Mulher húngara diz ter filha de 10 anos com Neymar e pede pensão de R$ 160 mil

Caso pedido de advogado seja acatado por juiz, atleta pode ser obrigado a realizar teste de DNA; equipe de Neymar preferiu não se manifestar sobre o assunto

  • Data: 30/01/2024 12:01
  • Alterado: 30/01/2024 12:01
  • Autor: Redação
  • Fonte: Estadão Conteúdo
filha-neymar

Gabriella Gaspar e Neymar Jr

Crédito:Reprodução/Instagram

Você está em:

Uma mulher húngara entrou com uma ação contra Neymar alegando ter uma filha de 10 anos com o jogador. Gabriella Gaspar pede que o atleta realize um teste de DNA para averiguar a paternidade e, ainda, uma pensão de R$ 160 mil. A informação foi confirmada pelo advogado de Gabriella, Angelo Carbone, ao Estadão nesta terça-feira, 30.

A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa de Neymar, que preferiu não se manifestar sobre o caso.

Segundo o advogado, a mulher teria engravidado do jogador durante uma passagem de Neymar pela Bolívia. Gabriella teria ido assistir a um jogo da Seleção Brasileira contra o país e, na ocasião, conheceu e engravidou do atleta.

Ainda conforme Angelo, Gabriella tentou contato diversas vezes com os pais do atleta, Nadine Santos e Neymar da Silva Santos, e com a irmã do jogador, Rafaella Santos.

Ela também teria enviado uma carta ao Instituto Neymar Jr., além de mensagens no Instagram do próprio atleta. Em uma delas, compartilhada pelo advogado, Gabriella envia fotos da menina e escreve, em inglês: “Olá. Espero que tenha recebido a minha carta, incluindo a foto de sua garotinha”.

Caso o pedido seja acatado pelo juiz responsável, o jogador pode ser obrigado a realizar um teste de DNA. Angelo Carbone alega que a mulher não possui condições econômicas para criar a filha e pede para que o atleta pague uma pensão equivalente a 30 mil euros mensais – ou cerca de R$ 160 mil.

Além disso, Gabriella também requer que o jogador arque com custos que teve durante dez anos, incluindo a alimentação da filha e exames que teve de fazer durante a gravidez. O valor da causa requerido pelo advogado chega a R$ 2 milhões.

Compartilhar:

  • Data: 30/01/2024 12:01
  • Alterado: 30/01/2024 12:01
  • Autor: Redação
  • Fonte: Estadão Conteúdo









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados