São Paulo Economia

Mutirão previdenciário da OAB SP resgata R$5 milhões em atrasados em 2023

Com sucesso das duas edições reunidas, projeto criado em parceria com Procuradoria Regional Federal será permanente

  • Data: 30/11/2023 14:11
  • Alterado: 30/11/2023 14:11
  • Autor: Redação
  • Fonte: OAB SP
Apenas cinco estados terão voto remoto nas eleições da OAB

Crédito:José Luis da Conceição/OAB/SP

Nesta quarta-feira (29), foram protocolados os acordos do segundo Mutirão Previdenciário. O projeto é uma iniciativa da OAB SP (Ordem dos Advogados do Brasil secional São Paulo), por meio de sua Comissão de Direito Previdenciário, em parceria com a Procuradoria Regional Federal (PRF). Somando as duas edições, a equipe comemorou o valor aproximado de R$5 milhões em pagamentos de atrasados em 2023.

Desta vez, foram 95 acordos protocolados, que somam aproximadamente R$3 milhões. No lançamento do projeto, em outubro, 52 acordos somaram perto de R$1 milhão. Ao calcular as ações ilíquidas (ainda não calculadas), o valor de todo o mutirão ao longo deste ano chegará aos R$5 milhões. 

Os tipos de ações mais requisitadas foram de pensões por morte, aposentadoria rural e de salário-maternidade. A maior parte veio de regiões rurais. “São processos que levariam de dois a três anos para serem solucionados. O caso mais antigo datava de 2012, a pessoa morreu e o pagamento será feito aos herdeiros”, conta o procurador federal Leonardo Xexéo. Os processos que não são solucionados seguem seu curso normal. 

Sorocaba foi o município que mais teve inscrição de processos nesta edição. “Fizemos uma ação presencial na cidade, o que ajudou na divulgação do projeto. Nosso alvo é ampliar o conhecimento sobre o mutirão em locais onde a justiça está mais sobrecarregada”, afirma Adriane Bramante, presidente da Comissão de Direito Previdenciário da OAB SP. 

Outro exemplo é a cidade de Catanduva. “Devido à distância da capital, não tivemos oportunidade de fazer uma viagem de campanha, mas a cidade está nos planos de ação de 2024”, explica Bramante. 

A equipe que analisou os processos conta que ainda chegam muitos pedidos com documentação errada ou fora dos requisitos mínimos exigidos. Esse é o desafio para fazer com que o número de acordos bem-sucedidos aumente a cada novo mutirão. 

“Todos recebem resposta positiva ou negativa e o porquê de seu pedido ter sido negado. Além disso, a cada edição, vamos aperfeiçoar a lista de requisitos como também as instruções que devem ser seguidas pelos advogados interessados”, afirma a presidente da Comissão.

Dados dos mutirões:

1ª edição:

129 processos recebidos

74 elegíveis

52 acordos fechados

2ª edição:

253 processos recebidos

178 elegíveis

95 acordos fechados

Futuro do mutirão

O Mutirão Previdenciário promovido pela OAB SP e a PRF atende todo o Estado de São Paulo. Ele nasceu com o objetivo de reduzir a fila agravada pela enorme demanda de audiências sobre o tema. Com o sucesso das duas primeiras edições de 2023, o projeto foi firmado como permanente.

A equipe envolvida no projeto está estudando as melhores datas para as próximas edições, mas a próxima deve ocorrer no primeiro semestre de 2024.

Compartilhar:

  • Data: 30/11/2023 02:11
  • Alterado: 30/11/2023 02:11
  • Redação
  • OAB SP









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados