Lula diz que governo financiará áreas de produção de arroz em outros estados para não depender só de uma região

Segundo o presidente, Brasil não pode ficar refém apenas de uma região

  • Data: 21/06/2024 13:06
  • Alterado: 21/06/2024 13:06
  • Autor: Redação
  • Fonte: Catarina Scortecci/Folhapress
arroz

Crédito:Divulgação/Freepik

Você está em:

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta sexta-feira (21) que o governo federal vai financiar áreas em estados brasileiros que produzem arroz para o país não ficar dependente “apenas de uma região”, em referência ao prejuízo registrado pelo Rio Grande do Sul depois das fortes enchentes.

“Vamos inclusive financiar áreas de outros estados produtivos de arroz para não ficar dependendo apenas de uma região. Vamos financiar, vamos oferecer o direito de plantar e a gente vai dar uma garantia de preço para que as pessoas não tenham prejuízo”, disse ele, durante entrevista à Rádio Meio FM, em Teresina.

Ao falar sobre o leilão de importação de arroz, Lula disse que ele acabou frustrado por conta de uma “falcatrua de uma empresa” e voltou a defender medidas para baixar o preço do produto.

“Eu tomei uma atitude drástica dias atrás, que foi o seguinte: o cara me mostrou lá no celular dele um pacote de arroz de cinco quilos a 36 reais. Outro me mostrou um pacote a 33 reais. Não é possível. O povo não pode pagar isso, está caro. Aí tomei a decisão de importar 1 milhão de tonelada. E depois tivemos a anulação do leilão porque houve uma falcatrua numa empresa”, afirmou o presidente.

“Mas por que eu vou importar? Porque o arroz tem que chegar na mesa do povo no mínimo a R$ 20, um pacote de cinco quilos. Não dá para ser um preço exorbitante”, defendeu ele.

Compartilhar:

  • Data: 21/06/2024 01:06
  • Alterado: 21/06/2024 01:06
  • Autor: Redação
  • Fonte: Catarina Scortecci/Folhapress









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados