os itens à venda “em seus próprios nomes e em seu próprio benefício”, as mulheres “converteram” a propriedade da falecida artista “para seu próprio uso”.

O pai de Amy reinvindica 534 mil libras (cerca de R$ 2,3 milhões) de Parry, que, além de amiga, foi estilista da cantora, e 198 mil libras (cerca de R$ 1,2 milhão) de Gourlay.

Um comunicado emitido pela primeira vez por um porta-voz do Patrimônio de Amy Winehouse em novembro disse: “Em 2021, o espólio de Amy leiloou itens de sua vida e carreira, com 30% dos lucros indo para a Fundação Amy Winehouse. Dois indivíduos venderam vários itens nesse leilão e mantiveram os lucros: os itens eram todos relacionados a Amy. Este ano, eles colocaram mais itens relacionados a Amy à venda e, juntos, os dois leilões geraram somas de seis dígitos para cada um deles.”

“O patrimônio questionou como esses itens chegaram a eles e não obteve respostas satisfatórias. Portanto, o patrimônio iniciou um processo legal para esclarecer a situação. A Fundação Amy Winehouse se beneficiará diretamente se os valores forem recuperados de qualquer um dos réus”, diz ainda o pronunciamento.

Amy Winehouse morreu em 2011, aos 27 anos. Após investigações, a causa de sua morte foi revelada como acidental por intoxicação alcoólica. Ela completaria 40 anos em 14 de setembro de 2023.

Compartilhar:

  • Data: 23/12/2023 05:12
  • Alterado: 23/12/2023 05:12
  • Autor: Redação ABCdoABC
  • Fonte: FOLHAPRESS









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados